Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Picantes » A namorada e a madrasta

A namorada e a madrasta

Publicado em 20/01/2023 por Mario Sergio Mendes da Silva

A namorada e a madrasta – Conheci Kátia na praia, menina bonita, simpática, estava com um casal de amigos e fomos apresentados ali mesmo na areia de frente para o mar. Houve empatia recíproca e meus amigos nos deixaram a sós ao notarem o clima se instalando. convidei Kátia para uma caminhada e ela aceitou sorrindo falando que eu havia adivinhado sua intenção, eu retribui o sorriso e falei que era bom sinal. Saímos em ritmo moderado e conversando, o papo surgia com naturalidade, fomos na realidade nos apresentando, falei de mim 22 anos segundo ano de faculdade de ed. física, pois seguiria na área esportiva. Ela 23 anos e cursando economia, morando apenas com a madrasta, sim, porque sua mãe se foi quando ainda era garotinha e seu pai casou novamente com uma pessoa que não tinha filhos e é considerada sua mãe de verdade.

Me falou que a dois anos perdera o pai e os bens que ele deixou ficou para as duas e como sempre se deram muito bem resolveram ficar juntas como sempre fora e cuidar uma da outra. Achei legal seu relato, uma união bonita, pois nem sempre é assim nesses casos, ao chegarmos a uma boa distância de onde saímos resolvemos retornar, entramos no mar e demos um mergulho para refrescar um pouco, deixei Kátia adiantar um pouco e ela esperta notou e sorrindo disse, está olhando minha bunda seu safado kkkkkkk, sorrindo respondi que na realidade estava observando o belo conjunto e por coincidência a bunda faz parte e caímos na risada.

Gostei de imediato da moça, bonita, inteligente e um corpinho mignon bem tesuda. Reencontramos nossos amigos que já estavam de saída e resolvemos ficar mais tempo na praia, eles saíram felizes de terem sido cúpidos do casal. Umas duas horas depois resolvemos ir embora e ficamos de entrar em contato. Adiantando a história está perto de completar um ano que estamos namorando firme e frequento a casa de Kátia sendo muito bem recebido por dona Marta sua madrasta a quem ela chama de mãe carinhosamente.

Nos finais de semana geralmente durmo na casa delas e fico sempre bem a vontade, fazemos muito amor e como moram as duas em um apartamento muito amplo, temos bastante espaço para safadezas kkkkk. Uma delas é que sempre que estamos em casa no início da tarde e dona Marta vai tirar sua soneca vamos brincar na varanda, adoramos fazer amor ali sentindo o vento e a brisa do mar, o Apartamento delas fica a beira mar. Tem umas cadeiras redondas e espaçosas ali eu sento e Kátia vem se aninhar em meu corpo, começamos a brincar devagar e toco em seus seios a deixando excitada ela adora isso, beija minha boca com tesão e coloca minha mão em sua buceta já molhadinha pela entrada do short folgado e sem calcinha.

A menina é viciada em meus dedos e goza muitas vezes só nessa brincadeira, depois ela deita e chupa minha pica dura até que goze na boca dela, engole tudo e antes de amolecer meu cacete ela senta em cima e rebola, algumas vezes conseguindo gozar mais uma vez.

Dona Marta tem 61 anos , é uma mulher charmosa, não tão bonita , mas charmosa e elegante, e seu corpo chama atenção. Tem belas curvas, pernas torneadas, seios medianos e bumbum arrebitado, confesso que tenho tesão na bunda dela, mas com todo respeito kkkk. Faz academia quase a semana inteira e as vezes nas refeições Kátia brinca com ela perguntando se já tirou o selo, na primeira vez não entendi e dona Marta riu e disse, que nada, está difícil, não se encontra coisa boa no mercado, as duas riram e eu meio de babaca na história fui entender quando dona Marta disse que Kátia sim tivera sorte, ter um puro sangue e as duas caíram na risada.

Eu já me fazendo de inocente disse que havia entendido que entrara naquela conversa e elas riem novamente e Kátia diz, claro meu amor, você é o puro sangue. A partir daquela data fiquei esperto com dona Marta, e não sei se por coincidência ela também me soltava alguns olhares meio gulosos, e fui entender que ela queria algo mais no dia em que fui malhar no mesmo horário que ela. Frequentávamos a mesma academia porque ia com Kátia aos sábados e na semana ia sempre no horário que dava, e numa noite de quarta feira dormi no apartamento delas e dia seguinte Kátia saiu para a faculdade e eu fui para a academia com dona Marta.

A coroa realmente é gostosa, vestiu uma lycra justinha, uma blusa também justa deixando a mostra a boa forma, entramos na academia e pouco tempo depois um amigo veio perguntar se a conhecia, eu dei risada e disse é minha sogra, ele ficou perplexo e disse, cara essa coroa é muito gostosa kkkkk. Saí de perto dele e fui malhar, de repente dona Marta me pediu para ajuda-la com os pesos e assim o fiz. Quando ela sentou na máquina e fez o movimento eu fiquei na tara pela buceta carnuda dela que imediatamente notou e sorriu, disse assim, os outros olham mas me mantenho sempre firme, mas você não pode porque é meu genro e é muito gostoso e o tempo que estou sem nada me deixaria louca.

A namorada e a madrasta

A namorada e a madrasta

Claro que meu pau endureceu na hora e ela olhou e disse, tá vendo isso não está certo e deu um risinho safado, fui para o aparelho seguinte e saímos juntos da academia. Fizemos um lanche em casa e entrei no quarto de Kátia para tomar banho, ao sair dona Marta já estava na sala e nos despedimos, ela perguntou se iria dormir lá aquela noite, falei que sim iríamos dar continuidade  a série do netflix. Ela sorriu e disse que estava adorando a série, fui embora, estava cheio de tesão e a noite chegamos juntos eu e Kátia, fomos a um barzinho com o casal nosso amigo e entramos para tomar banho, saímos juntos para ver o seriado e dona Marta estava de shortinho bem folgado amarelo e blusa da mesma cor sem nada por baixo, nem calcinha nem soutien, eu estava de short e sem cueca pois sempre ficava assim e as vezes Kátia brincava com minha pica enquanto a gente via o filme.

Kátia de shortinho também folgado e sem nada, o ambiente estava bom e o sofá grande onde cabia os três, Kátia foi logo deitando na minha coxa e dona Marta ao meu lado esquerdo sentada como sempre ficava. A série tem muitas cenas calientes e  Kátia excitada colocou minha mão em seu seio, como ela levava um lençol e nos cobria eu podia acariciar bem gostoso os seios e a buceta dela, claro que dona Marta sempre via a cena, mas aquela noite foi diferente. Dona Marta estava muito excitada, eu notava porque ela olhava direto para o que eu fazia embaixo do lençol, e via Kátia se contorcendo de tesão, não preciso dizer que meu pau estava duríssimo e Kátia com a mão para trás pegava nele por cima do short.

Era uma cena louca, pois dona Marta estava alucinada cruzava as pernas constantemente e passava as mãos nos seios, nem havia mais a cena de sexo na tela, mas o clima estava excitante. Devagar e com a mão na buceta melada de Kátia fiz com movimentos sutis o lençol descobrir o lado que dava para dona Marta olhar. A mão de Kátia pegava em meu cacete duro e ela apertava fazendo dona Marta comprimir os lábios, eu fazendo que não estava vendo nada e concentrado na televisão e dedilhando a buceta de Kátia.

Para minha agradável surpresa dona Marta chegou um pouco mais e abriu as pernas, caramba aquilo era demais, eu não poderia recuar, duas beldades me dando as bucetas, Kátia estava de olhos fechados eu sabia que logo gozaria com sempre fazia colocando o travesseiro no rosto pensando talvez que a madrasta não soubesse da gostosa safadeza kkkkkk, mas dessa vez a própria madrasta se oferecia também.

Nem olhei para dona Marta, apenas levei a mão e coloquei em cima da buceta carnuda que havia tarado na academia pela manhã, ela mordia os lábios e eu meti o dedo dentro do short folgado. A buceta da mulher com ralos pelinhos estava totalmente encharcada, e ela louca de tesão, meti o dedo e ela também pegou o travesseiro kkkkkk, colocou na boca mordendo, foi nesse momento que por incrível que pareça as duas gozaram nas minhas mãos.

Puta que o pariu só faltei ficar louco e quando Kátia goza sempre se ajeita um pouco no sofá, e dessa vez não foi diferente, eu já sabendo tirei a mão da buceta de dona Marta e ela rapidamente se recompôs. Kátia devido a bebida que tomamos no barzinho e a gozada, deu uma amolecida e disse que iria dormir, eu disse que ficaria mais um pouco mas ela safada me pediu para ir ao quarto com ela, me levantei e dona Marta viu a minha pica muito dura, o olhar guloso da mulher me deixou louco e eu já sabia que Kátia só dormiria depois que eu metesse nela.

Dei umas metidas gostosas e minha linda namorada dormiu toda melada nem foi ao banheiro, eu também não fui e retornei para a sala assim que ela adormeceu mais profundo. Dona Marta safada, com as duas pernas abertas no sofá, os pés trepados na borda acariciava a buceta bem devagar, me olhou e perguntou se Kátia dormia, balancei a cabeça afirmando, sentei no carpete da sala, afastei o short e ela apenas olhando, comecei a chupar sua buceta, sinceramente nem sei quanto demorou mais foi rápido demais, ela agarrou o travesseiro e mordia com força gemendo e gozando, eu podia ver o grelo saliente e duro e minha língua passava em cima bem devagar, ela baixinho dizia vai meu safado, seu tesudo, nossa que chupada gostosa, nunca tive assim aiiiiiiii, e gozava em seguida.

Após um bom tempo naquela posição fiquei de pé, ela desceu meu short e abocanhou meu cacete todo melado de Kátia e ela cheirou e lambeu dizendo hummmmm que gostoso o sabor dos meus dois queridos. Chupava gostoso demais e eu louco de tesão novamente a coloquei de pé, sentei no sofá e disse baixinho, vem sogra safada e tesuda, mata tua sede, fode meu cacete vemmmmm. Ela sentou com vontade, beijou minha boca e fudia gostoso, subia e descia subia e descia, até que gozamos juntos eu a enchi de porra e ela adorou.

Saiu devagar para não molhar nem manchar o carpete e segurou a buceta com o short, foi para o banheiro se limpar, se retornou eu não sei pois também fui para o quarto, tomei um banho e deitei, Kátia dormia feliz, e felizes também estava a sogrinha e o felizardo que fui eu. Esse triângulo gostoso continua a todo vapor e cada dia mais gostoso e com muitas novidades kkkkkkk.

Veja abaixo alguns outros contos picantes demais:

Tainá a novinha que engravidou do negão

De doméstica a amante

15121 views

Contos Eróticos Relacionados:

Matamos os desejos de dois pescadores na praia

Euzinha e minha amiga Flora matamos os desejos de dois pescadores na praia da Região dos Lagos-RJ Após eu e minha amiga de cursinho, Flora participar de uma orgia com o Pedrão seu namorado e seu...

LER ESTE CONTO

Transando com a prima lésbica do meu namorado

Vou lhes contar como acabei transando com a prima lésbica do meu namorado. Eu me chamo Bruna e vou contar todos os detalhes de uma transa lésbica que tive com a prima ninfetinha de meu namorado....

LER ESTE CONTO

Perdi meu cabaço com um surfista gostoso

...Pra variar minha xaninha já estava meladinha, meus peitinhos arrepiavam cada vez que ele me beijava o pescoço. Ele me agarrava o cabelo, me apertava contra o corpo dele e sussurrava coisas românticas no meu ouvido. Fui ficando mole e até zonza, de tanto tesão que eu estava.

VER

Dando o cuzinho para dois homens

Dando o cuzinho para dois homens - Faz uma semana que tive uma surpresa gostosa, aqui na cidade ! Precisei ir no centro da cidade , comprar umas conexões, para concertar um vazamento, na minha casa !...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 4 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude