Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » Acampamento com a Mary e uns amigos

Acampamento com a Mary e uns amigos

Publicado em 14/07/2023 por BIOSAFADORO

Marcamos de acampar em Pirenopolinos, eu minha Mary, mais um casal de amigos, Brenda e Paulo e seu filho de 18 anos Breno, chegando no dia Brenda teve uma emergência no trabalho e não conseguiria ir, mas pediu para que Paulo e o filho fossem, então juntamos as coisas e fomos nós 4, chegando lá já era umas 18hrs achamos um lugar mais sossegado longe de outras barracas e montamos a nossa, Paulo ao abrir sua barraca onde ficaria com seu filho Breno descobriu que a mesma estava toda furada e rasgada, começou a reclamar falando que era culpa do Breno que tinha emprestados para uns amigos, tentei acalmar ele dizendo que a nossa era grande e caberia todos, enfim guardamos nossas coisas na barraca fomos atrás de madeira para fazer uma fogueira, chegamos acendemos a fogueira e começamos a comer, beber e jogar conversa fora.

Numa hora minha Mary vira para mim e fala com voz de bêbada, que me queria hoje, mais não sabia como ia fazer com os dois na barraca, eu meio bêbado também, disse para fingirmos que eles não estariam na barraca, aquela sensação de perigo deixou ela super animada, fomos bebendo mais e teve uma hora que ela no meio de uma conversa falou:

Mary – Meninos hj não reparem se vcs virem ou escutarem algo demais na barraca, Rs

Paulo – fique a vontade a barraca é de vocês, vamos ficar quietinhos. Rs

Todos deram risada mais ficou aquela interrogação no ar, era quase meia noite, quando começou um vento forte frio, resolvemos entrar na barraca, eu e minha Mary deitamos num canto da barraca e os meninos do outra canto, ficamos sentados terminado a garrafa de Gin e conversando, estávamos só com a luz da fogueira do lado de fora da barraca e dos celulares, pois tínhamos esquecido de comprar bateria para as lanternas, minha Mary se deitou do meu lado e começou a passar a mão na minha perna, chegando a alisar meu pau disfarçadamente, Paulo percebeu e resolveu deitar falando que estava sonolento, eu me deitei com a minha Mary e modestamente começamos a nos beijar, ela estava tarada e foi logo tirando meu pau para fora, eu fiquei de lado para esconder ela batendo uma para mim, estava meio escuro dentro da barraca, mas dava para ver um pouco, ela se abaixou e caiu de boca no meu pau, fazendo aquele barulho de quem tá se lambuzando.

Olhei e vi o vulto dos dois deitados no outro lado da barraca e notei que o Paulo segurando seu pau para fora da bermuda e olhando minha Mary me chupando, chamei ela para me beijar e mostrei para ela o Paulo com o pau na mão, ela olhou e me deu um beijo gostoso e voltou a me chupar, só que agora ela ficou de quatro, Paulo ficou louco, Breno vendo aquilo tirou seu pau para fora também e começaram a se masturbar, foi quando ela levantou a cabeça e falou;

Mary – Vão ficar só me olhando mesmo? Rs

Paulo me perguntou se podia mesmo, eu disse que era ela que mandava, ele foi devagar subindo suas mãos pelas pernas dela, que me olhou e deu uma mordidinha no meu pau, ele foi subindo sua mão pelas coxas dela de um lado e Breno do outro foram tirando o short dela deixando ela só de calcinha, ela deu aquela levantadinha na perna para facilitar e deixou eles tirarem todo seu shorts, Paulo tirou a calcinha dela de lado e caiu de boca, ela deu um gemido gostoso e me apertou na cintura e começou a rebolar na cara dele, chamei o Breno para deitar do meu lado, ele deitou e ela foi direto com a mão no pau dele que era grosso e um pouco maior que o meu, caiu de boca chupava e gemia como uma putinha, Paulo parou de chupar ela e colocou seu pau na bucetinha dela bem devagar, foi nessa hora que ela soube que ele era bem dotado, ele foi colocando e ela arregalou os olhos e falou nossa amor é muito grande, ele foi enfiando e ela gritando e gemendo, era hipnotizante ver ela com o pauzão dele todinho dentro dela, gemendo abafado pelo pau do Breno na sua boca, não demorou muito e ela falou que ia gozar e gemeu gostoso caindo de boca no meu pau agora, enquanto Paulo comia ela com força, a safada estava adorando a brincadeira, quando finalmente gozaram, ele foi tirando o pauzão da bucetinha dela e deixando a porra escorrer, ela deitou por cima de mim e falou que queria mais, que seria a nossa putinha e sentou no pau do Breno, Paulo se levantou e foi sentar no outro canto da barraca.

Ela estava rebolando, no pau do Breno e me puxou pelo pau e falou:

Mary – Quero dois dentro de mim.

Eu falei que seu pedido era uma ordem, mirei o pau no cuzinho dela e quando foi enfiar, ela colocou a mão para trás e direcionou para a buceta dela, a safada queria dupla vaginal, meu pau foi entrando e ela fazendo cara de dor e gemendo, até que entrou tudo e começamos o vai e vem, ela gritando e gemendo muito, ficamos nisso por quase 10 minutos, quando finalmente gozamos, fomos tirando os paus da bucetinha dela, minha Mary estava exausta e quase desfalecida, ela ficou deitada de bruços, quando achávamos que ela tinha dormido, a safada levanta a cabeça e fala:

Mary – Amor, meu cuzinho esta com ciumes da buceta, tem que dar atenção para ele tambem.

Acampamento com a Mary e uns amigos

Acampamento com a Mary e uns amigos

Paulo imediatamente começou a brincar com o cuzinho dela colocando um dedinho dois, ela mandou o Paulo se deitar e sentou no pau dele e pediu para eu comer o cuzinho dela primeiro, não pensei duas vezes, ela sentada no pau dele e fui enfiando gostoso no cuzinho dela, até entrar tudo e aí começamos um vai e vem e mais uma vez ela gozou gostoso no pau do Paulo enquanto eu comia seu cuzinho, Breno colocou o pau para ela chupar, quando acabei de gozar ele pediu para mim se podia comer o cuzinho dela tambem, logo que eu tirei, ele colocou tudo dentro dela, de uma vez, arrancando mais um gemido dela, a safada rebolava no pau dos dois, ficaram assim uns 10 minutos, Paulo falou que também queria gozar no cuzinho dela, ela falou:

Mary – Amor será que eu aguento?

Eu – Sô tem um jeito de saber.

Ela saiu de cima dele ficou de 4 e Paulo foi enfiando tudo dentro do cuzinho dela, quando tinha colocado mais da metade, foi socando tudo de uma vez, ela gritava e gemia alto, não demorou nem um minuto e ele começou a gemer é gozou dentro do cuzinho dela, ela deitou no colchão e ele caiu exausto virando de lado, a safada deu para nos 3 a noite toda, dormiu exausta e pelada, eu e os rapazes saímos da barraca um instante, onde eu pedi para eles sigilo total, eles prontamente aceitaram, isso tudo aconteceu na sexta feira ainda tínhamos o sábado e o domingo todo pela frente, fomos deitar e na manhã seguinte acordei com o gemido da minha Mary, quando vi era o Paulo que arrombava o cuzinho dela novamente, iniciamos um delicioso revezamento nela novamente, quando finalmente paramos fomos preparar o café da manha e recuperar as forças, minha Mary estava visivelmente esgotada, quando foi a tarde para nossa surpresa Brenda chega, falando que tinha conseguido terminar o serviço, ao ver sua amiga, já foi logo nos questionando.

Brenda – Que foi que aconteceu amiga?

Mary – Amiga, não fica braba com a gente, mas eles me fuderam a noite e a manha toda, Os rapazes me deixaram toda arrombada e exausta.

Nessa hora dava para ver a cara de ciume e raiva da Brenda.

Brenda – Breno meu filho, paga o meu carro e vai agora para casa.

Breno – Mas mãe!

Brenda – Faz o que eu te mandei filho.

Breno entra no carro dela e desaparece na estrada, Brenda pega a minha Mary pela mão e entram na barrada, não demorou muito e elas mandam a gente entrar, eu e o Paulo entramos desconfiados, que tinha dado merda, mas para nossa surpresa as duas estavam peladas e a Brenda falou:

Brenda – Agora é a minha vez de ficar arrombada e exausta!!

Nem preciso falar que passamos o resto do final de semana todo fodendo elas, no domingo na hora de ir embora elas nem conseguiam andar direito, quando chegamos na cidade fomos direto para a nossa casa e acabamos transando mais uma vez, agora direto combinamos de ir acampar nos quatro e as vezes convidamos uns amigos também para animar o acampamento. Rsrsrsrs

4904 views

Contos Eróticos Relacionados:

Depois de uma noite de putaria com o amigo do meu marido, viramos amantes!!!

Meu marido me ligou do trabalho, dizendo que estava afim de uma noite de putaria e perguntou se eu topava.   Claro, que eu topei na hora, era tudo o que eu queria, então,  ele pediu para eu...

LER ESTE CONTO

Convite mortal

Atenção: Este conto tem ligação com o conto Mãos ao alto . Leia o conto anterior para uma melhor experiência. Pablo estava um pouco bêbado. A festa havia acabado mais tarde do que...

LER ESTE CONTO

Exibicionismo com o namorado no posto de gasolina

...Ele entrou no posto, parou em frente a bomba e abaixou o vidro, na mesma hora em que o frentista estava vindo ele se virou para o vidro e eu levantei minha saia deixando minha buceta que estava encharcada toda a mostra, mas como eu tinha levantado ela anteriormente, parecia que e minha saia era curta e que eu não estava fazendo aquilo de propósito, Ideal! Era isso que eu queria.

VER

Saindo com meu chefe

Pessoal, um dia desses acabei saindo com meu chefe e tive uma transa perfeita e virei amante do safado. Trabalho em um consultório de odontologia há, mais ou menos, 2 anos. Recentemente, fiquei...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 3 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude