Menu fechado

Minha cunhada safadinha

Minha cunhada safadinha, um conto de incesto entre cunhado e cunhada bem curto e de leitura rápida.

Conheci a minha cunhada muito antes da minha esposa e sempre rolou um clima entre nós, passados muitos anos, acabei casando com a sua irmã e ela também se casou, porém, sempre que nós nos víamos aquele sentimento de desejos continuava, sempre dei um jeito de fazê-la prestar atenção no meu pau, sempre deixa bem duro para que ela visse e quando íamos para a praia, ficava olhando aquele xoxotão gostoso, mas, sempre com cuidado para que a minha esposa não percebesse.
Um belo dia ela avisa a minha esposa que viria pra São Paulo (Ela mora no interior) que precisava resolver uns probleminhas e que iria ficar em casa, quando soube disso, fiquei de pau duro no trabalho o dia inteiro, não via a hora de chegar em casa e ver ela.

Minha cunhada safadinha

Minha cunhada safadinha

Tudo caminhando conforme havia programado na minha cabeça, nós jantamos e depois de um tempo na sala ela disse que iria tomar um banho, assim que ela saiu eu disse, agora quem vai sou eu, a coisa mais deliciosa foi encontrar a calcinha dela no cesto de roupas, hummm fiquei cheirando aquela calcinha uns 5 minutos e toquei uma punheta maravilhosa nela, depois tratei de lavar bem para que ninguém percebesse, sabia que ela tinha deixado a calcinha ali de proposito, pois, sabia que eu iria ver.

Minha cunhada safadinha

Fazia muito calor naquela noite e no quarto das crianças onde ela foi dormir, não havia ar condicionado, apenas um ventilador, quando levantei cedinho para ir ao trabalho, minha esposa ainda estava dormindo profundamente, aí, aproveitei para entrar no quarto que ela dormia bem devagar, nossa, meu pau quase explodiu quando vi ela apenas de calcinha branca deitada na posição fetal, abaixei e cheguei bem próximo da sua buceta, vendo aquele pacote rachado maravilhoso, onde os pelinhos da sua buceta saiam de lado em pequena quantidade, meu coração pulsava forte de mais, dava para ouvir as batidas do coração com medo de ser pego, mas, continuei ali firme, com um cuidado quase que cirúrgico, fui colocando a mão e puxando a calcinha de lado até me deparar com aquela visão MARAVIHOSA finalmente eu vi aquela buceta que tanto sonhei em ver, neste instante ela abre os olhos assustada e me diz, sabia que você viria aqui.

Bom daí por diante é uma outra história que no próximo conto irei detalhar tudinho pra vocês!!!
Quem quiser saber mais e que também fantasia com a sua cunhadinha, me mande um e-mail e vamos trocar confidencias e quem sabe até fotos e vídeos.
[email protected]

Veja abaixo outros contos de incesto:

Fui fazer uma massagem e acabei comendo minha cunhada

Comi minha cunhada com o marido dela em casa

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.