Menu fechado

Brincando de teatro com dois homens dotados

Meu nome é Fabi e eu já trabalho com programas há algum tempo. Hoje vou contar como acabei brincando de teatro e dando para dois pauzudos safados. Sou morena, tenho olhos azuis e mais de 1,70m de altura e um dote de 17cm. Geralmente atendo à noite e pela madrugada, mas há 3 dias, recebi um pedido para fazer um programa durante a manhã, porque iria se estender pela noite e tudo o mais.

Havia um grupo bem assanhado que estava com uma fantasia, loucos para realizar. Eles queriam encenar chapeuzinho vermelho e eu ia ser  a protagonista. Cheguei no quarto de hotel que eles alugaram, coloquei uma saia vermelha, um sutiã vermelho e a clássica capa. Eles já estavam me esperando sentados na cama.

Um deles ia ser o caçador e o outro o lobo mau. Estavam vestidos só com uma calça e um suspensório, enquanto o outro usava apenas orelhas de lobo a mais. Fiquei de pau duro só de pensar que a gente iria fazer um teatrinho particular, na frente de todos os amigos dele. O melhor de tudo era que os homens eram bem parrudos.

Brincando de teatro

Brincando de teatro

Começamos o teatrinho, eu me fingindo de inocente, andando pelo quarto, rebolando a bunda só pra eles olharem minha calcinha minúscula. Então o lobo me enraba por trás e me bota de quatro na cama, começando a comer o meu cuzinho. Eu finjo que estou pedindo ajuda, como a chapeuzinho faz na floresta.

Então, o homem que estava vestido de caçador entra em cena, agarrando meu rosto e metendo tudo na minha boquinha. Ele era muito roludo e gostoso, me fez babar muito naquele pau duro. Eu já estava super empolgada com aquela brincadeira, sendo comida no cuzinho e na boca.

O lobo metia com força lá atrás, me segurando e deixando várias marcas na minha cintura. Eu nem podia gemer porque estava com um pau na boca, sendo comida igual a uma putinha. O caçador gozou primeiro e eu engoli todo o leitinho.

O lobo demorou mais, mas também atolou o meu cuzinho com porra. Eu achei sensacional. Disse para eles que, quando quisessem encenar de novo, podiam contar comigo que eu não ia negar de jeito nenhum, porque foi uma delícia.

Veja abaixo outros contos de travestis:

Velho broxa com tesão em travesti

Comendo o cuzinho da travesti gostosa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.