Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos de Corno » Minha esposa sendo a puta da familia do segurança

Minha esposa sendo a puta da familia do segurança

Publicado em 15/08/2023 por Leandro

Sou casado com Laura. Ela tem cabelos negros, na época com 29/30 anos, 1, 60 de altura, peso 50 kg. Seios médios, e bumbum farto.
Quem leu o ultimo conto vai lembrar que levei minha mulher para dar para o antigo segurança da escola dela.
Pedro, negro, 50 anos. Corpo em dia apesar da idade.
Era um homem muito mal-educado. Pelo jeito rude e grosseiro entendi o motivo dele ser separado.
Como minha mulher tinha muita vontade de voltar a dar para ele novamente. Combinei de convida-lo para ficar conosco uns dias na casa de praia.
Não queria mais aquela situação onde os vizinhos o ouviam dando ordens para minha mulher chupar, ficar de quatro e outras.
Como naquela época as casas vizinhas estavam vazias, seria perfeito.
Lembro que tive que dar um bom dinheiro para o velho para ele vir. Como ele iria perder os bicos que o sustentavam naqueles dias, ele exigiu pagamento.
Era meio vergonhoso pagar para alguém comer minha mulher, mas queria agrada-la.
Chegamos um dia antes preparando o lugar.
No dia que chegaria o Pedro, minha mulher esperou na piscina, apenas de biquini minúsculo a chegada dele.
Nós iriamos fazer um churrasco, sendo o prato principal a minha mulher.
Achei que não teríamos problemas, mas quando ouço a porta e vou com minha mulher abrir, lá estavam o Pedro e os dois filhos.
– Estamos famintos, onde está a comida. Falou o Pedro.
Os garotos foram na frente, olhando minha mulher com cara de safados e puxei o Pedro.
– O que pensa que está fazendo? Trouxe seus filhos juntos.
– Cara, não tenho com quem deixar.
– Sem falar que eles sabem que comi sua mulher e vou comer aqui. Apenas dá uma grana para eles darem uma volta enquanto como ele ou como ela no quarto de vocês. Deve ter porta que fecha diferente da minha casa.
Minha mulher acabou concordando.
Eu não queria, mas não podia dizer não para ela.
Senti muito desconforto no churrasco com o velho usando sempre a palavra puta com minha mulher e os filhos dele que não paravam de olhar.
Teve um momento no churrasco que ele mandou os meninos irem para a sala assistirem televisão e não voltarem até ele falar que pode.
Eles foram rindo, olhando para nós.
– Muito bem puta. Agora chupa o pau do seu macho.
Seu Pedro apenas abriu o zíper e deixou o pau sair.
– Não preferem no quarto?
– Não corno, sempre quis comer uma vadia do lado da piscina.
Minha mulher foi ao encontro dele. Ficando de joelhos e começando a chupa-lo.
Não nego que dava tesão vendo-a chupar aquele velho de pau grande no sol.
A questão é que ficava olhando e vigiando a porta com medo dos rapazes entrarem.
Foi então que o Pedro falou.
– Deixa de ser besta corno. Puta, para de chupar um pouco.
– Garotos, venham aqui.
– Os dois apareceram, vendo minha mulher de quatro e o pai deles com o pau para fora.
– Muito bem. Puta, volta a chupar.
– O quê?
– Fica quieto. Deixa os meus filhos verem o que faço. Assim você também deixa de ter neura.
– Então puta, vai chupar, ou também tem frescura se mais alguém além do seu marido ver?
Minha mulher estava roxa, quando olhou ao redor. Cara séria do Pedro e os dois rapazes com sorriso largos.
Achei que ela iria levantar e parar, mas não.

Minha esposa sendo a puta da familia do segurança

Minha esposa sendo a puta da familia do segurança

Ele voltou a atenção ao pau e voltou a chupa-lo.
– Estão vendo filhos, o que sua mãe perdeu. Hahahaha.
Fiquei desconcertado. Era a primeira vez que tinha mais gente além de mim assistindo minha esposa com outro homem.
– Para um pouco puta. Vai ter jogo, depois a gente continua.
Foi estranho, parar para ver futebol.
Ele levou minha mulher junto.
Lá estavam os quatro assistindo.
Quando deu o intervalo o Pedro voltou a dar atenção para minha mulher.
– Muito bem puta. Agora descasca esse resto de roupa. Vamos curtir mais um pouco.
Minha mulher levemente relutava. Afinal eram quatro homens esperando-a tirar a roupa.
Não foi demorado ela tirar a roupa, afinal eram duas peças.
Lá estava ela. Nua na frente dele pai e filhos.
– Garotos, fiquem aqui perto vendo essa puta branca chupar esse negão.
Os garotos sentaram um em cada lado do pai.
Minha mulher começou a chupar.
Apesar da situação chata, não nego que voltei a ficar excitado.
Os filhos tiraram os paus para foram e começaram a tocar uma.
– Puta, olha para os lados.
Minha mulher viu os paus batendo uma por ela.
– Então, também são de respeito, não quer curtir.
Minha mulher me olhou, esperando minha aprovação. Apenas sorri.
Então ela começou a revezar com os três paus na chupeta.
Já tinha imaginado ela antes com dois homens ao mesmo tempo, mas nunca três e negros ainda por cima.
Pedro mudou minha mulher de posição, colocando-a de quatro.
Enquanto ele fodia a bucetinha dela, minha mulher revezava em chupar os paus dos garotos.
Se eu falasse a quantidade de palavrões que os três falavam para minha mulher e eu , dobrariam as páginas desse relato.
Pedro levantou-se e mandou minha mulher ficar de quatro na sala.
– Muito bem puta, enquanto descanso por causa do almoço, dá um trato nos meus filhos.
Então os moleques começaram a revezar em comer e serem chupados por minha mulher.
– Isso garotos, mostra para a puta branca o gosto de pau de negro. Ela está vendo que pau de velho e novinho é tudo de bom. Hahaha.
Durante o revezamento, um dos garotos gozou na boca da minha mulher. Ela logo engoliu.
O outro fez minha mulher ficar depois de barriga para cima. Ele enquanto comia ela, chupava os seios da minha mulher.
Ele depois de pouco tempo, explodiu dentro da bucetinha dela.
Minha mulher depois ficou caída no chão, enquanto os rapazes pulavam na piscina para se limparem.
Pedro agora dava atenção apenas ao jogo, deixando de lado minha mulher nua no chão.
Ele me chamou para assistir o jogo junto com ele.
– Sua mulher é uma boa puta. Os garotos irão curtir muito ela.
– Você já tinha pensado nisso, não é?
– Claro, pois sabia que a puta da sua mulher estava louca por mais pau de negro. Depois desse período aqui, apenas um pau por vez não irá dar conta.
– Você não vai come-la agora?
– Não, só á noite. Pois eu quero abrir aquele cuzinho com esse pau de verdade. E quero toda minha energia nessa hora.
Durante aqueles dias minha mulher deu muito e também sofreu com o tratamento que recebeu no cuzinho.
Não posso negar. Nós dois adoramos.
Isso gerou novas ideias para as futuras transas.

5064 views

Contos Eróticos Relacionados:

P2: Meu pai gosta de ser corno…

Leia a primeira parte antes de continuar... No outro dia... chegando a tarde fui passar pela cozinha onde minha mãe estava. Peguei a bunda dela com as duas mãos e levantei a encoxando e beijei...

LER ESTE CONTO

Minha primeira experiência com cuckold

Olá, me chamo Marcelo (nome fictício) e minha namorada se chama Julia(nome fictício) e vou relatar minha primeira experiência com cuckold. Eu e a Júlia temos 18 anos. Ela é bem magrinha, mede...

LER ESTE CONTO

Perdi meu cabaço com um surfista gostoso

...Pra variar minha xaninha já estava meladinha, meus peitinhos arrepiavam cada vez que ele me beijava o pescoço. Ele me agarrava o cabelo, me apertava contra o corpo dele e sussurrava coisas românticas no meu ouvido. Fui ficando mole e até zonza, de tanto tesão que eu estava.

VER

Sexo safado no meio da praia

Fiz um sexo safado na praia com uma amiga da minha tia. Neste conto eu vou relatar com detalhes como acontecer tudo. Minha família alugou um ônibus para todos viajarem para passar o dia em uma...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 3 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude