Menu fechado

Transei com minha melhor amiga

Meu nome é Raquel, eu tenho 24 anos, sou do interior de São Paulo e vou contar como transei com minha melhor amiga. Sou baixinha, tenho uma bunda bem generosa e cabelo loiro.

Há duas semanas, eu fui para uma festa na casa da minha melhor amiga. Ela estava completando 26 anos e o nome dela é Lia. Já nos conhecemos desde a infância e não nos desgrudamos desde então. Sempre frequentamos a mesma escola e, até mesmo, a mesma faculdade, só que em cursos diferentes.

A festa de aniversário dela foi cheia de bebida e comida, todo mundo estava feliz, dançando e cantando bem alto, incomodando os vizinhos. Chegou um momento em que estávamos tão bêbadas que acabamos caindo no chão quando tentamos dançar em trenzinho.

Lia andava muito perto de mim e eu conseguia sentir o hálito de bebida dela perto do meu rosto. Por algum motivo, aquilo me deu muito tesão. Como estávamos apenas entre amigas, e Lia não levou a família dela para aquela festa, nos sentíamos bem mais à vontade.

Transei com minha melhor amiga

Transei com minha melhor amiga

Em um determinado momento, ela começou a pegar a minha garrafa de cerveja, tomando goles e me devolvendo. Ficava me olhando com uma carinha de safada, como se quisesse me dizer alguma coisa, mas não tivesse coragem. Comecei a entender e a captar os sinais dela.

Quando nossas outras amigas já estavam completamente bêbadas, Lia me arrastou pro banheiro do quarto dela e me colocou na parede. Começou a me beijar, subir o meu vestido, morder o meu pescoço, deixando várias marcas que iam demorar pra sair.

Eu só conseguia gemer, porque não tinha nem reação. Ela colocou dois dedos na minha buceta, que já estava bem molhada, e começou a socar fundo. Eu só conseguia gemer e segurar no cabelo dela. Depois, ela me beijava, chupava minha boca até nós duas ficarmos todas molhadas de saliva.

Depois, Lia me colocou de costas pra ela e abaixou minha calcinha de uma vez só. Se ajoelhou e separou minhas pernas, me chupando sem dó nem piedade. Minha cabeça estava girando por causa do álcool, mas eu tive o melhor orgasmo da minha vida. Até hoje não falamos sobre esse assunto.

Veja abaixo alguns outros contos de lésbicas:

Fodendo com uma ruiva lésbica

Batendo siririca com a amiga gostosa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *