Menu fechado

Comendo a ruiva no banheiro da balada

Fui para uma balada curtir com meus amigos e terminei comendo a ruiva no banheiro de lá. Esse é o resumo do conto que vou escrever abaixo.

Meu nome é Robson, tenho 23 anos, sou branco, alto, tatuado e moro em São Paulo.

Era sábado, alguns amigos me chamaram para ir para a balada com eles curtir, eu fui com a única pretensão de beber pois era uma balada sertaneja que eu não curto muito.

Acontece que lá tinha uma ruiva linda que eu acabei me apaixonando, ela que chegou em mim, perguntou sobre minhas tatuagens e se elas tinha algum significado, disse que amava tatuagens e isso era perceptível, assim como eu o corpo dela também era todo tatuado, inclusive o braço direito dela é fechado com tatuagens igual o meu.

Esse papo sobre tatuagens foi se alongando e nós acabamos se pegando, o beijo dela era delicioso, não só o beijo, ela toda, ela era ruiva, magrinha, tatuada, uma perfeição de mulher e assim como eu, ela não gostava muito de sertanejo, estava ali só para beber com as amigas.

Nos beijamos muito até que eu chamei ela para um canto mais reservado para sair de perto do som, esse canto era de frente para os banheiros da balada, lá deu para a gente se pegar gostoso e conversar melhor.

Comendo a ruiva no banheiro da balada

Comendo a ruiva no banheiro da balada

Certo momento começou o show de uma banda no palco da balada e aquela área que já estava com pouca gente acabou ficando sem ninguém pois todo mundo correu para ver o show, foi quando eu dei a ideia da gente entrar em um dos banheiros e aproveitar aquela noite de outro jeito, ela aceitou na hora, não precisei nem a convencê-la.

No banheiro eu coloquei ela em cima da pia, tirei a calça que ela estava vestindo, abri as pernas dela e chupei sua buceta. Ela gemia gostoso e puxava meu cabelo.

Enquanto eu estava chupando ela disse:

– Me fode vai, me fode vai!

Então parei de chupar, ela ficou de costas, apoiou uma perna por cima da pia e eu comecei a socar forte na bucetinha dela, socando e segurando em sua cintura para conseguir enfiar com força.

Naquela posição eu soquei gostoso até que ela chegou ao orgasmo e eu gozei junto, mas tirei para fora e gozei na bunda dela deixando ela toda meladinha com minha porra.

Veja abaixo outros contos de sexo:

Gozando dentro da minha buceta

Fodendo a patricinha safada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *