Menu fechado

Me exibindo para o motoboy entregador

Meu nome é Luciana e hoje eu decidi fazer uma grande loucura, e acabei me exibindo para o motoboy entregador. Eu amo usar calcinha, sutiã, vestido e outros tipos de roupas mais confortáveis. No entanto, resolvi pedir uma pizza e, como moro numa parte que fica mais no interior da cidade, não tem muitos postes de iluminação na rua. Então quase tudo funciona na base na lanterna, embora as entregas venham normalmente.

Eu estava num tesão absurdo nesse dia e vesti uma calcinha preta de renda, com uma legging e um sutiã preto sem bojo. Por cima, coloquei só uma blusinha, mesmo que estivesse fazendo um baita frio na minha cidade. Fui lá pra frente da casa para esperar o meu pedido, mas não sem antes passar um perfume bem gostoso.

Por aqui o sinal das máquinas de cartão é uma porcaria. Precisei colocar no Wi-Fi da minha casa, mas a maquininha não estava colaborando e demorava muito a responder, sempre cancelando a operação depois que eu colocava o cartão. Fiz de tudo, mas não estava dando certo.

Me exibindo para o motoboy

Me exibindo para o motoboy

É claro que eu não queria parecer uma caloteira e mostrei pro motoboy todo o processo. Como não deu certo, decidi provocá-lo com a roupa que estava usando, unindo o útil ao agradável. Nisso, eu batia a lanterna na parte das coxas e da bunda só pra mostrar como minha calça era colada.

Fiquei bem perto dele, deixando que sentisse o meu perfume pra ele ficar louco. Depois disso, o motoboy ficou procurando assunto só pra passar mais tempo ali. Gostei da atitude dele e eu adorava ser desejada. Aqueles olhos não paravam de encarar o meu corpo. Me senti super gostosa.

Comecei a dar umas indiretas pra ver se ele se animava. Peguei novamente a máquina do cartão e virei de costas pra ele, fingindo que o sinal ia pegar melhor naquela posição só pra que ele visse a minha bunda com aquela calça bem coladinha.

Infelizmente, ele não fez nada. Talvez estivesse com medo porque precisava voltar ao trabalho. Foi uma pena, porque eu realmente queria dar pra ele. Acho que vou ter que tentar outras vezes para ver se consigo ter alguma sorte nas investidas. Só de pensar que acabei me exibindo para o motoboy e que ele poderia ter tido atitude e comido minha bucetinha ali mesmo, no portão, eu fico toda molhada, já perdi as contas de quantas vezes me masturbei imaginando isso e vou ter que bater outra siririca agora, que lembrei do acontecimento e contei pra vocês.

Veja abaixo alguns outros contos de exibicionismo:

Esposa gostosa se exibindo no carro

Pagou boquete pra mim na praia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.