Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos de Fetiche » Punindo minha esposinha virgem

Punindo minha esposinha virgem

Publicado em 13/09/2022 por ContoErótico

Punindo minha esposinha virgem, colocando um mendigo em nosso quarto. Os fetiches por vezes são oriundos de situações e decepções acontecidas na vida das pessoas. Nesse conto, que trata de uma história de vida, falo sobre um casamento que poderia ter sido um mar de rosas, mas que por interferência de outras pessoas não o foi.
Desde muito pequeno eu tinha uma namoradinha platônica, minha coleguinha do coral da igreja. Ela também nutria certo interesse por mim; mas devido a nossa idade ficava apenas no anonimato. A família dela era bem mais abastada que a minha, seu pai era o pastor da igreja; quanto a mim, um simples filho de pedreiro. Ficamos adolescentes e, enfim tomei coragem e fiz a proposta a ela que aceitou sem pensar duas vezes. Mas… Ainda precisava falar com seus pais. Fui a casa deles, fiz tudo certinho. O pastor aceitou, mas colocou muitas restrições. Basicamente era aquele namoro de porta, sempre muito vigiado.
No vilarejo chegou uma família rica que tinha um rapaz mais ou menos da nossa idade e… Percebi que a garota que eu amava ficou encantada por ele. Os pais dela, muito interesseiros, não pensaram duas vezes em mudar sua cabeça. Certo dia ela terminou comigo… Chorei muito, fiquei deprimido… Ela então passou a namorar esse rapaz. Eu, desgostoso da vida, saí da cidade.
A felicidade sorriu para mim, fui sorteado na loteria e voltei a cidade 3 anos depois já na condição de jovem rico. Vi a minha ex-namorada desconfiada. Perguntei a um amigo sobre a vida dela, ele me informou que ela estava solteira, pois o rapaz na verdade era casado. Seus pais desde então deixaram ela presa em casa, sem ter mais contato de namoro com ninguém.
Quando o pastor soube sobre mim, passou a me tratar super bem. Me convidou a ir em sua casa, claramente querendo que eu voltasse a namorar sua filha. E eu, que já tinha pegado raiva tanto dela, quanto deles todos resolvi me vingar.
Passei a namorar com ela, falando em casamento e tudo mais. Ela era uma garota de 18 anos, muitos bonita, coxas grossas, cabelos lisos, um tanto introvertida e muito religiosa. Marquei o casamento, deixei o regime de bens de modo que em separação ela nada levasse. Construí uma casa… Nos casamos.
Imaginei que o rapaz tivesse tirado a virgindade dela, mas para minha surpresa ela continuava virgem. Falei a ela que passaríamos um tempo sem sexo, ou seja que ela ficaria virgem por um tempo.
Porém, comprei um estimulante sexual e todas as noites colocava um pouco em sua bebida. Dava pra ver que ela já estava muito afim, mas seu pudor ainda era muito grande para pedir. Certa noite, com ela sob efeito de um boa noite cinderela, enfim vi sua ppk. Baixei a calcinha, tinha uma ppk inchada levemente peluda. Abri um pouco e vi o hímen dela intacta. Passei uma pomadinha para deixar ela ainda mais afim, me masturbei e dormi.
Então, busquei um pedinte de rua, que tinha tipo microcefalia, ele era um tanto retardado; vivia sujo e certamente nunca tinha ficado com mulher alguma (embora já fosse um homem de mais de 30 anos). Chamei para trabalhar lá em casa, no caso poderia ficar dormindo em um quarto nos fundos.
Fui criando situações tanto para o maluco pensar em comer minha esposa, quanto para minha esposa pensar em dá pra ele. Ampliava os remédios a ela, deixando ela eufórica e, a noite, eu a beijava deixando ela em ponto de bala, então resolvia virar para o lado e dormir. Por outro lado, as vezes dava o boa noite cinderela a minha esposa, deixava ela deitada no quarto com a saia um pouco levantada, de modo que aparecia seu fundo (a calcinha), então pedia a ele para pegar algo em meu quarto. Ele olhava, seu short criava volume, mas ele ficava com medo dela acordar, eu ver…

Punindo minha esposinha virgem

Punindo minha esposinha virgem

Então, um dia resolvi oferecer vinho a ela (batizado). Ela tomou até ficar bem grog. Foi deitar. Fingir está bêbado também. O mendigo que não tinha bebida, nos ajudou a ir para o quarto. Falei a ele para deitar em uma rede (no nosso quarto) pois a gente poderia precisar dele a noite. Minha esposa mesmo grog ficou meio que desconfiada, mas relevou. Ela dormiu.
Então, eu que dormia em outra rede, vejo o retardado tentar levantar da rede. Fazia movimentos para diminuir barulho. E eu, fingindo está dormindo, via tudo apesar do quarto não está tão claro. Ela, bêbada, estava tipo dopada. Então ele resolveu subir um pouco a saia dela para ver a calcinha. Foi subindo de leve, e eu vendo tudo. Queria ver se ele teria coragem. Enfim, descobriu a calcinha branca dela, sua ppk parecia ainda mais inchada que das outras vezes. Ele ficou eufórico. Olhava de perto a buceta dela, criou coragem e enfim colocou a mão sobre o priquito dela. Ela instintivamente suspirou. Eu, nessa altura já estava torcendo para ele descabaçar ela. Ele afastou de lado a calcinha e deu pra ver o escuro da buceta dela. Ele abriu, arreganhou… E tocou com a mão sobre a buceta aberta dela. Ela dessa vez deu um gemido em sonho (afinal, estava doida por vara a um bom tempo). Ele pegava, cheirava os dedos… Então resolveu baixar seu short.
Sua rôla era enorme, grossa cheia de veias, os testículos descidos em um saco flácido. Fiquei vendo aquela cena, o cara pegando no priquito dela e levemente batendo uma punheta. Resolvi pigarrar, ele se assustou e correu para a rede mesmo pelado, e ela pelo movimento acordou. Estava pelada (com a calcinha afastada de lado), com sua ppk molhada. Olhou para minha rede, parada e eu estava dormindo. Olhou para a rede do mendigo, estava balançando um pouco, e tinha um short sujo aos pés de sua cama. Ela entendeu que estava sendo bolinada por aquele retardado. Levantou, foi na rede dele, ele fingia dormir… Ela abriu de leve a lateral da rede e… Ele estava pelado com sua rôla enorme ainda meio dura.
Ela se agachou… Então vi ela fazendo movimentos de pegar no pau dele. Pagava, olhava… Aproximou o rosto, parecia querer sentir o gosto. O odor ficou forte, pois certamente ela abriu um pouco a pica dele. Novamente pigarreei, e ela correu para a cama.
Meia hora depois, novamente ele se levanta… Mas com a jemba muito dura. Ela ao perceber que ele levantou, levanta uma das pernas e tipo se arreganha. Queria levar madeirada logo. Ele pega em seu priquito já sem tanto temor. Ela geme. Ela pega no pau dele, junto com os ovos. Ficam assim por alguns minutos.
Ela então faz o sinal para ele deitar na cama, mas tipo em um 69. Enquanto ele olha curioso para aquele bacurú inchado dela, arreganha, lambe… Ela faz o mesmo com o pau dele, até chupar a cabeça. Nesse momento ele geme (certamente a primeira vez que sentiu aquilo). Ficam assim se chupando.
Ele vira e fica na posição convencional, então passam a se beijar. Ela fala baixinho para ele que ainda é virgem… Ele então fica só pincelando a cabeça da rola em na entrada de sua ppk. Se beijando. Resolvo pigarrear de novo, mas eles dessa vez só olham. Me movimento e eles não ligam mais (estavam muito afim). Percebo que a ppk de minha esposa está preste a receber varada.
Então vejo ele suspendendo a perna dela, para deixar sua ppk ainda mais arreganhada. Ele abre os lábios da buceta cabeluda dela, coloca a cabeça bem na entrada. E pressiona…. Ela faz cara de dor… Ele pressiona mais…. Ela dá um gritinho baixo: Aau! Vc esta me abrindo!
Então vejo aquela “maça” aos poucos entrar… Ele morde os lábios e empurra o resto. Truko! Entrou até o talo. Ela não resiste e grita: Aaai! Tu me desvirginou. Olhei aquela cena marcante, o pau dele enterrado naquela ppk gordinha dela, ficando só o saco de fora.

Então ele abaixa a perna dela, deita sobre ela em um papai e mamãe e fica comendo ela assim, cada enfiada um gemido. Depois de um tempo ele tirou o pau de dentro, ainda estava muito duro. Ela ficou chupando o pau dele e ele olhando o rombo que ficou a buceta dela. Sorriam. Então, ele voltou a enterrar o pau da buceta dela, mas dessa vez empurrando com força, como se quisesse abrir ela completamente. Então ví ele endurecer as nádegas, as pernas… Ele estava gozando bem dentro dela. Segurou o pau dentro. Passou alguns minutos, depois tirou e deu para ela lamber seu pau limpando o esperma. A ppk dela saia um pouco de esperma. Então virei na rede e ele correu para sua rede. Ela se encobriu e fingiu dormir. Levantei e fui no banheiro. Quando voltei levantei a coberta dela, estava pelada, e saindo um pouco de líquido viscoso de seu priquito. Peguei, abri um pouco, enfiei o dedo… Estava muito melado. Enfim ela tinha fudido pela primeira vez.
No dia seguinte amanheceu toda feliz. O retardado passou a comer ela quase o tempo todo. Ela vivia com a ppk cheia do esperma dele.

Abaixo, seguem outros contos de fetiche perfeitos para você ler:

Realizei meu fetiche de ser submissa

Fui amarrada e fodida com força pelo macho

7477 views

Contos Eróticos Relacionados:

Tem calcinhas que a gente não esquece

Tem calcinhas que a gente nunca esquece . . . A primeira, então, foi mais do que especial, principalmente por ter sido com minha irmã. Aliás, foi sugestão dela. Farei um relato à parte. ...

LER ESTE CONTO

Primeira foda com um casal e quero mais

Primeira foda com um casal e quero mais -  OI, vou me apresentar, sou Lúcia, 30 anos, tenho 1,66m/ 60kg,loira,siliconada,mas o que mais chama atenção é meu bumbum, e adoro estar bem bronzeada,...

LER ESTE CONTO

O tatuador comeu minha esposa na minha frente

...Wagner era negro corpo normal e não muito alto deveria ter 1,75. Ele ofereceu seus serviços de tatuador mas na hora não quisemos. Chegando em casa após a praia estávamos conversando e comentei que gostaria que ela fizesse uma tatuagem tribal bem acima do bumbum. Que queria transar com ela assim e que eu estava com muito tesão só de imaginar.

VER

Finalmente me libertei

Finalmente me libertei - Eu bem novinho me sentia diferente dos outros amiguinhos, eu até participava de algumas brincadeiras típicas de meninos, jogar bola era uma delas, eu achava muito violenta,...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 1 + 4 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude