Menu fechado

Comi a esposa e a filha do meu vizinho

Olá, sou Gabriel e vou relatar para vocês um fato que aconteceu comigo no ano passado, quando comi a esposa e a filha do meu vizinho, tenho 22 anos e tenho 1,65 de altura. Eu costumo jogar bola na rua de casa e em uma dessas, eu e meus 3 amigos estávamos jogando bola e como já era 19h30 e a gente estava desde ás 17h00 jogando bola, eu estava com muita sede e acabei pedindo pra Aniele me arrumar um copo de água e daí, ela me convidou para entrar, porém, meus amigos ficaram jogando com mais um amigo e eu acabei entrando sozinho.

Eu acompanhei ela até a cozinha e papo vai e papo vem, perguntei:

Eu: Aniele, cadê o Léo.
Ela: Ele saiu com o Thales e a Lara, e vai demorar pra chegar.
Eu: Ata!
Ela: Porque.
Eu: Por nada!

Tomei água, agradeci e voltei para a rua. Quando foi 21h00 paramos de jogar bola e nisso o marido dela e os dois casal de filhos chegaram e eu estava sentado na rua e não demorou muito ela saiu no portão e me chamou.

Ela: Você pode me ajudar com a minha televisão.
Eu: Posso sim.

Entrei na casa deles e já tratei de arrumar a televisão deles, mas percebi que ela não parava de olhar pra minha calça e daí fui perceber que o meu pau estava duro.

Terminei de arrumar a tv e ela me perguntou:

Ela: Obrigado! Te acompanho até o portão.

Comi a esposa e a filha do meu vizinho

Comi a esposa e a filha do meu vizinho

Assim, que saímos da sala, empurrei ela contra a parede e falei no ouvido dela:

Eu: Gostou do volume, né.
Ela, porém, me empurrou e falou:
Ela: Me respeita seu moleque safado. Sou casada e amo meu marido.

Nisso voltei a empurrar ela para a parede e peguei a mão dela e coloquei no meu pau por cima da minha calça, enquanto socava meus dois dedos naquela buceta molhada. Ela não resistiu me puxou para a sala e me jogou no sofá e tirou meu short e minha cueca e começou a chupar meu pau.

Enquanto ela chupava eu metia dois dedos na xota dela e mordia e chupava aqueles seios com vontade. Não demorou muito e acabei enchendo a boca dela de leite quente. Coloquei ela de 4 e comecei a enfiar minha língua no cú dela enquanto tampava a boca dela e eu enfiava e tirava minha língua enquanto masturbava a xota dela. Não demorou muito e ela gozou na minha língua.

Me sentei no sofá e falei:

Eu: Você é minha sua vadia safada.
Ela: Me fode seu moleque nojento e safado. Me faz de puta do lado do meu marido.

Subimos para o quarto dela e eu deitei do lado do marido corno dela e ela sentou com força no meu pau e eu sem dó grudei na cintura e fui subindo e descendo ela com força, enquanto ela falava:

Ela: Isso, me fode seu moleque do caralho. Puta que pariu que delicia de pau. Mais forte, vai seu desgraçado.
Eu: Cala a boca sua vadia, hoje vc é a minha puta. Eu sempre te desejei sua piranha, vagabunda. Rebola sua cachorra.

E ela rebolava e pulava feito louca, levantei e fomos para o quarto dos filhos dela, coloquei ela de 4 na beirada da cama e enquanto ela olhava os filhos eu socava sem dó e sem piedade. Nisso falei, puxando o cabelo dela e dando tapas na bunda dela:

Eu: Tira o coberto da sua filha, sua piranha vou comer ela igual tô comendo a mãe dela.

Ela não relutou e imediatamente a filha dela já estava descoberta, fui logo chupando o cuzinho da filha dela enquanto mãe dela chupava meu pau, não demorou muito gozei e fiz a mãe dela lamber tudo e nisso a flha dela acordou e logo já coloquei a filha dela sentada no meu colo e socava sem dó e sem piedade. A filha dela só gemia e falava:

Filha: Me come cachorro, isso me devora. Faz o que meu namorado nunca quis fazer.

Metia com vontade que acabei gozando no cuzinho dela. Depois, as duas começaram a chupar meu pau e acabei gozando na cara das duas. Me vesti e no portão falei:

Eu: Sempre que precisar pode me chamar, vadia.
Ela: Pode ter certeza que irei te chamar seu moleque pervertido.

Ainda fodemos ás vezes escondidos, mas, ela jamais escondeu que adorou aquela noite.

Veja abaixo outros contos porno:

Mesmo casada transei com um desconhecido

Perdi minha virgindade com meu melhor amigo

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.