Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos Gay » Minha primeira foda gay como passivo

Minha primeira foda gay como passivo

Publicado em 28/06/2023 por MeunomeèM

MINHA PRIMEIRA FODA GAY COMO PASSIVO
Olá, me chamo M, tenho 24 anos e vou contar o relato de como foi dar o cu pela primeira vez.
Pra início de conversa, eu me sinto hétero e me identifico como hétero, incluisve sou casado com uma mulher maravilhosa, sou fiel a ela e somos muito felizes. Você talvez vá pensar que eu esteja mentindo sobre a minha sexualidade, deva pensar que sou um rapaz confuso em relação a minha orientação ou até possa achar no mínimo estranho tudo que acabei de dizer. Mas é isso, embora eu não tenha como provar o argumento, sempre senti atração e desejo por mulheres, tenho firme convicção e certeza da minha opção e da pessoa que sou.
Acontece que eu fui viciado em pornografia por muito tempo, pornografia gay e sempre sonhei em fazer com outros homens muitas das coisas que eu assistia em sites pornôs. Na maioria das vezes eu gostava de ser ativo, isto é, comer, mas meu gosto mudava as vezes e sentia outras vontades. Eu já comi muitos garotos gays e talvez um dia eu conte pra você como foi a primeira vez como ativo, mas aqui eu vou falar como foi a primeira foda sendo o parceiro passivo.
Quando eu virava o passivo eu gostava de homens mais velhos, tipo uns 10 anos a mais que eu, mais altos, de pau grande e aparencia rústica nada de afeminados, mas todas essas características e requisitos não eram lá regras, principalmente se eu estivesse deseperado por tomar rola e sem muito tempo a perder. Isso era só o que mais atraia na atividade de passivo.
O caso aconteceu no ano de 2019, mesmo ano que eu descobri um app gay delicioso chamado Grindr. Digo delicioso porque ele é como se fosse um ifood só que pra sexo, sexo rápido, o que os usuários pioneiros chamam de “fastfoda”. Quando eu sentia vontade de foder era só baixar que a transa tava garantida. Na semana que isso aconteceu eu tinha tirado uns nudes de passivo. Fotos bem sensuais mostrando a bunda, o cu depilado. Eu me fotografava em pé bem empinado, de quatro com a bunda meio que chamando, etc que é o que atrai os ativos. Eu tenho uma bunda grande e bem redonda e na época eu era mais magro e atlético, confesso que até EU MESMO ficava excitado com a minha bunda.

Minha primeira foda gay como passivo

Minha primeira foda gay como passivo

No dia que eu tava bem disponível e com tempo, fiz uma chuca muito bem feita, lubrifiquei meu cu, procurei um cara e achei bem rapidinho. O nome dele era Calton, um negro de mais ou menos 1,75 de altura (bem mais baixo que eu, tenho 1,87), aparentava ter entre 45 a 50 anos, capelo meio ralo, fora de forma e meio barrigudo. Foi super gente boa quando me curtiu. Nós trocamos fotos e nudes, ele gostou da minha bunda e me mostrou o pau, só que na foto não dava pra ver muito bem. Combinamos de nos encontrar a tarde numa parada não muito longe da minha casa e assim foi.
Sai de casa e caminhei até a parada e esperei cerca de uns 10 minutos até ele aparecer. Ele veio de carro e estacionou um pouco acima da parada. Quando eu vi ele fiquei com um pouco de receio e quase voltei pra casa, mas ele me viu, me identificou e chamou pro carro. Fiquei com vergonha de fugir na cara dura e abandonar a parada, mas decidi ir com ele. Cumprimentei, entrei no carro e batemos um papo sem profundidade. Não revelei meu nome pra ele, só sei como ele se chama porque mostrava no aplicativo. No caminho as vezes passava a mão no pau dele, ele rindo e gostando e eu rindo meio de nervoso, mas queria mostrar tesão e deixar ele animado, quebrar o gelo e deixar uma aparencia de safada. Daí ele dirigiu até a transversal esquerda do bairro onde eu moro e estacionou. Acontece que ele tinha um apartamento pra alugar alí e era o local onde ele ia me comer. Descemos do carro e na entrada do prédio um conhecido dele o abordou pra falar sobre trabalho. Vi que ele gelou mas conversou com o cara de boa, eu mesmo fiquei alí meio que olhando pro lado sem prestar atenção no papo deles. Tava menos nervoso e mais ansioso pra dar, até que ele falou pro cara assim “vou resolver essas parada, blz, tô subindo aqui com o meu sócio pra ver isso…” e num sei mais o que lá, nem lembro o que ele continuou dizendo, mas achei engraçado que ele ia comer o cu do seu mais recente “sócio”.
Subimos até o apê. Era um lugar vazio exceto por umas latas de tinta e um colchão velho onde a gente transou (acho que ele deixava o colchão alí pra sexo). Tiramos a roupa e eu fiquei impressionado com o pau dele, devia ter uns 17 cm, não era gigante igual nos pornôs, mas satisfátorio, grande o bastante e era grossão da cabeça vermelha. Eu paguei um boquete pra ele, chupei bastante a rola dele e as vezes ele forçava minha cabeça até eu engasgar. Passava a mão na minha bunda enquanto eu mamava, dava uns tapas até que ele molhou o dedo na boca e começou a enfiar no meu cu devagar. Enfiou até que já tava na hora da foda pra valer. Deixei bem babado, parei de chupar e fiquei de quatro pra ele.
Sério, você que for dar o cu pela primeira vez, não começe pela posição de quadro, de cachorrinho entre outros estilos do tipo porque dói pra caramba, pelo menos nos primeiros instantes. É muito gostoso se tu for o ativo, como eu costumava ser, mas é doloroso pro passivo no comecinho, principalmente se o pênis que tiver te penetrando não for pequeno e fino, porque nessa posição o penis tem mais facilidade pra entrar e entra com tudo. O aconselhavel é babar bem o pau do cara e sentar primeiro, e só quando o cu tiver mais macio e relaxado, tente outras posições. Fica mais fácil e prazeroso.
Doeu bastante, eu aguentei. Eu disse pra ele ir com calma porque eu era virgem, mas ele nem deu atenção. O que ele deu foi uma cuspida no meu cu, esfregou e meteu o pau sem dó. A dor foi muita, só que depois de uns 30 segundos começou a diminuir a intensidade até restar só tesão. Ele fodia e me comia gostoso com estocadas fortes e eu gemia de prazer nas bombadas. Praticamente o Calton fez meu cu de xota e eu tava me sentindo uma putinha, gemendo mesmo! Gemendo que nem puta de pornô, isso deixou ele doido, e caralho como eu tava gostando e curti pra caramba, além do mais ele dava uns tapas na minha bunda que me deixava louco. Ele metia forte e gozou até que rápido demais pro meu gosto. Ele tirou o pau e gozou por todo meu ânus e um pouco na minha nádega direta. Achei legal pra caralho, como nos vídeos que eu assistia.
Ele me disse onde era o banheiro e eu lavei meu cu na torneira e passei uma água no bumbum, logo em seguida ele foi lavar o pênis também. Eu não tava afim de parar alí porque tinha sido rápido, então pra fazer valer o momento, eu voltei a chupar ele, e o pau dele ficou duro outra vez. Voltei a ficar de quatro pra ele e novamente ele meteu com força, mas nessa não doeu nada. Foi só tesão e achei uma delícia. Pedi pra sentar no pau dele, pra testar essa posição de dar sentando, quicando na rola, e ele deitou no colchão. Eu sentei e a rola dele que entrou deslizando, entrou bem facinho no meu cu, que nem quiabo, já tava todo arrombado de tantas estocadas brutas. Sentei com força, quiquei no pau dele. Eu tava virado de costas pra ele, então ele tinha a visão da minha bunda e me dava uns tapas bem bons e passava a mão nela, então eu dobrei a perna e comecei a rebolar com o pau dele todo enfiado lá no fundo do meu cuzinho, ele ficou mais excitado ainda e batia forte no meu rabo. Voltamos pra posição de cachorrinho, e ele então metendo bem forte, gozou pela segunda vez e dessa eu entendi que ele já não ia dar conta de mais nada, inclusive eu também já tava começando a cansar, os dois todos suados. Novamente ele gozou que nem um cavalo por todo o meu cu e meu bumbum ficou melado, delícia. Ele me deixou mesmo que nem uma vagabunda safada, que nem os passivos dos vídeos gays +18. Me levantei meio que em estado de extase e tontinho de tesão, fui ao banheiro e me limpei, ele foi assim que eu saí. Nos vestimos em silêncio e ele me perguntou se eu queria carona de volta pra parada, no que respondi que podia me deixar um pouco acima, em frente uma panificadora próxima do local.
Então deixamos o apê. Quando descemos, o cara que falou com ele mais cedo ainda estava alí por perto e cumprimentou o Calton. Ele viu as minhas roupas meio amassadas e com certeza notou que a gente tava meio suado, só não sabia que era suor ainda do sexo, de tanto o amigo dele me comer forte (não tinha como saber, pelo menos eu acho). Ele deve ter desconfiado de algo, mas foda-se. No caminho eu falei pro Calton que o pau dele dele era bem gostoso e ele riu. Me deixou na padaria e seguiu o caminho dele embora. Alí eu comprei um picolé de chocolate pra comemorar, eu tinha realizado o sonho de ser feito de putinha. Voltei andando pra casa naquela aquela tarde, que tava bem quente, e lembro que meu cu tava meio suado e deslizando por causa da foda, e o pior é que nos dias seguintes eu fiquei super assado porque não lubrifiquei direito. Fiquei machucadinho durante umas duas semanas, mas aquela foda foi foda.
Ainda depois dessa transa eu fodi muito, com muitas pessoas, algumas vezes com homens e ainda algumas mais eu fui passivo novamente. Até que decidi parar, tanto com isso quanto com a pornografia, quando conheci a mulher que hoje é minha esposa.
Contudo se eu dissesse pra você, que está lendo este conto, que eu não gostei daquela pirocada eu estaria mentindo (kkkkkkk) prq eu curti demais!

5360 views

Contos Eróticos Relacionados:

Minha primeira vez foi com meu padrasto

Minha primeira vez foi com meu padrasto - História Real | Oi gente meu primeiro conto aqui, espero que vocês gostem ! Vou me apresentar, tenho 18 anos, me chamo Agatha, moro em São Paulo , estou...

LER ESTE CONTO

Eu novinho e ela casada e mais velha

Eu novinho e ela casada e mais velha - Na infância já brincava com as meninas da rua de papai e mamãe, algumas já tinham feito boquetes e até as tentativas de meter, mas nada era como devia. ...

LER ESTE CONTO

Comi a esposa do meu irmão corno

Ao passar pelo quarto onde estava Taís, porta aberta olhei e vi Taís deitada de bruços com seu bundão quase todo de fora, com uma minúscula calcinha entrando pelo seu rego e a bainha da camisola embolada na sua cintura (aqui nessa parte faz ele na porta tendo a visão dela deitada); levei um susto quando ouvi: - Pode entrar Alberto!...

VER

Nosso amigo novinho da igreja

Amigo novo da Igreja Estamos juntos a 12 anos sempre fomos de boa juntos ! Ela 26 eu 27 anos ! Tivemos altos e baixos como todo a casal ! Problemas com traição principalmente da parte dela ! Mas...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 5 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude