Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » Tia da creche 2

Tia da creche 2

Publicado em 15/02/2024 por Fernando Moreno

Esse conto que vou trazer é continuação da transa que eu e a tia da creche tivemos, e vou trazer um conto um pouco diferente dos que eu já trouxe.

Roberta e eu sentamos nos sofá e ficamos nos beijando, o que ela me perguntou:__ Relaxa, gatinho que daqui a pouco vou te sugar um pouco mais.

O que respondi:

__ Hum! Adorei a ideia. Dá essa buceta para eu beijar dá.

Nos ajeitamos no chão, coloquei um lençol no chão e começamos a fazer um meia nove delicioso. Meu pau estava mole, mas ela nem ligou.

Coloquei uma almofada sobre minha cabeça, e ela ajeitou as pernas sobre meus ombros. O que comecei a beijar a coxa dela, e fui indo na direção da xoxota dela.

No primeiro jeito ela soltou:

__ Nossa, que língua gostosa. Ah! Delicia.

Enquanto beijava a buceta dela, aproveitei para agarrar a cintura dela, com o braço envolto sobre seu corpo, não permitindo ela tirar a buceta de perto da minha boca.

Ela por sua vez começou a chupar meu pau e apertar meu saco com uma das mãos, enquanto a outra ela segurava meu pau e o punhetava com ele dentro da sua boca, o que soltei:

__ Nossa que chupada deliciosa.

Ficamos nesse meia nove delicioso por um bom tempo, até que comecei a passar a mão na sua bunda, e com um dos dedos resolvi com quem não quer nada passar na entradinha do cuzinho dela.

__ Ah, safado, esta querendo meu cuzinho né cachorro?

O que logo respondi: “Com toda a certeza”. Ela logo me respondeu: “Quem sabe outro dia, mais hoje ainda não.”

Mais mesmo assim, continuei com o dedo na entrada do cuzinho dela, massageando aquela entrada, mexendo o dedo em círculo, enquanto chupava aquela buceta que estava literalmente suculenta.

Comecei a enfiar um dedo dentro do cuzinho dela, o que logo soltou:

__ Ah! Filho da puta, cachorro. Ah, caralho.

O que ela começou a esfregar buceta na minha cara com mais força e com o dedo no meu cuzinho.

Fazendo isso ela apertou meu saco com força, e começou a punhetar meu pau, o que ela abaixou e passou a língua sobre a cabeça do meu pau e logo o engoliu. Meu pau já começou a dar sinal de vida, o que fez ela tirar a buceta da minha boca e já sentou nele de costa para mim.

__ Ah! Que pau delicioso. Olha o seu pau entrando na minha buceta denovo.

Segurei ela pela cintura e aproveitei para dar um tapa na bunda dela. E disse:

__ Nossa, que buceta gostosa, e que bundinha durinha.

Falando isso, continuei enfiando o dedo dentro do cuzinho dela. Ela começou a galopar forte e rapido, o que fez meu dedo entrar do cuzinho dela.

Ela soltou logo em seguida: “A Caralho! Porra, me fode vai gostoso, fode gostoso. Ah! Delicia.”

Assim ela esfregava a buceta gostoso no meu pau. E eu aproveitava deliciosamente aquela galopada que ela dava em cima de mim. Dei um tapa bem estralado na bunda dela, o que fez ela gemer mais gostoso.

Ela saiu de cima de mim e virou de frente para mim. Comecei a beijar a boca dela e apertar os peitos dela. O que me deliciei naquele corpo gostoso. Ela logo me empurrou para trás, mas não deixando eu deitar, colocou uma mão sobre meu pescoço, e a outra para trás, e começou a se esfregar para frente e para trás. O que coloquei as minhas mãos sobre a sua bunda e comecei a forçar elas contra o meu corpo, sentindo assim o meu pau praticamente todo dentro da buceta de Roberta. Assim logo ela se deitou com o meu pau dentro dela e começou a tocar a sua bucetinha, e me perguntou:

Tia da creche 2

Tia da creche 2

__ Gosta do que esta vendo?

O que logo respondi:

__ Adoro.

Assim ela ficou se tocando até eu ver a bucetinha deixando meu pau todo branco. O que eu acabei tirando o meu pau de dentro dela e comei a chupar gostoso aquela buceta. Que logo ela respondeu:

__ Filho da puta. Que chupada deliciosa, se continuar assim quem sabe posso pensar em te dar algo que você queira.

Isso com toda a certeza me fez chupar ela com mais desejo ainda.

Roberta empurrou a minha cabeça de lado e logo ficou de 4. O que eu já entendi o recado e comecei a meter na bucetinha dela, é claro que com o dedo na entradinha do cuzinho dela.

Ela logo começou:

__ Isso, vai mete… Ai que gostoso, ah delicia.

E eu respondendo:

__ A que buceta gostosa. Hum delicia.

Ela rebolava no meu pau e bombava forte a ponto da sua bunda estralar contra o meu pau. Assim segurei a cintura dela com as duas mãos e comecei a bombar sem parar, ficamos assim por um tempo, quando anunciei que estava preste a gozar, ela tirou meu pau de sua xoxota, e me disse:

__ Seu eu fosse você daria um jeito de segurar um pouco. Se você conseguir posso te dar meu cuzinho o que você acha?

Que convite tentador, resolvi tentar segurar um pouco, comecei a puxar a respiração e tentei dar uma acalmada no ritmo. Puxei ela para cima de mim e comecei a beija-lá. E enquanto beijava ela, comecei a passar a mão sobre a bunda dela, de repente ela soltou:

__ Quer comer meu cuzinho, quer?

O que respondi:

__ Só se for agora.

Ela logo me falou

__ Então deixa ele bem molhado e me fode vai gostoso.

Assim já deixei ela de 4 novamente, e comecei a passar a língua na entrada do cuzinho dela. Depois disso coloquei meu pau na entrada do rabo dela e forcei um pouco, o que ela logo disse:

__ Devagar, cachorro. Ah! Caralho, que pau é esse, isso devagar, assim.

E dessa forma fui forcando e quando dei por mim, já tinha enfiado todo meu pau dentro do cuzinho dela. Depois disso comecei a bombar mais bem pausadamente, o que ela me falou:

__ Eu quero com força, mete sem dó, vai gostoso.

Isso foi o suficiente, para mim, começar a acelerar a estocada no cuzinho dela. Ficamos assim por alguns minutos. E enquanto metia no cuzinho dela dava alguns tapas na bunda dela e apertava com força. Enquanto bombava ela dizia

__ Vai caralho, mete, ah que delicia, isso, ah! Ah! Vai caralho!

O que logo respondia para ela:

__ Nossa, que cuzinho delicioso.

Assim fiquei comendo o cuzinho dela por alguns minutos. Porém, não consegui segurar por mais tempo, e logo anunciei que iria gozar.

Ela tirou meu pau de dentro do rabo dela, passou a mão sobre a cabeça do meu pau, e começou a me masturbar, e me pediu:

__ Goza na minha cara, vai, goza cachorro.

Isso foi o ápice para começar a gozar, e melar o rosto dela com a minha porra.

Ao terminar, cai deitado no chão e ela começou a pegar a minha porra que estava sobre seu rosto e sobre seu peito e engolir, como se fosse em um filme, mais sinceramente nunca imaginei que encontraria uma mulher safada assim, independente da diferença da idade.

1542 views

Contos Eróticos Relacionados:

O namorado da Hot Wife

Sou o João, casado com a Andreia e moro no interior de São Paulo.  Depois de muito tempo no sexo tradicional com minha amada esposa, não conseguia mais me satisfazer. Andreia sempre foi bonita,...

LER ESTE CONTO

O garoto dotado, nosso dono – parte 1

Oi, me chamo Diana, nos últimos anos minha vida virou de cabeça pra baixo com tudo que vou relatar aqui. Casei cedo e aos 23 anos tive minha filha a Bia. Alguns anos depois meu relacionamento com o...

LER ESTE CONTO

Filho do patrão comendo a empregada coroa

... Silvia, eu posso até não contar para minha mãe que peguei seu filho roubando, mas eu preciso ser compensando por isso. Ela ainda sem entender a malícia. \\\" Eu entendo Cleiton, o que você precisar eu posso te ajudar, só por favor não conte para sua mãe\\\" \\\" Talvez eu preciso da sua ajuda em algo\\\"

VER

Amor entre irmão e irmã

Oi vou contar como tudo começou, um conto de amor entre irmão e irmã. Eu e minha irmã éramos bem novinhos . Eu era meio gordinho mais com porte de adulto . Tinha pouco pelos pubianos. E nós...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 5 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude