Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Incesto » Eu e minha prima na adolescência nas carícias – momento inesquecível

Eu e minha prima na adolescência nas carícias – momento inesquecível

Publicado em 20/09/2023 por Jovem_pegador

Olá meus leitores, a história que vou lhes contar passa na adolescência, entre seus 17 anos de idade, de dois primos bem próximos, tudo se passa em um final de semana na casa dos nossos avós.

Me chamo André, hoje com meus 22 anos, pele branca, olhos castanhos, cabelo curto loiro, corpo normal, tenho um pênis tamanho legal e naquela época do acontecimento já tinha um tamanho legal.

Minha prima Carina, hoje com 22 anos também, pele branca, olhos castanhos, cabelo longo preto, corpo normal, seios médios, mas durinhos e tem uma bundinha chamativa.

Era só mais um final de semana daqueles que reunimos toda a família para aquele encontro entre todos, estava um dia nublado, mas dava para usar roupas leves, no sábado de manhã toda a família se juntou na casa de nossos avós que era grande até aquele cheiro de comida de avó, tudo para ser uma diversão com os primos.

Eu vestia naquele dia uma cueca simples, um short solto, uma camiseta e tênis, quando já na casa esperando os demais, começa a chegar à minha prima mais velha Daniela de 19 anos e seu irmão José de 21 anos, e previamente após uns minutos chega minha prima Carina e seu irmão Diego de 17 anos.

Carina vestia um short de academia preto agarrado, uma camiseta simples preta e chinelo, primos é aquela coisa foram logo brincar pegamos um jogo de tabuleiro e sentamos na mesa lá de fora para jogar, logo chega o horário de almoço e sentamos todos a mesa para a refeição, almoçamos com aquela fome de adolescente que ataca tudo que gosta, comemos sobremesa que tinham, pudim, bolo, quando resolvemos voltar a jogar aquele longo jogo de tabuleiro, o tempo se fecha e começa a chover, qual foi nossa saída, ir para o quarto de visitas e jogar videogame PS2, lá tinha uma cama beliche, a TV em cima de um rack e o próprio videogame.

Eu, Carina e Diego fomos lá jogar, me sentei na cama debaixo e Carina sentou-se ao meu lado, com as pernas dobradas, Diego colocou um jogo de skate, e se sentou em uma cadeira em frente à TV e começamos a jogar, nos dois disputavam quem fazia as manobras melhores, Carina ao meu lado pega um cobertor que estava ali e jogou em cima de suas pernas e cintura.

– André: falo me dá um pouco dessa coberta aí prima;

– Carina: pega primo, eu divido com você.

Puxo um pouco e a coloco um pouco sobre minhas pernas e cintura, e continuo jogando.

Eu tinha a inocência de um adolescente virgem ainda, logo sinto a mão de minha prima entrando em meu short, passava bem lentamente por cima da cueca, eu não ficava de pau duro com frequência, mas aquela provocação foi deixando ereto, olho em seu rosto e está com um sorriso de canto de que estava gostando do que pegava, ela então tira sua mão dali e diz.

– Carina: já volto meninos, vou no banheiro.

Continuávamos a jogar e passa uns 5 minutos ela retorna, se enfia debaixo da coberta, eu perco a rodada no jogo e nisso entra minha prima Daniela e fala quero jogar e puxa uma cadeira ao lado de Diego.

Eu e minha prima na adolescência nas carícias - momento inesquecível

Eu e minha prima na adolescência nas carícias – momento inesquecível

– André: falo pega o meu controle acabei de perder.

Ela então pega o meu controle e começa a jogar com  meu primo, os dois hiper concentrados olhando para o jogo, me aproveito da situação e coloco minhas mãos embaixo daquela coberta, Carina pega minha mão e leva até seu shorts e coloca minha mão por dentro pegando na sua vagina, levei um susto, vi em seu rosto que estava curtindo, fui sentindo aquela vagina toda lisinha, e a safadinha sem calcinha, mas isso me deixou ainda mais excitado, fiquei alisando com um dedo, a feição dela que estava gostando era única, eu estava adorando aquela experiência nova, sua vagina lisinha estava cada vez mais molhada.

Até que minha prima Daniela disse que sentaria ao nosso lado e tirei a mão logo e aí parou aquelas carícias por aquele sábado, mas meus dedos estavam bem molhados e meu pênis duro com a ação.

Ao final da tarde cada família voltava a sua casa para retornar no domingo, a noite passou e domingo já estava ali, voltamos para a casa dos avós, eu usava a mesma bermuda e só trocava a camiseta, Carina apareceu com um vestido branco soltinho até o joelho e rasteirinha, estava um lindo dia de sol, jogamos jogos de cartas, próximo ao horário de almoço, eu entrei no banheiro no fundo da casa, era um banheiro solitário e nem tranquei a porta, fiz minha necessidade, quando subia o short, Carina entrou no banheiro e trancou a porta.

– Carina: aqui está você primo, estava querendo ver esse pinto ao vivo.

Estava mole na hora, ela já foi puxando seu vestido, estava sem sutiã e uma calcinha branca, eu a olhava encantado.

– Carina: vai tira sua roupa.

Tiro logo ficando pelado, ela tira sua calcinha, meu pau já estava endurecendo, ela se encostou na porta e fala.

– Carina: vem pegar nos meus peitos.

Me aproximo, vou passando as mãos neles, ela pega no meu pinto e fica passando a mão, em pouco tempo estava bem durinho já, os bicos de seus seios também estão durinhos e arrepiados.

– Carina: toca minha vagina, sente como está molhada.

Coloco minha mão nela, uau está muito molhada, aliso com um dedo ouço um leve gemido dela, passo dois dedos, outro gemido baixo.

– Carina: que delícia primo, e esse pinto está delicioso, um dia vou prová-lo ainda, vou sentar demais e sentir ele me fodendo.

– Carina: para de tocar nele, vamos vestir nossas roupas, daqui a pouco estão atrás da gente já e ri.

Colocamos nossas roupas já certinhas e saímos do banheiro.

– Carina: gostei de ver você assim priminho, me deu um beijo no rosto e foi para dentro de casa.

Os anos foram passando, não tivemos mais essa chance única, hoje ela está casada já e aí não rolou nada mais, mas aquele final de semana jamais será esquecido, minha prima era uma safada total e me deixou só nos sonhos em meter naquela vagina linda que ela tem que meu pau hoje sonha em comer sem dó alguma.

5513 views

Contos Eróticos Relacionados:

Sócio preso e mulher no cio

Sócio preso e mulher no cio - Oi Pessoal vou contar pra vcs uma coisa q aconteceu sábado passado dia 03/12/22 q até agora to em choque. Sou Empresário e tenho um Sócio q é Amigo meu da...

LER ESTE CONTO

O pedreiro Lúcio me comeu na obra

Hoje vou contar uma história bem rápida, sobre o dia que o pedreiro Lúcio me comeu na obra, e foi uma delícia. Quando eu era mais novinho, inexperiente, D. Amélia minha vizinha contratou Lúcio...

LER ESTE CONTO

Exibicionismo com o namorado no posto de gasolina

...Ele entrou no posto, parou em frente a bomba e abaixou o vidro, na mesma hora em que o frentista estava vindo ele se virou para o vidro e eu levantei minha saia deixando minha buceta que estava encharcada toda a mostra, mas como eu tinha levantado ela anteriormente, parecia que e minha saia era curta e que eu não estava fazendo aquilo de propósito, Ideal! Era isso que eu queria.

VER

Eu e meu Professor

Conto Erótico Heterossexual Fatos reais Olá! Vou começar com uma breve descrição de minha pessoa. Sou morena, baixa de seios médios, bumbum pequeno e cabelo liso abaixo do ombro tenho...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 4 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude