Menu fechado

Trai meu marido com um negro dotado

Adoro contos por isso resolvi escrever um dos meus, sobre o dia que trai meu marido com um negro dotado.
Eu sou a Augusta tenho 23 anos casada, mais confesso que meu marido é um pouco fraco na cama e eu tenho dificuldade em me satisfazer, por isso o traí assim que tive oportunidade.
Na empresa onde trabalho tem muitos homens e alguns bem atraentes.
Um dos motivos de eu não consegui me satisfazer com meu marido, acredito que seja o tamanho do seu pau.
Sinto que não me completa por ser pequeno.
Sempre ouvi falar que homens de cor são bem dotados.
Passei então a prestar atenção no volume entre as pernas dos homens.
Antônio um negro alto e bem forte, me chamou a atenção, pois ele tinha um volume enorme.
Toda vez que passava por ele tinha que dar uma olhada, era impressionante, se tudo aquilo fosse o que eu pensava deveria ser magnífico.
Um belo dia meu carro apresentou problemas bem na hora de ir pra casa.
Liguei pro meu marido avisando do problema e que iria demorar.
Logo depois me aparece Antônio oferecendo ajuda.
Claro que aceitei.
Ele estava bem vestido não usava mais aquele uniforme surrado.
Estava cheiroso, e muito elegante.
Como sempre fazia dei aquela olhada no volume entre suas pernas.

Trai meu marido com um negro dotado

Trai meu marido com um negro dotado

Trai meu marido com um negro dotado

Fiquei que parecia hipnotizada, acredito que fiquei por algum tempo olhando, e claro que ele notou.
Quando olhei outra vez para ele, estava rindo e perguntou se eu tinha gostado.
Fiquei cheia de vergonha, mais resolvi levar aquilo a frente.
Disse que tinha uma curiosidade.
E ele perguntou qual?
Tomei coragem, respirei fundo e disse.
Parece ser enorme, faz muito volume.
Rindo ele falou com a maior cara de pau.
Se você quiser te apresento.
Nessa hora gelei.
Estava acontecendo mesmo tudo aquilo?
Ele chegou mais perto pegou minha mão e colocou bem em cima dele, ainda por cima da roupa pude sentir que era realmente gigante.
Então disse que deveríamos sair dali pra que ninguém visse.
Entrei então em seu carro, e sem dizer uma única palavra saímos do estacionamento.
Em poucos minutos estavamos entrando num motel.
Eu tremia de nervoso, mais podia sentir minha bucetinha já babando de tesão.
Ainda não estava acreditando que tinha tido coragem, e que estava indo pra cama com outro homem.
Quando chegamos no quarto ele me pegou puxou pra si e me beijou na boca.
Nesse momento senti um calor tão grande na minha bucetinha que parecia estar em chamas.
Pude sentir seu pau encostar na minha coxa e parecia já estar bem duro.
Ele então começou a tirar minha roupa. Tirou a blusa depois a saia me deixando só de calcinha e sutiã.
Começou a beijar meu pescoço e foi descendo até meus peitinhos. Chupou por alguns minutos e continuou descendo até chegar na minha bucetinha.
Quando sua língua alcançou minha bucetinha e começou a brincar com ela, não resisti e gozei.
Ele então foi me levando até a cama, me deitou, Abriu minhas pernas e se colocando entre elas começou a forçar a entrada.
Podia sentir minha bucetinha se arreganhando toda pra receber aquele pauzão.
Quando a cabeça entrou senti um desconforto, pois era realmente muito grosso.
Aos poucos foi entrando e me completando, quando ele começou a estocar pude sentir ele tocar o fundo do meu útero.
Aquele sim era um pau de verdade.
Ficou durante muito tempo assim, socando fundo e com força.
Quando ele anunciou o gozo e tirou, corri e o coloquei na boca.
Era tão grande que eu não consegui colocar direito na boca mais assim mesmo recebi vários jatos de leite que chegou a escorrer no canto da minha boca.
Seu leite era quente e abundante.
Engoli todo seu leitinho, até a última gota.
Depois tomamos um banho, e mais uma vez recomeçamos. E ele me fudeu outra vez, bem gostoso.
Sempre gostei de fazer de tudo no ato sexual, e com ele não seria diferente.
Só sei que meu cuzinho piscava pedindo aquela maravilha dentro dele.
O relato sobre o dia que dei meu cuzinho para esse negro dotado vocês podem ler clicando no link a seguir: Dei o cu pro meu amante negro dotado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.