Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Incesto » Como tudo começou entre Eu e o Josézinho

Como tudo começou entre Eu e o Josézinho

Publicado em 22/06/2023 por Federal de Santa Catarina

Oi, Eu sou a Sara… Moreninha de (quase) 18 aninhos e era cabacinho até pouco tempo atrás e vou lhes contar como aconteceu e está acontecendo comigo  que está tão maravilhoso que eu não consigo mais guardar só dentro do meu coraçãozinho. Não vou contar meus traços físicos, pq coloquei uma foto de uma menina que é bem parecida comigo (digo o corpo dela), então é só descer lá, ver a foto. Depois volte pra ler rissss.

Eu moro com minha Mãe e o meu padrasto, o Josézinho… Eu não o chamo de Pai ou padrasto (vcs vão saber o pq)… prefiro chamá-lo como Josézinho mesmo, pq é assim que minha Mãe o chama (carinhosamente) e ele gosta, então é assim que eu O chamo tb.

Quando minha Mãe conheceu o Josézinho, ela ainda era novinha, bobinha (cabacinho), mas ele ainda era casado. Ele ficou doido por minha Mãe… mas minha Mãe, com medo de dar merda com a mulher dele (as duas se conheciam), então ficaram só no primeiro encontro (que não rolou nada… só uns beijos e uns “amassos”… assim ela me contou)… aí minha mãe conheceu meu pai biológico e como os dois eram dois jovens cheio de fogo… era mão “naquilo”, “aquilo” na mão, boca “naquilo”, “aquilo” na boca, risss… mas minha mãe ficava com medo de deixar ele comer ela na casa do meu avô e perder a virgindade antes do casamento, então meu pai falou pra ela ir com ele no motel pra “namorar” mais tranquilo e a burra da minha mãe acreditou. Já no motel, os dois pelados na cama, meu pai ficou cheio de tesão e quis comer ela.. E como ela não queria perder a virgindade, meu pai falou então pra ela dar só o cuzinho, que aí não tinha problema… mas minha mãe falou que isso ela não fazia… que ela não era puta… então meu pai ficou puto de raiva… “gastei uma grana PRA NADA, PORRA???” E minha mãe, com medo de apanhar do canalha do meu pai, deu pra ele… Resumo do drama: minha mãe perdeu a virgindade, não GOZOU e ainda ficou grávida de mim.

Meu pai quando soube da gravidez, ficou puto e mandou minha mãe tirar, fazer um aborto, que ele pagava pq não queria ser pai. Meu avô, quando soube da situação de minha Mãe,  foi falar  com ele e lhe deu um ultimato… ai com medo, ele disse que ia assumir… só que na madrugada desse mesmo dia, ele SUMIU DO MAPA E NUNCA MAIS DEU AS CARAS NA FAVELA onde a gente morava. Minha mãe o procurou em todo lugar possível mas o merda sumiu. Minha Mãe me teve sozinha e meus avós é que nos sustentava como podia… mas  muitas vezes fomos dormir com fome, pq não tinha nada pra gente comer…. BUAAAAAA

Depois que o Josézinho ficou viúvo, os dois voltaram a se falarem. Minha mãe saiu com ele, pq estava precisando de grana pra comprar remédio pra mim (que era caro). Como o Josézinho sempre foi doido por minha mãe, perguntou se ela não gostaria de ir morar com ele, como marido e mulher? comigo junto.

Minha mãe foi no apartamento novo que ele comprou e minha mãe vendo o quão lindo que  era… Ela aceitou na hora risssss

Era um AP, frente pro mar, em uma praia linda aqui de SC (não vou dizer o nome da praia pq ainda moramos aqui e não estou trocando os nomes… OK?)

Eu e minha mãe éramos pobre… bem pobres.

MAS quando fomos morar com o Josezinho, nossas vidas mudaram. Da água pro vinho, aliás do VINAGRE pro vinho de tão bom. Eram roupas novas todo mês, comida boa, passeios.. Eu tinha meu próprio quarto (quarto não, SUÍTE). EU estava tendo uma vida de princesa e minha mãe vida de rainha, salão de 15 em 15 dias… academia e shopping…jóias e muitos presentes. Quando minha Mãe queria ou precisava de algo novo, era só pedir com denguinho que o Josezinho dava pra ela. Eu tb, antes mesmo deu pedir, ele já vinha com o presente risss.

E o Josezinho, se eu fizesse alguma coisa errada, ele nunca tocou um dedo em mim… as vezes até me protegia, pq minha mãe só falta me tirar o couro…

Bem eu fui crescendo e ficando mocinha… mas nada de namorado (Eu era BV)… minha mãe dizia, “estuda e se forma primeiro depois vc tem a vida toda pra namorar e encontrar um bom homem”. Quando comecei a fazer o segundo grau no colégio, conheci uma garota, a Lúcia que eu me identifiquei muito… era minha melhor e única amiga…  viramos unha e carne, e a gente falava tudo uma pra outra.

Certo dia a Lucia chegou no nosso AP e correu pro meu quarto chorando… então eu assustada  perguntei pq do choro? e ela me falou que seus pais iriam se separar.  Eu fiquei triste  com ela… A Lúcia falou que os pais viviam se discutindo e brigando… e numa dessas discussões, ela ouviu que os dois já nem transavam mais pq a mãe só vivia cansada e o pai dela tb não agradava mais a ela…

A Lúcia chorou muito e acabou dormindo no meu quarto.

Desde esse dia me passou uma ideia ruim na minha mente e eu fiquei com um medo horrível: “Será que eles TRANSAM? e se minha mãe e o Josezinho se separar”? vamos voltar a ser pobre? Eu vou perder tudo o que eu tenho?”.

Então eu comecei a, de madrugada, eu ficava na porta  do quarto de meus pais pra tentar ouvir eles transando. Foram 2, 3 meses e nada… no máximo eu ouvia o Josezinho roncando  mas nada de ouvir eles transando… e isso foi me deixando apavorada.

Num dia, conversando com minha mãe e falando que os pais da Lúcia se separaram, eu comecei a chorar e minha mãe veio me perguntar o pq deles se separarem? então eu disse que era pq os dois viviam brigando e tb que os dois nem transavam mais.

Aí eu, chorando perguntei na lata pra minha mãe.

MÃE, VOCÊ E O JOSEZINHO TRANSAM, NÃO TRANSAM ??

minha mãe veio, me deu um abraço, um beijo na testa e disse assim:

– SIM FILHA, FICA TRANQUILA QUE NÓS NÃO VAMOS SEPARAR E A GENTE TRANSA SIM, QUASE TODO DIA. TÁ BOM? rsss

Falou isso com um sorriso nos lábios e saiu do quarto indo pra cozinha… e eu fiquei ali pensando. COMO ASSIM?? “QUASE TODO DIA”, SE EU NÃO ESCUTO NADA A MESES?? Isso ficou na minha cabeça, até que um dia, sem querer, eu descobri o “segredo” dos dois.

Minha professora na escola, que estava grávida nesse período, passou mal e nós fomos dispensados antes do recreio… ao chegar em casa, ouvi “barulhos estranhos” que vinha do quarto de minha mãe… fui bem de fininho e vi minha mãe e o Josezinho transando… eles pensando  que eu estaria na escola que nem trancaram a porta, bom pra mim que vi tudo… era minha primeira cena de sexo e AO VIVO… e com meus pais. Eu me agachei e fiquei ali na porta do quarto babando vendo os dois transando. O Josezinho tava chupando a buceta da mamãe e ai parou, pegou as pernas dela, que estavam abertas pra cima, e meteu tudo de uma só vez… eu até pensei em sair dali, mas estava paralisada… vendo e admirando a pica do Josézinho entrando e saindo de minha Mãe… depois minha Mãe se levantou, deu uma mamada no pau dele e logo sentou nele… Minha Mãe galopava sem parar e deveria estar tão bom que dava pra ver o Josezinho revirando os olhos… minha mãe não é de falar  na hora da transa… mas o Josezinho SIM  e ele dizia coisas bem tesudas como:

QUE BUCETINHA DELICIOSA QUE VOCÊ TEM, AMOR??  FAZ ESSA BUCETA GOZAR NO MEU PAU, FAZ??

E Eu fazia gestos… bocas e até movimentos… como se fosse eu ali transando.

EU fiquei ali vendo tudo sem eles perceberem… quando o Josézinho pegou minha Mãe de 4 e eu vi o pau dele entrando e saindo, arregaçando a buceta de minha Mãe, eu não tava agüentando e derrepente eu senti algo na minha bucetinha… ela estava toda molhada,  parecia que era eu ali transando e tinha gozado… eu morri de vergonha e sai dali… sai do apartamento e fiquei lá em baixo na recepção, até minha bucetinha parar de babar e meus pais terminarem o que estavam fazendo.

Não vou ser EMPATA-FODA né gente ??? mas…

Será que o Josézinho percebeu que eu estava ali vendo ??

Depois de quase uma hora, eu subi… entrei no AP já fazendo barulho,

– MÃEEE CHEGUEI risssssss

Os dois ainda estavam na cama, ambos nus com a coberta cobrindo eles… eu entrei no quarto, dei um beijo  na minha mãe e outro no Josezinho (ele olhou firme nos meus olhos, mas não disse nada – mas eu percebi uma certa felicidade em seu olhar)… e fui pro meu quarto me trocar e aí percebi que a minha bucetinha tinha marcado a minha calcinha toda, então corri pra tomar banho, e lavei a calcinha no chuveiro , para minha mãe não perceber… mas eu estava feliz  da vida. Que até cantei no chuveiro LA RA LALAIAAAAA rsssssss.

E essa cena me marcou muito e todo dia que eu saia cedo do colégio eu corria pra casa pra tentar ver os dois  transando  e sempre que eu via… minha bucetinha ficava “piscando” de tesão e toda molhadinha… (gente, não era só molhadinha um pouquinho… ELA FICA BABANDO, CHEGA A PINGAR  DE VONTADE QUE ELA FICA ).

Lembra que eu falei que “será que o Josézinho me viu saindo dali, no primeiro dia”? pois é.. nas outras vezes que eu via os dois transando, o Josézinho sempre dava uma disfarçada e olhava pra porta e ficava com cara de tarado…

MEU NIVER de 15 anos tava chegando e como eu não queria festa, o Josezinho sugeriu, “que tal irmos a um resort, da praia”??

Foi aceito por todos. No resort tinha uma praia  quase que particular (mas podia entrar quem quisesse – mas estava quase vazia) então na manhã seguinte que chegamos lá, fomos à praia eu com um biquíni minúsculo que só tapava a minha bucetinha e minha bunda ficava quase toda de fora e minha mãe, com maiô, mas bem cavado nas costas que dava pra ver o início do rego da bunda da mamãe (minha Mãe tem uma bunda linda de grande)… o Josezinho quando nos viu, ficou babando e eu percebi que ele ficou até de pau duro. Eu fiquei imaginando… “será que é por mim ou pela minha Mãe que ele ficou de pau duro???” rissss

Na água, o Josezinho não desgrudava de minha mãe e eu ficava ali em volta deles… teve um momento que eu cheguei por de trás do Josezinho e pude ouvir ele falando bem baixinho pra minha mãe:

ISSO, AMOR, REBOLA GOSTOSINHO NO MEU PAU, REBOLA.

o Josezinho tava comendo minha mãe ali na minha frente… eu nem interrompi eles… então fui mais pro lado, mas sentia a mesma “coceirinha” na minha bucetinha, mas como estava na água, ela podia ficar babando  à vontade que não ia marcar  mas eu não percebi o refluxo da onda, nem sabia o que era isso, que me arrastou pro fundo. Como eu não sei nadar, eu comecei a beber muita água e não conseguia mais colocar os pés no chão (já que sou baixinha) e a cada onda que passava eu ia mais  pro fundo e mais me afogando… até que depois de uma onda eu coloquei a cabeça pra fora e dei um grito AAHHH e afundei… já estava perdendo o sentido quando senti uma mão me agarrando pelo peito e a palma da mão espalmou meu seio direito e fui retirada da água… pude sentir algo duro roçando minha bunda… chegando na areia, senti uma mão forçando meu peito, depois uma boca me beijando (era o Josezinho fazendo respiração boca-a-boca, mas pra mim era alguém me beijando) e me deu uma vontade de tossir e foi o que fiz e assim saiu um pouco de água e consegui respirar de novo… minha mãe me abraçou chorando e vi o Josezinho tb chorando mas aliviado… eu abracei os dois e voltamos imediato pro hotel. Por minha mãe a gente voltaria pra casa naquele instante, mas o Josezinho a convenceu de ficarmos, afinal tinha um jantar de aniversário pra comemorar. Minha mãe aceitou mas antes ME PROIBIU DE VOLTAR NA PRAIA  que é claro que eu concordei.

No restaurante, estava tudo perfeito… a comida, a musica… nossas roupas lindas… eu ganhei um bolo de aniversario do restaurante e todos bateram palmas pra mim… eu fiquei super envergonhada mas estava SUPER FELIZ. o Josezinho me deu meu presente e eu falei que, “ele era o melhor pai que minha mãe poderia ter encontrado no mundo”. Minha mãe e o Josezinho começaram a chorar e eu dei um abraço forte neles e dei tb um selinho na boca dele, na frente de minha mãe… que não viu maldade nenhuma nisso… mas eu já tava com maldades.

Depois desse dia, todas as noites, minha mãe e o Josezinho vinham no meu quarto me dar um beijo de boa noite e nos dias que minha mãe não estava olhando, eu dava um selinho na boca  do josézinho que me retribuía com outro selinho… eu passei a desejar que ele viesse sempre só…

Meses depois, minha mãe teve que começar a tomar um remédio que a deixava cheia de sono… então ela vinha, me dava boa noite  e saia pra sua cama, bêbada de sono e caia dura na cama… e aí vinha o Josezinho… sentava do lado da minha cama… arrumava meu lençol…alisava minhas pernas (por cima do cobertor), subia com as mãos, passando por cima da minha bucetinha, seios e segurava meu rosto e me dava um beijo (não era mais selinho)… as vezes ele CHUPAVA meus lábios e/ou a língua e eu os dele.

Certa noite ele não veio me dar meu beijo de boa noite… eu esperei… esperei e nada… que acabei dormindo. Lá pela madrugada, eu senti alguém me tocando… alisando minhas coxas, bunda… passava a mão por cima da minha calcinha, e vinha até meu peitinho, que ficaram todo acesso, duros de tesão… eu abri só um olho e vi que era o Josezinho… enrolado no cobertor… eu fingi que continuava  dormindo… ele me deu um beijo em cada biquinho do meu peitinho (que delicia) depois um beijo na minha bucetinha (mas por cima da calcinha) e saiu.

Eu quase morri nessa noite de tão alucinada estava… tentei dormir  mas foi difícil…

No dia seguinte, quer dizer na madrugada seguinte a mesma coisa… ele não veio me dar boa noite  mas veio me tocar na madrugada… e eu deixava ele fazer tudo que queria, fingindo dormir. No dia seguinte, a gente não falava nada… era como se nada tivesse acontecido… mas a gente sorria um pro outro.

Todo final de semana era essa maravilha de “visita noturna”…  eu esperava ansiosa pelos finais de semana… como eu sabia que o Josezinho transava com minha mãe nos dias de semana, quando eu estava no colégio, nos finais de semana era a minha vez de ser acariciada, de ser amada.

Ele vinha sempre enrolado em um lençol… me alisava o corpo todo, apalpava minha bunda, beijava meus peitinhos e minha bucetinha… fazia uns movimentos por debaixo do cobertor (tocava punheta, mas eu não via, por causa do cobertor) e quando gozava, saia.

Depois de tantas vezes ele vir no meu quarto, ele começou a querer me lamber a bucetinha por debaixo da calcinha, só que o short do pijama + a calcinha, não deixava ele fazer direito… então eu passei a dormir com pijama (comprei um bem folgado de seda) sem calcinha ou então, nos dias quentes, só de camisolão (Tb sem calcinha), que eu deixava de propósito na altura da minha bunda… então ele passou a beijar minha bunda… dava leves mordidas nela… bem de leve, lambia meu reguinho indo beijar minha bucetinha, agora no pelo… uma dessas noites, eu continuando fingindo dormir, me virei e abri as pernas… o Josezinho ficou louco ao ver minha bucetinha rosinha, lisinha, babando, abertinha pra ele… ele beijou ela, beijou denovo, e voltou a beijar, só que dessa vez, se ajeitou entre minhas pernas, colocou seus braços por debaixo de minhas pernas e com as mãos veio abrir minha bucetinha e abocanhou minha bucetinha literalmente, me mamando o clitóris. Eu fui no céu e voltei… respirava fundo… estava tonta de tesão… e aí me veio à mente… “SERÁ QUE MINHA BUCETA TÁ BABANDO” ??? eu fiquei com muita vergonha, voltei a me revirar pro outro lado, fechando as pernas… o Josezinho parou de me chupar e ficou em pé parado….eu não me mexia… nem respirar eu fazia. Depois de uns minutos ele saiu do meu quarto.

Eu não consegui dormir mais… estava com tanto tesão e ao mesmo tempo, com vergonha de ter ficado com a bucetinha toda melada…

No dia seguinte eu não tive coragem nem de olhar na cara dele.

O fim de semana passou e eu fiquei aliviada pq sabia que ele não viria na madrugada me tocar… mas tb estava triste  pq ficava com a incerteza de que: “será que ele voltará semana que vem ???”

E na noite de sexta pra sábado eu fiquei meio que esperando ele vir me ver.

E ELE VEIO. MEU CORAÇÃO ♥ BATIA FORTE ♥  ELE VEIO… ME VIROU DE FRENTE… SE POSICIONOU ENTRE MINHAS PERNAS… ABRIU MINHAS PERNAS E VEIO ME CHUPAR…  QUE DELÍCIA… eu nada falei… fingi dormir mas eu sabia que ele sabia que eu não estava dormindo… e eu rebolava bem de mansinho na boca  dele… ele ainda me falou bem baixinho, uma coisa que me deixou bem aliviada e com mais tesão ainda:

  • EU AMO ESSA BUCETINHA… ESSA BUCETINHA É MINHA… ESSE GOZO É MEU… É TODO MEU !!!

COMO É BOM SER CHUPADA… MEU JOSEZINHO ME CHUPA COM TANTO CARINHO E TESÃO QUE EU GOZO VÁRIAS VEZES… E ELE CHUPA, LAMBE MINHA BUCETA E  DEIXA ELA LIMPINHA… NÃO DEIXA NENHUMA GOTA DO MEU GOZO SE PERDER…

Eu não mais sentia vergonha de ficar com a buceta babada na boca dele…

FOI então que numa noite… depois dele me chupar, mamar meus peitinhos (ah é, eu me esqueci de dizer que ele tb mamava meus peitinhos e dava uns beijos na minha bunda lambendo meu reguinho) ele pegou minha mão e colocou no pau dele… pela primeira vez eu senti o calor do piru dele, duro, grosso mas eu estava ADORANDO… ele fez movimento pra cima e pra baixo, segurando por cima de minha mão, me ensinando… até intensificar na punheta… mas quando ele ia gozar, ele tirava minha mão, ficava segurando ela com a sua mão esquerda e com a direita continua a punhetar até gozar… daí dava um beijo na minha mão… me virava pro canto da cama… ajeitava meu lençol, mas antes me dava um beijo na boca e saia… e só assim eu conseguia dormir feito um anjinho. Mas eu queria mais.

Noutra madrugada, depois de me fazer gozar na boca dele, ele me virou… só que dessa vez, não para o canto mas sim para o corredor da cama aonde ele estava… ele colocou seu pau na minha mão e me fez tocar uma punheta pra ele… e eu fiz do jeitinho que ele gosta… mas, quando seu pau tava duro e saindo uma gotinha na cabeça do pau… ele segurou a pica com a sua mão e começou a passar nos meus lábios feito um batom  e foi abrindo minha boca  com ele… eu não ofereci resistência e deixei ele foder minha boca

SENTIR AQUELA PICA NA BOCA  O GOSTINHO SALGADINHO NA LÍNGUA DO PAU DELE… TUDO ERA NOVIDADE PRA MIM ❤

E EU O CHUPEI, DO JEITO QUE EU ACHAVA QUE ERA O CERTO.

ELE ME ENSINAVA COMO FAZER, DO JEITO QUE ELE GOSTAVA… E EU FUI APRENDENDO E GOSTANDO DE FAZER PRA ELE… MAS NA HORA QUE ELE FICAVA PRA GOZAR… ELE TIRAVA O PIRU DA MINHA BOCA e APARAVA O GOZO COM A OUTRA MÃO e eu ficava chateada com isso pq queria que ele gozasse na minha boca… assim como eu gozo na dele…

Até que uma noite eu sabendo que ele sabia que eu sempre estive acordada então… quando ele colocou seu pau na minha boca  e eu já o chupava, eu segurando seu pau… eu parei de chupá-lo, tirei da boca e lhe perguntei:

Como tudo começou entre Eu e o Josézinho

Como tudo começou entre Eu e o Josézinho

PQ VOCÊ  TIRA  ELE DA MINHA BOCA ANTES DE GOZAR ???

ENTÃO ele se ajoelhou no pé da minha cama  me deu um beijo de língua demorado e apaixonado na boca (quase me tirou o fôlego) depois falou no meu ouvido:

PQ VOCÊ AINDA NÃO ESTÁ PRONTA PARA RECEBER MEU GOZO NA BOCA, mas…

Você quer algo melhor do que beber meu leitinho??? Quer???

  • É CLARO QUE EU QUERO. VOCÊ NÃO VÊ QUE EU QUERO TUDO QUE VOCÊ PUDER ME DAR ?? eu respondi.

Então você pode me esperar amanhã ?? meu amorzinho, pode??

  • Sim, eu posso.

então ele se levantou, me virou pro canto da cama, arrumou meu camisolão e me deu meu beijo de boa noite  ATÉ AMANHÃ ENTÃO, meu amorzinho e foi saindo…

Já vai??? sem gozar?? eu perguntei.

  • VOCÊ NÂO QUER MEU GOZO? Então amanhã você terá meu gozo!

Meu dia se passou e eu só pensando, HJ VOU TER O GOZO DELE !!!

Quando ele chegou de madrugada, eu O estava esperando acordada… ele veio sem o lençol, só que dessa vez pelado e de pau duro.

Eu amei em vê-lo assim.

JÁ VEIO NO PONTO ?? falei rssss

  • Quase, meu benzinho… ainda falta você deixá-lo bem durinho.

Eu o segurei e fui logo chupando, mamando, do jeito que ele me ensinou e gosta.

Pela primeira vez eu ouvi ele com tesão, mas desta vez, por mim  ❤

– Isso meu cabacinho, chupa do jeitinho que te ensinei a fazer e que o Papai gosta…

e eu chupava, mamava e lambia toda aquela pica deliciosa dentro da minha boca.

Foi aí que ele tirou seu pau da minha boca e disse…

CALMA AMOR… NÃO É  PRA SUA BOCA TIRAR O SEU LEITINHO AINDA NÃO.

Então ele veio por cima de mim  me beijou na boca, depois veio descendo pelo meu corpo, mamou cada biquinho do meu peito, desceu até meu umbigo, mas sem fazer cócegas, abriu minhas pernas e chegou no meu capozinho… minha bucetinha já esperava a boca dele toda melada… escorria pela coxa… ele vendo, lambeu cada gota… e abocanhou minha buceta toda… e mamou meu clitóris beem gostoso… ele parava de me chupar… vinha ate meu ouvido e sussurrava…

– ESSA BUCETINHA É MINHA, VIU ??? E ESSE GOZO É TODO MEU ❤.  Ou então ele me perguntava:

– VC SEMPRE VAI ME DAR ESSA BUCETINHA MELADINHA PRA EU CHUPAR, VAI AMORZINHO???

Eu só balançava a cabeça em afirmativo…

Eu gozava e gozava na boca dele.

Então ele parou de me chupar e fez o percurso inverso… até chegar na minha boca e me beijou com o gosto de minha buceta em sua boca e eu fiquei em êxtase… e aí, senti algo mais… seu pau começava a separar os lábios da minha bucetinha, Eu fiz menção em arrumar com minha mão mas ele me impediu:

DEIXA ELE APRENDER O CAMINHO DO SEU PARAÍSO ?? DEIXA??

Nossa que homem maravilhoso.. então fui me abrindo e ele entrando em mim ..  eu estava tão melada que ele me penetrou com uma certa facilidade (não estou exagerando não – eu mal senti a dor, que toda menina fala que sente quando perde a virgindade).

Meu Josezinho metia bem devagar E eu  rebolava, agora na pica dele… minha bucetinha fazia até barulhinho de buceta sendo comida tchoc… tchoc… tchoc

HUUMM QUE BARULHINHO DELICIOSO. BARULHINHO DE BUCETINHA SENDO AMADA – o Josezinho me falou bem no meu ouvido… e me deixou toda arrepiada…

VOCÊ JÁ GOZOU ❓ MEU CABACINHO, JÁ ❓

  • VÁRIAS VEZES… respondi… eu tava molinha, não tinha forças nem pra falar.

– E VOCÊ?? JÁ GOZOU?? AINDA NÃO??? ENTÃO GOZA DENTRO DE MIM. GOZA ❓ E ME DÁ SEU LEITINHO.

– Minha princesa… eu estou louco pra gozar sim… só que eu não posso fazê-lo dentro dela… não hoje… mas chegará o dia certo que eu vou gozar dentro dela. Eu Te prometo.

Ele começou a meter mais forte… mais rápido… então na hora que eu senti seu pau começar a pulsar dentro da buceta… ele tirou o pau de dentro dela e GOZOU por cima da minha buceta e alguns jatos de porra veio parar no meu peito… deitou sobre mim,  mas apoiando em seus braços, para não me amassar… eu senti que ele estava cansado… mas estava feliz  tanto quanto eu…

Ele recuperou suas forças… foi até o banheiro, voltou com lenços umedecidos… me limpou todinha e colocou umas folhas de papel higiênico bem na bucetinha, vestiu minha calcinha e me disse, amanhã cedo, quando vc for fazer xx, pode arder um pouquinho sua florzinha, lave-a só com água morna e não passe sabonete, ta?? ele me ajeitou na cama , me deu um beijo de boa noite e perguntou:

FOI MELHOR DO QUE BEBER MEU LEITINHO ???

  • FOI MARAVILHOSO ❤ MUITO MELHOR !!!  (mas ainda quero meu leitinho na boquinha rssss pensei)

ENTÃO DURMA BEM QUE AMANHÃ TEM MAIS.

Nossa… eu estou grogue de tanto gozar…

Mas já estou louca de vontade que chegue logo amanhã.

6151 views

Contos Eróticos Relacionados:

A recrutadora e uma entrevista envolvente

Me chamo Marcelo, tenho 19 anos, tenho pele branca, 1,85 de altura, olhos pretos, cabelo curtinho castanho, um corpo normal, prático esportes. Eu estava fazendo faculdade de química e apareceu...

LER ESTE CONTO

Minha esposa e os policiais

Somos casados a 8 anos,e desde o início do relacionamento eu sempre deixei claro que tenho fetiche de ser corno. Na nossa primeira férias juntos com dois anos de casados, fomos pro Guarujá,...

LER ESTE CONTO

Durante a pandemia comi a vizinha Milf

Certo dia, ela bateu na minha porta e me convidou para comer uma torta que ela havia acabado de fazer e também me pediu ajuda para configurar o notebook dela, pois ela começaria a ter aulas da faculdade online. Sempre vi a Ruth com roupas fechadas e de calça, porém naquele dia ela usava um short rosa, bem curtinho e um top preto.

VER

Fiz sem pensar

AQUELE DIA ESTAVA TRISTE E DEPRESSIVA. SOZINHA EM CASA. MEU MARIDO VIAJOU. SENTIA DIMINUIDA. RESOLVI IR AO SHOPING ALMOÇAR. VESTI UM VESTIDO PRETO MUITO BONITO. SENTEI SOZINHA PARA PEDIR UMA...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 2 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude