Menu fechado

Ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual

O conto que vou relatar agora é sobre um ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual, que sinceramente não foi como planejei, foi muito melhor e acho que vocês vão curtir a leitura, pois foi algo novo pra mim mas foi muito bom, espero muitos comentários.

Eu Sou moreno 1,80, bonito e com o corpo normal, minha esposa é uma morena linda, siliconada e muito gostosa. Temos 30 anos e somos casados há 8.

Nós frequentamos boates Swing já faz alguns anos e sempre saímos com casais, solteiras e solteiros.

Nesse dia, chegamos a boate e estava meio fraco de casais da nossa faixa etária, bebemos um pouco e então resolvemos dar uma voltas pelas cabines.

Logo encontramos um solteiro loiro de olhos verde, bem bonito. Fizemos sinal e logo fomos para dentro da cabine com ele.

Minha esposa começou a beija-lo e eu fiquei olhando os dois namorando. Na verdade quando ela sai com solteiros prefiro observar e as vezes participo um pouco, deixando ela aproveitar bastante o cara.

Ela como sempre chupou muito o pau dele, chegava a babar e ele estava com muito tesão de receber aquele boquete. Logo depois, acho que pra não gozar logo no começo ele mandou ela ficar em pé, ajoelhou no chão e começou a chupar a buceta dela.

Enquanto isso ela me beijava com muito tesão com aquele gostinho da rola dele na boca. Eu adoro sentir ela com cheiro e gosto de outro homem, me sinto o maior corno do mundo.

Logo depois ele colocou ela deitada na cama, colocou a camisinha e começou a come-la na posição de papai e mamãe. Eu nessa hora já com tesão, coloquei o pau na boca dela enquanto ele metia com vontade.

Num momento de bastante tesão ele pediu a ela pra chupar o meu pau junto com ela. Ela prontamente puxou a cabeça dele pra perto e colocou ele pra chupar meu pau junto com ela.

Ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual

Ménage diferente com a esposa e um solteiro bissexual

Confesso que achei estranho no começo, pois nunca tinha sido chupado por outro homem, mas comecei a gostar e ficar com muito tesão. Sentia como se ele tivesse pagando o “pedágio” por estar comendo a minha putinha.

Ele mamava minha rola com muito tesão, os dois se beijavam com o meu pau no meio.

Depois dele meter bastante chupando o meu pau e ela gozar várias vezes, ele também não aguentou e gozou muito na boquinha dela.

Como eu ainda não tinha gozado, ele pediu pra fazer um 69 com ela, enquanto eu comia minha esposa.

Foi aí então que eu senti um tesão enorme, enquanto eu metia ele chupava a buceta dela, o meu saco e meu pau. Chupava com tesão, tirava o meu pau de dentro da minha putinha e chupava com tesão, coloca de volta, tirava e chupava mais, minha mulher não aguentou de tanto tesão e gozou mais algumas vezes, até que eu também falei que queria gozar.

Foi então que ele saiu da posição que estava, se ajoelhou na minha frente e começou a tocar punheta pedindo pra eu gozar na boca dele.

Gozei muito. Ele ficou com a boca cheia de porra, voltou pra buceta da minha mulher e começou a jogar a porra na entrada. Ela ficou toda lambuzada.

Ai então ele ficou brincando com a minha porra na buceta dela, ate que limpou tudinho.

Acabamos adicionando ele em redes sociais de swing, mas acabamos perdendo o contato, mas temos vontade de encontrar outro solteiro como esse.

Veja abaixo alguns outros contos de sexo:

História erótica – Nunca gozei tanto antes desse dia

Virei um acompanhante de luxo para coroas carentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.