Menu fechado

Mesmo casada dei para um colega de trabalho

Nessa época, mesmo casada dei para um colega de trabalho, eu era casada já a algum tempo (hoje não sou mais), e troquei de empresa. Nessa nova empresa tinha alguns representantes de venda de outros estados que vinham pra minha cidade só durante as convenções de vendas. Na primeira convenção que participei, conheci um representante que era de uma cidade próxima a minha, eu tinha 26 anos e ele 38, era grisalho, mas tinha um bom corpo, com braços forte, pernas grossas e um bom volume nas calças.

Ficamos muito amigos, dançamos juntos, e sempre que ele precisava de algo eu o ajudava. Tivemos uma festa noite a dentro em um dos dias de convenção, mas não rolou nada, só olhares muito profundos. Ele era casado e não queria estragar a fama de bom moço. Aquela convenção acabou e fiquei um pouco frustrada. Mas logo viriam outras e eu queria uma chance de aprontar um pouco.

Veio uma nova convenção e dessa vez ele não ia escapar. Mas nessa vieram algumas pessoas novas e conheci mais um representante também, ele era de outro estado e tínhamos flertado durante todo o evento. A noite fomos jantar com toda a galera e eu trocava olhares com os dois o tempo todo.

Acabou o jantar e fomos parar em uma balada, bebemos muito, dançamos mais ainda. Eu tinha ido de calça jeans, um salto nudes, lingerie preta e uma camisa socialzinho. Prometi aos dois que cuidaria deles, pois eu já tinha visto com o hotel e sabia que eles tinham sido hospedados no mesmo quarto.

Mesmo casada dei para um colega de trabalho

Mesmo casada dei para um colega de trabalho

Mesmo casada dei para um colega de trabalho

Quando saímos da balada falei que os levaria até o hotel, porque eles eram de fora e tudo mais. Chegamos no hotel e um deles (o que era de fora do estado) já estava muito louco, me puxou pra dentro do quarto e quando eu vi estávamos no chuveiro tomando banho juntos.. mas o meu foco real era o outro.

Rolou alguns beijos, amasso gostoso, mas ele precisava se apressar porque tinha que ir pro aeroporto em algumas horas. Quando ele saiu do quarto, só olhei para o outro, tiramos a roupa, no caso, a toalha de banho, e começamos a brincadeira. Ele se colocou entre minhas pernas, e começou uma brincadeira com a língua que me deixou muito molhada, e com as pernas bambas…

O volume nas calças era mesmo de um cacete grande… eu chupei um pouco mas logo ele me colocou de quatro e meteu fundo. Gozou bonito, mas queria me fazer gozar ainda, então continuamos a brincadeira. Peguei uma cadeira, pedi pra ele sentar e eu queria cavalgar em cima dele. Eu cavalgava enquanto ele chupava meus peitos acompanhando o vai e vem. Não demorou muito e gozei também. Foi muito bom!

Depois disso, nos arrumamos, peguei um Uber e fui pra casa. Não consegui esquece-lo por semanas, e aguardei ansiosa a próxima convenção. Mas esse novo encontro eu conto outro dia!!

Veja abaixo, outros contos porno que postamos aqui no site:

Sexo inesperado depois da missa

Comi a mulher casada que trabalha comigo

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.