Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos Gay » Fui convidado a conhecer o sogro cinquentão da minha amiga

Fui convidado a conhecer o sogro cinquentão da minha amiga

Publicado em 22/03/2024 por Megalopta

Após perder as minhas pregas para o palestino e africano, fui convidado a conhecer o sogro cinquentão da minha amiga do cursinho

Após perder as minhas pregas após completar 18 anos, para o um marido de aluguel e seu socio, esses  profissionais de manutenção, tipo faz tudo em relação: eletricidade, hidráulicas e pequenas construções civil contratado por minha mãe para realizar uns trabalhos no nosso apartamento, sabendo que eles eram o tipo de machos que eu sempre sonhei para me iniciar como passivo na homossexualidade nos deixou um sábado todo a sois me fazendo chorar, sofrer e gozar muito na pica daquele machos viris e bem dotados.

Despertando o ciúme do seu Joaquim porteiro do meu prédio que me desejava, quando eu iniciei a minha transição hormonal com aplicação de hormônios femininos que me levou a cultivar uma voz feminina, peitinhos do tamanho de dois limões, cintura fina, quadril sinuoso, pernas grossas e roliças; uma bundinha durinha e empinada; como uma mulher com o corpo em formação. Que em um dia após sua investidas eu me entreguei a ele, no quarto de minha mãe, recebendo sua pica na boca e no cu em uma manhã de segunda-feira após minha ela sair para trabalho.

Após esses relatos que você pode conferir nos contos anteriores com detalhes picantes, neste site, todos com a mesma foto para melhor identificação, eu passei a ser uma verdadeira bixa, livre, sem complexo e sem pudor dos pensamento crítico alheios; foi neste momento da minha vida que conheci Flora, uma uma linda jovem de 20 anos no cursinho de inglês no centro da minha cidade da Região Serrana do Rio onde morávamos.

Flora tinha um namorado lindo, com dois olhos azuis, alto, forte e moreno belo banho de sol que tomava todos finais de semanas, quando eles viajava para casa do pai dele na Região dos Lagos. Até que no último final de semana, ela me convidou para acompanhar, porque segundo ela Pedrão, (seu namorado) quando chegava no local, só tinha tempo para o seu pai, que era viúvo a um anos e ainda sentia muita falta de sua esposa.

Quando ela me convidou, ela sorrindo falou comigo com o mesmo tom de brincadeira de sempre que estávamos assoes: bixa, que coroa gostoso!

Eu sorrindo, disse: não brinca Flora, estou sem uma pica à algumas semanas!

Ela: vai ser a palha e o fogo, ele deve está na secura desde que sua esposa faleceu; mas, se prepara, se meu boy puxou o pai, ele deve ter um caralho de responsa, por meu Pedrão tem uns 2ocm pica, grossa e cabeçuda!

Eu sorrindo disse: amiga, é tudo que eu estou precisando, passamos a gargalhar; após pensar um pouco disse: mais se ele for homofônico e odiar gays?

Eu nunca conversei esse tipo de assunto com Pedrão, mas ele nos sabemos que ele não é, porque ele gosta muito de você!

Eu perguntei: você tem o WhatsApp dele?

Ela: tenho!

Eu: me passa o contato, que nos vamos ficar sabendo agora!

Ela passou, eu liguei ouvindo uma voz máscula forte e autoritária, alo!

Eu: seu Wilson!

Ele: sim!

Eu: o senhor não me conhece, sou amiga de sua nora, sou conhecida como Lu.

Ele: tudo bem, meu filho, Pedro falou muito bem de você e eu queria muito conhecer e vê se seu corpo é tão lindo como ele diz, mas no que posso ajudar!

Eu: bem, é que Flora me convidou para passar o próximo fim de semana, em sua casa, eu resolvi saber se seria bem recebido!

Ele: isso vai depender, se realmente você gostosinha como ele diz, com toda certeza!

Eu: mas, como só se o senhor conferir!

Ele: então faz um vídeo pra mim nuazinha, faz!

Eu: olhei para Flora, ela mantendo o seu anonimato, fez que sim com movimento de cabeça!

Eu voltei para ele e disse: vou me montar e daqui a duas horas, faço um vídeo para você!

Ele vou ficar aguardando!

Desliguei, e Flora disse: que homens safados, o Pedro já havia falado de você para ele; cheio de elogios ao seu respeito!

Eu: minha amiga, o importante é que seu bofe, sempre me respeito, foi apenas uma gentileza!

Ela: sorrindo, completou: olha aqui sua bixa, não esqueça o filho é meu e pai é seu!

Eu: deixa de bobeira, amiga!

Vamos me ajuda a preparar para esse vídeo!

Como já havia tomado meu banho, Flora me ajudou a untar meu corpo com óleo  iluminador Corporal da Eoro da Brasil, que deixou brilhante, passou uma camada de óleo para deixar os meus cachos volumoso, sedoso e com vida; escolheu uma calcinha de renda transparente com abertura no rego da minha bundinha, que aberto dava visão total do meu cuzinho que recebeu uma camada de creme “Sweet Rose” que o deixou rosadinho; e tapa seios tipo adesivo que cobriu os mamilos dos meus peitinho.

Ligou o ventilado na velocidade máxima, fazendo os cabelo ficarem a avoaçados, devido a idade do Wilson Flora colocou o musica de  Serge Gainsbourg & Jane Birkin – Je t’aime moi non plus de 1969. Colocando o celular sobre um tripé em um local que desse a ele uma visão total da minha cama e foi para traz do aparelho onde ela poderia controlar e fez a ligação.

Surgindo Wilson, completamente sentado em cadeira de couro em tons  preto e avermelhado, com a pica dura, linda super gostosa que devido o contorno circular da chapeleta que acrescentava a sua grandeza; eu me comecei a me contorce, acariciar meu cabelos, meu rosto, meu corpo de frente e de costa ressaltando a minha bunda frente a câmera do celular.

Neste momento ele colocou virou sua câmera do seu celular para sua pica dura, colocando aquele caralho maravilho, sobre a capa de livro, intitulado: Manual do sexo anal – dicas, reflexões, prazeres e condutas do cu?   me dando o sentido do seu tamanho, porque cobriu a capa toda no sentido longitudinal, me levando a dizer: Wilson que pica enorme meu homem!

Seguindo o dialogo abaixo:

Eu: você vai suportar no cuzinho, minha Mona?

Eu: vou meu coroa, vou chorar e sofrer mas, quero essa pica toda dentro de mim, meu cu já está piscando.

Ele: deixa eu ver, deixa, deixa.

Nesta momento, eu fiquei de quatro sobre a cama; Flora trouxe o tripé com o celular para bem próximo da minha bunda eu abri a abertura da minha calcinha, expondo o meu cuzinho rosadinho , fazendo ele iniciar uma punheta até que começou a murmurar: hummm que cuzinho lindo, ele vai ser meu minha Mona?

Eu: vai sim, quero ver você gozar em homenagem a ele, vai goza, goza!

Ele: então pica pra mim, pica meu viadinho, pisca esse cuzinho, assim, assim eu vou me acabar neste cuzinho, minha bixinha, hummm, humm; aumento a velocidade da sua mão em contato com sua pica até passou a dizer: hummmm, vou gozar minha bixinha! Uuuuuuu, Uuuuuuu gostosa, gozei meu viadinho!

Assim que ele gozou, disse: esse seu cu e lindo, Lu!

Eu: coroa, sua pica também é linda!

Ele vou desligar e vou fica a sua espera na sexta a noite, meu amorzinho.

Foi quando eu perguntei a Flora: viu amiga, o seu sogro é gostoso pra caralho.

Ela: amiga, que pica é aquela, o filho dele deve tem um pouco mais que a metade do tamanho da dele e eu fico toda dolorida, e você vai aguentar  aquela trozoba toda no seu cuzinho?

Eu sorrindo disse: para isso que existe os nos gays, é para suportar as picas que você mulheres não suportam, caímos em mais gargalhada.

Durante a viagem da Região Serrana para a Região dos Lagos, Pedrão foi contando a história de sua família, que seus descendentes de holandeses e que foram os desbravadores e exploradores daquela região, desde do tempo do pau-brasil, sal e por últimos terras. Me levando a pensar: “são uns dos covardes responsáveis  pela extinção dos povos indígenas da região”.

Por volta das 22 horas a pick-up de cabine dupla do Pedrão, estacionava a frente de uma linda mansão, toda cercada por murros altos, portão alto de ferro, que se localizava em uma elevação arborizada que dava vista para uma linda praia;  que foi aberta pelo controle remoto de dentro do nosso veículo. A mansão se localizava em uma elevação arborizada que dava vista para uma linda praia; ao adentra a residência, Pedrão   Passando estacionou em uma garagem para uns 10 automóveis, cercada de um jardim bem cuidado, tendo ao lado: piscina, churrasqueira, quadra de piso de acimentado de futsal e quadra de areia para vôlei.

Foi quando eu impressionado não contive o comentário: Flora essa família não é fraca não!

A seguir surgiu caminhando em nossa direção o seu Wilson, vestindo um roupão felpudo na tom azulado, sandália de couro, passando a abraçar seu filho calorosamente, murmurando em seu ouvido: que saudade filho; Pedrão respondeu na mesma intensidade de emoções: eu também pai!

Fui convidado a conhecer o sogro cinquentão da minha amiga

Fui convidado a conhecer o sogro cinquentão da minha amiga

Deus três beijos na face da Flora, me olhou dos pés a cabeça com se fosse a primeira vez que me via, indagou: quem é essa moça linda?

Foi quando Pedrão, disse: pai essa é a Lu, nossa amiga cursinho! Para que possamos ficar mais a vontade, eu a convidei para fazer companhia a Flora enquanto nos, damos os nossos passeios. Ele me olhou mais uma vez de cima abaixo e disse: dá uma voltinha para que esse coroa possa admirar a sua beleza, minha jovem!

Como eu vestia um tope brando com uma caída sobre os meus peitinhos, deixando amostra boa parte dele na parte de baixo; mini shortinho curtinho de jeans, cintura baixa, rasgado na bainha; totalmente enterrado nas minhas nádegas; empinei a bundinha ele segurou em uma das minhas mão erguendo ao ar, me fazendo girar em torno do meu corpo, disse: minha nora, porque você demorou tanto para me apresentar essa gracinha!

Ele em seguida, apanhou a minha bagagem, pondo sobre o ombro, me dando um dos braços, disse: vamos entrar que eu vou apresentar os aposentos da minha hospede favorita, para que ela já se sinta em casa, vocês já são de casa!

Flora em tom de brincadeira, disse: é sogrão, até hoje eu era a sua preferida, pelo visto perdi o posto!

Ele se virou para ela e disse: minha nora, existe diversos modos e tipos de preferencias, pode ter certeza que a da Lu, é bem diferente da sua, cada uma é única!

Passando a fazer um tur pelos diversas ambiente: salão, escritórios e uma biblioteca com milhares de livros, os aposentos nos andares inferiores; ao chegar no dos andares e superiores da residência que dava vista para o mar, disse: vamos ficar só nos dois neste andar, para que você possa emitir todos os sons no nossos momentos de amor.

Em um tom autoritário, disse: vem cá, abraçando a minha cintura, puxando meu corpo de encontro ao seu, me suspendendo ao ar, beijando a minha boca, enquanto eu enfiava as minhas mãos pelo roupão, acariciando seu peitoral musculoso e bem desenhado e disse: Wilson você é muito gostoso, estou louco para ter você todo dentro de mim!

Como estávamos, me levou dependurado em seu corpo até o meu aposento, me pondo sobre a cama, passando a beijar meu corpo, tirando as minhas sandálias, em seguida meu shortinho passando a beijar e morde levemente as minhas nádegas, me fazendo murmurar: hummm, meu coroa gostoso, você sabe excitar uma Mona!

Assim, assim Hmmmmm gostoso!

Em seguida passou a ponta da sua língua no meu cu, me fazendo gemer Huummm, assim gostoso, chupa, chupa; com o cu completamente arreganhado.

Entramos na posição 69, eu subindo sobre o corpo maravilho daquele macho colocando a cabeça dele sobre as minhas pernas dando a ele total liberdade de língua meu cu; me dando pela primeira vez a oportunidade de toca e saborear aquela pica avermelhada, dura, grossa, cheia de artérias que lhe dava um visual de mais imponência, sendo coroada por chapeleta arredondada que mau entrava na minha boca.

Como eu estava determinado a engolir aquele membro todo, passei a engasgar, meu olhos passaram a lacrimejar; ele notando a minha ansiedade e desespero passou a força minha cabeça de encontro ao seu caralho, me deixando sem folego. Neste momento eu gemia e murmurava com dois dedos entrando e saindo do meu cu, fazendo um giro de 180 graus ao chegar nas profundezas das minhas entranhas: Aaaaaiiiiiiiiii meu cu, Wilson!

Ele me deitou ao seu lado, colocando dois travesseiros em baixo do meu corpo, deixando minha bundinha empinada, colocando em minha mão um lençol e pediu baixinho no meu ouvido, morde minha Mona! Abriu as minhas nádegas, enchendo a boca de saliva, escarrando e cuspindo uma farta quantidade de saliva no meu cu, deixando meu corpo todo arrepiado; encostou a chapeleta  apontou a chapeleta e mais uma vez, disse: relaxa Lu!

E passou adentrar, fazendo aquela trozoba abrir caminho, rompendo meu anel muscular externo e meu esfíncter, me fazendo grita de dor e prazer: AAAAIIIIIIIIII MEU CU, WILSON! QUE PICA GOSTOSA!

ESTÁ ARDENDO PRA CARALHO, HOMEM!

Ele passou a beijar e morder o meu cangote e disse: calma, Lu!

A dor vai passar, é  só você relaxar e ficar calma minha Mona!

A queimação e a dor aguda foi passando após algum tempo, voltando o meu tesão, me levando a rebolando e mordendo sua pica  com o cu, até que ele votou a penetrar minhas entranhas centímetros a centímetros, me fazendo volta a gemer e murmurar: aaaaaiiiiiiiii, hummmm gostoso!

Assim, assimmm  enterra amor!

Hummmm, tá muito gostoso meu coroa, aaaaiiiiiiiii maravilha!

Foi me invadindo até, eu sentir seu pentelhos roçar no meu rego da bunda completamente arreganhada,hummmm está tudo dentro meu amor, agora soca, essa pica gostosa neste cuzinho, soca, soca!

Ele passou a fazer um movimento de vai e vem, leve e ritmado; me fazendo gemer: hummmm, hummmm!

Vai, soca mais fundo e mais rápido meu macho: hummmmm, assim, assim,  hummmmmm, hummmmmmm!

Eu quero que você me arrombe, meu gostoso!

AAAAIIIIIIII, ASSIM, QUE DOR!

VAI, SOCA, SOCA, MAIS AAAAIIIIIIIII PUTA QUE PARIL, QUE PICA  GOSTOSA!

Wilson, estou gozando: Uhhhhhhhh, Uhhhhhhhh, Hummmm, Hummmmm!

Foi quando ele passou a socar descontroladamente, como um cavalo no cio, me fazendo, gritar como uma louca: AAAAAIIIIIIIII, WILLSON!

AAAAAIIIIIIIII ESTÁ ME ARROMBANDO TODO MEU MECHO! AAAIIIIIII!

Pelo amor de deus, homem!

Goza, Goza, Goza meu macho! Aaaaaiiiiiii meu cu está em brasa meu gostoso!

Ele gritou, minha  puta estou gozando: Uhhhhhhhhh!

Que cu gostoso!

Deixando expelir uns quatro jatos de porra no meu cu em quanto eu apertava sua pica com meu cu!

Levando seu corpo desaba sobre o meu!

Nos banhamos, e alguns momentos depois, estava eu e ele, adentrando a sala de estar onde seria servido o jantar, eu vestia camisola de cetim preta, curtinha transparente, deixando a amostra boa parte da minhas nádegas, (foto) ele vestia apenas mais um roupão, desta vez na cor branca, ambos com os cabelos molhados, sorrindo com a alegria de quem havia acabado de realizar seus desejos.

Pedrão e Flora nos esperavam sentados a mesa, um de frente para o outro com as cabeceiras com os pratos, talheres e copos postos a nossa espera; após ele sentar em seu local, com a maior cara de pau, olhou para mim, bateu em com uma das mãos em sua perna e disse: Lu vem, senta aqui!

Eu com o rosto pegando fogo de vergonha pela situação, olhei para o Pedrão com cara de safado, disse: vai Lu senta lá, pelos gritos que todos nesta casa ouviram a pouco; já sabemos que os próximos dias será uma sinfonia de Hummmm, Aaaaiiiii meu cu, Wilson!

Levando os quatros caírem em uma gargalhada!

Eu seitei no colo do seu Wilson, passamos a jantar e conversar com a pica encachada no rego da minha bunda que endurecia conforme eu lenta e disfarçadamente me movimentava e apertava ela, deixando cada vez mais dura, até que eu fingindo apanhar, mais salada, levantei do seu colo, debruçando sobre a mesa deixando meu cuzinho aberto pronto para receber a pica do seu Wilson, ele com uma das mãos oculta sob a mesa, fora dos olhares do Pedrão e Flora apontou a chapeleta no meu cu, eu fui sentado ela foi me invadindo e me dilacerando mais uma vez , a artéria do meu pescoço foi engrossando.

Flora notando o que estava acontecendo, passou a sorrir e olhando nos meus olhos; eu segurei uma de suas mãos, passando a aperta; em quanto entrava cada pedaço da pica do meu coroa, no meu cu, até que senti os seus pentelhos; escorrendo lagrimas dos meus olhos e sorrisos dos meus lábios, fiz toda a refeição com aquela pica grossa e dura dentro da minha entranhas. Até ao termino, eu tirei aquele caralho das minhas entranhas, e chamei Flora para me acompanhar até toalhete.

Assim que entramos, Flora, disse: caralho, vocês dois são malucos, foder na minha frente e do Pedro tudo bem, porque nós já conhecemos o instinto selvagem de vocês dois e já imaginavam que assim que você se conhece, séria um fim de semana de muita putaria. Mas, praticamente na frente dos serviçais!

Eu sorrindo perguntei: será que além de você, alguém percebeu?

Ela: claro, Pedro deu uns 10 pisões no meu pé com olhar e cara de safado; ele sabia que pai dele estava enterrando a pica no seu cu; e o mordomo que estava no canto da sala a espera de nos servi, ficou com pica dura, dando vários apertões a cada momento.

Eu: Flora o coroa é gostoso pra caralho, amiga! Estou com o cu todo ardido, mas, estou muito feliz!

Ela: que bom amiga, fico feliz que vocês estão felizes, será vai dá casamento!

Eu: que isso, não estou nem pensando nisso, quero me satisfazer e satisfazer esse macho maravilhoso!

Voltamos para a sala.

3201 views

Contos Eróticos Relacionados:

Minha esposa realizou minha fantasia no sítio

Hoje vou contar como minha esposa realizou minha fantasia no sítio. Antes de começar, vou contar alguns detalhes, minha esposa é uma morena de olhos verdes, com um corpo em forma de violão, muito...

LER ESTE CONTO

Sentando no pauzão do eletricista

Sentando no pauzão do eletricista, um relato real pra quem gosta de contos eróticos gays com machos dotados. Essa foda que vou contar agora, aconteceu no meu local de trabalho, o Antônio é o...

LER ESTE CONTO

O tatuador comeu minha esposa na minha frente

...Wagner era negro corpo normal e não muito alto deveria ter 1,75. Ele ofereceu seus serviços de tatuador mas na hora não quisemos. Chegando em casa após a praia estávamos conversando e comentei que gostaria que ela fizesse uma tatuagem tribal bem acima do bumbum. Que queria transar com ela assim e que eu estava com muito tesão só de imaginar.

VER

Pedi pra ser corno e ela judia demais

Pedi pra ser corno e ela judia demais - Olá pessoal! Eu e minha esposa somos casados há 14 anos, em um determinado tempo de casamento surgiu várias curiosidades e muitas delas realizamos. Hoje...

LER ESTE CONTO

4 - Comentário(s)

  • Megalopta 21/05/2024 15:08

    Será que não tem, coroa pauzudo neste site que queira comer o meu cuzinho.

  • Megalopta 27/03/2024 17:27

    A acompanhe os meus contos porque já estou com cu arregaçado de digitar com a pica do meu vizinho enterrado em minhas entranhas.

  • Megalopta 26/03/2024 17:08

    Amores, esse seu Wilson, promete me dá muito prazer ao ser penetrado por sua pica descomunal e relatar para você; e fazer vocês gozarem muito ao ler os meus relatos.

  • Megalopta 26/03/2024 17:01

    Meus amores, quero pedir desculpas pelos erros, devido o meu trabalho muitas da vezes escrevo, 'mesmo sabendo que é errado' dirigindo pelas estrada deste país, muitas frases fica faltando palavras, mas, prometo melhorar!

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 3 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude