Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Picantes » Quer Fuder? Quero Fuder!

Quer Fuder? Quero Fuder!

Publicado em 23/10/2022 por Damma Safada

Quer fuder? Quero Fuder… Fazia uns 5 anos que não o via, quando estávamos juntos não havia hora e nem lugar, batia a vontade e transávamos, na praia, na chuva, no carro em frente ao meu apto e até na estrada, mas como eu era muito ciumenta acabou não dando certo, e neste tempo todo confesso que mesmo namorando quando eu estava com muito tesão era Nele o meu pensamento em minhas muitas masturbações.

Recebi um watts de um número que não estava na minha agenda, a frase era: “- Quer Fuder”; não tinha foto e nem nada, respondi dizendo que a pessoa deveria ter enviado para o número errado, a resposta veio rápida:

– De quem é o teu cuzinho?

Na hora tiver certeza que era ele, e respondi de pronto

– Quero fuder SIM, quando?

– Agora, estou na casa dos Meus Pais, vem aqui!

– Se vc esperar uma hora eu passo aí

Eu estava na piscina, tomando um bronze junto com meus filhos já adolescentes, na casa do meu ex, falei apenas que iria subir, tomar um banho e iria ajudar uma amiga.

Eu já estava bem depiladinha, por causa do biquíni minúsculo, mas lembrei que ele adorava quando eu me depilava todinha, então raspei tudinho, coloquei um sutiã e uma calcinha branca que ele gosta e contrastava com meu corpo já bronzeado, um vestidinho básico para não chamar atenção das crias e me fui.

Quando eu estava a caminho, já com a buceta molhadinha eu pensava se iria gostar de mim como eu estava depois de 5 anos, e de como ele estaria? Será que havia se separado? Mil pensamentos e o tesão que me consumia hehe.

Cheguei na frente da casa, mandei um watts e já vi o portão da garagem abrir e entrei, estava me esperando só de bermudas, estava bem fisicamente, havia até ficado mais inteiro, corpo mais trabalhado, certo que era academia, e desci do carro sorrindo, e perguntando o por que do watts e já indo em direção a ele para dois beijinhos, mas o safado já me pegou forte e tascou um beijo gostoso na boca, nossa que saudade desse beijo que eu estava, e já começou a me alisar, e claro que sentiu a calcinha minúscula que eu usava, quis conversar, mas me puxou pela mão até a sala onde tocava um MPB, e já voltamos ao beijos, nada de conversa, até que pedi para esperar, no que ele me disse: que eu havia me convidado  para fuder, e não tive, não queria mais mesmo ter argumentos, e me entreguei, nos beijamos bastante e eu já me esfregava naquele corpo que antes eu conhecia tão bem, e sabendo o que ele gosta me afastei, deixei cair meus vestido, fiquei de sutiã e calcinha e deixou cair a bermuda, que saudade daquele pau cabeçudo de seus 20 centímetros, tanta coisa boa me vinha à cabeça que sem pensar fiquei de cócoras a sua frente e lambi todo o caralho, da base até o cabeção vermelho, já tirei meu sutiã e esfreguei meus seios no caralho meladinho, fazia uma espanhola com meus pequenos seios, ouvia ele gemer e me chamar da putinha dele, que estava com saudade da minha boca faminta por pica, tirei o pau da boca e lembrei que quem me fez gostar de chupar havia sido ele, até que me pegou pela mão, me levou até a sala de jantar, afastou a cadeira que ficava na cabeceira da mesa, fez com que eu sentasse na mesa e começou a beijar minha boca, depois lambeu e chupou meus seios com gosto e força, e aí deitou meu corpo sobre a mesa, abriu minhas pernas, e tirou a calcinha, foi quando teve uma surpresa, minha bucetinha toda depiladinha,

– Nossa, adoro quando vc deixa assim… lisinha

e se pôs a chupar, e sabia chupar, lambeu primeiro meus grandes lábios, enfiou a língua dentro e depois mordiscou meu pequeno grelo duro e chupou, chupou com gosto, alternava as chupadas com pequenas mordiscadas que me deixavam doida, e pedi que parasse para que eu não gozasse, mas continuou, senti um espasmo e depois me terminei apertando as pernas contra a cabeça dele, foi muito intenso, mas eu queria era pica, e pedi:

– Quero pica dentro.

Quer Fuder? Quero Fuder

Quer Fuder? Quero Fuder!

então me sentou na mesa, e posicionou o mastro duro e enervado para a portinha da buceta gozada, e senti, olhei a cabeça passar meus grandes lábios e sumir dentro de mim, pedi calma, e foram vagarosamente entrando os tantos centímetros de pica que faltavam, e senti preenchida e iniciou um lento vai e vem, acomodou todo caralho dentro da minha gruta e depois tirava deixando a cabeçona lá dentro, tirava a cabeça batia com ela no meu ventre e eu pedia para colocar de novo e empurrava todo castigando a buceta com seus 20 centímetros deliciosos, eu tinha o dedinho no meu grelinho, mas não queria gozar, não ainda, pois acabara de gozar, e pedi para cavalgar no pau, como a mesa era de vidro ele me puxou pela mão e fomos até uma suíte, ele deitou na cama, subi em cima e fiquei em pé, fui me abaixando, até ficar de cócoras e sentir a pica pincelar a buceta, foi quando abaixei e a cabeça me penetrou, e fui abaixando até aquele picão tocar praticamente no meu útero, eu sou baixinha, 1,56/50 kg, e ele tem mais de 1,80 e pauzudo, mas aguentei o ferro e depois de todo dentro comecei a mexer bem como sei que o enlouqueço, segundo Ele sempre dizia minha mexida com uma pica atolada não tem igual, e eu já me aprontando pra gozar tirei todo o caralho e montei viradinha de rabo pra ele, agora sim que ele vai gozar olhando a minha rica bunda, e montei, e com as mãos abri as bandas da minha bunda, ele não teve dúvidas em molhar o dedo no líquido que escorria da minha buceta e enfiar um dedo no meu rabinho guloso que tanto conhecia, e eu senti que ia gozar, comecei a gemer alto e quando começo a ver a constelação se aproximando tira o caralho de dentro de mim e me puxa para sua boca, ficamos na posição de um 69, e sinto a língua quente e áspera dentro da minha buceta e a chupar meu grelo, foi neste momento que vi até o Cometa Halley, e gozei gritando que era a puta Dele, me chupava sorvendo todo o meu gozo, e chupei aquela pica com o gosto da minha buça como se fosse um pirulito, colocava na boca e chupava depois só a cabeçinha, e pedi leite, pedi porra na minha boquinha, e quando senti a pica a jorrar muita porrinha, chupei tudinho, sempre gostei do gosto da porra Dele, o pau amoleceu, e fiquei deitadinha de bruços, e fazia carinho na minha bundinha.

Levantou, perguntou se eu queria uma ceva geladinha, disse que sim, e pedi para tomar um banho geladinho para tirar o suor do corpo, e sumiu casa a dentro, eu tomei um banho rapidinho e deitei peladinha de bruços na cama, e não demorou ele chega, me entrega uma cerveja e tomo quase meia long Neck, permaneço de bruços, o safado sobe na cama, pede que eu abra as bandinhas da minha bunda e cai de língua no meu cuzinho, dizendo que o meu rabo é lindo, e que vai tirar mais umas preguinhas, chupa bem gostoso e pede que eu fique de quatro na beirinha da cama, eu faço o que pede, e logo sinto a pica dentro da buceta já melada, eu abro bem a minha bunda para ele ver o meu cuzinho que pisca já sabendo que vai tomar pica, então tira da minha buceta e força na entrada do meu cú, e minhas pregas são vencidas pela cabeça, reclamo que tá doendo, pergunta se meu namorado não come meu cú, respondo que não, que até agora meu rabo, meu cú era só dele e sinto que empurra aquilo tudo para dentro, grito de dor, mas logo meu cú se acostuma com a jeba dura e com todo dentro recebo um tapa e a ordem para mexer, eu inicio despudoradamente a mexer, sei que isso deixa ele louco, coloco um dedinho no meu grelinho e esfrego, e peço porrinha no cú, pede que eu pare de mexer e inicia um vai e vem, chega a tirar todo o pau do meu rabo e já introduz de novo, até que se derrama no meu cú, encharca meu rabo de porra quentinha e grossa, e aumento o ritmo da minha siririca e gozo, gozo com meu macho, ele tira o pau e vai para o banho, eu fico ali com a porra escorrendo do cú, e vou atrás, pergunto se posso lavar Ele todinho, abre a porta do box e começo a ensaboar bem gostoso, me agacho e lavo bem aquele pau, bato com ele ainda meio mole uma punheta e o safado já se arma gostoso, eu então digo que quero  receber mais porra na boca, e chupo gotoso, faço uma espanhola e se acaba gemendo alto, adoro quando goza, tomo toda a porrinha e me levanto, o beijo na boca, e agora começa a me ensaboar, tira todo o sabonete do meu corpo, e saí do box, eu vou atrás, me seco e começo a me vestir, pergunta se não quero tomar um banho de piscina, digo que já tá tarde, e que fui ali só para fudermos. Me encaminho até a garagem para pegar meu carro e trocamos um beijo apaixonado, coloca o dedinho na minha bucetinha e começa a esfregar meu grelo, digo que se ele não parar não vou embora, me faz apoiar de costas para Ele no capo do meu carro, abaixa minha calcinha até os joelhos, levanta meu vestido até minha cintura e enfia a pica na minha buça, me da um tapão na bunda e manda rebolar, eu rebolo com gosto, mexo com vontade, e me avisa que vai gozar, peço que espere que venha junto comigo, e acabamos gozando juntinhos, Ele termina tira a pica de dentro de mim, eu subo minha calcinha, ajeito meu vestido e entro no carro, abre a garagem e saio sem olhar pra trás, começo a dirigir para casa e sinto a porra escorrendo de dentro, e penso que não vejo a hora de repetir a dose.

Veja outros contos picantes abaixo:

A primeira traição

A primeira mamada

3356 views

Contos Eróticos Relacionados:

Minha esposa e o cunhado

Como já relatei no conto anterior nossa primeira vez com outro homem fazendo sexo com minha esposa e eu assistindo tudinho. Recentemente descobrir que meu concunhado andou enviando mensagens para...

LER ESTE CONTO

Realizei meu fetiche de ser submissa

Realizei meu fetiche de ser submissa e fodi loucamente com o melhor amigo de meu filho. Me chamo Monica, tenho 44 anos e meu marido já não consegue me satisfazer como antes. E eu tive que acabar o...

LER ESTE CONTO

Exibicionismo com o namorado no posto de gasolina

...Ele entrou no posto, parou em frente a bomba e abaixou o vidro, na mesma hora em que o frentista estava vindo ele se virou para o vidro e eu levantei minha saia deixando minha buceta que estava encharcada toda a mostra, mas como eu tinha levantado ela anteriormente, parecia que e minha saia era curta e que eu não estava fazendo aquilo de propósito, Ideal! Era isso que eu queria.

VER

Sexo animal com meu ex namorado safado

Fiz sexo animal com meu ex namorado safado que me deixou com o cuzinho todo esfolado. Eu me chamo Adriana, tenho 32 anos e vou lhes contar como foi o sexo gostoso que fiz com um ex namorado bem antigo...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude