Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos Gay » Dei o meu cuzinho para o porteiro do prédio

Dei o meu cuzinho para o porteiro do prédio

Publicado em 22/03/2024 por Megalopta

Dei o meu cuzinho para o porteiro do prédio que me comia com os olhos desde o início da minha transição hormonal

Dona Lúcia além de ser minha mãe e minha confidente e amiga, sempre me apoio com relação a minha homossexualidade, sempre me orientando, me levando ao melhores especialista em aplicação de hormônio feminino; nossa intimidade é tanto que eu relatar a ela o tipo de homem que eu desejava para ser o meu primeiro, deveria ser: viril, bem dotado e experiente, de preferencia com mais de 30 anos, que me que ensinasse o prazer de fazer e de gozar em uma pica grande e grossa.

Ela sempre me prometer que quando chegasse na idade, ela me ajudaria encontrar esse homem e realizar os meus desejos; assim ela fez uma semana após eu completar maior idade, contratando um refugiado que iremos chama-lo de Amim, assistido por sua ONG, tipo faz tudo em manutenção e conservação, em empresas,  comércios e residenciais; que são chamados de ‘marido de aluguel’ que havia perdido a sua Mona (travesti) de 20 anos que ele trousse de seu país, passando a viver no Brasil como marido e mulher.

Com todo esse perfil, minha mãe concluiu que devido ele está solteiro e por sua educação, seria o homem ideal para minha iniciação sexual, assim aconteceu no último sábado quando ele veio ao nosso apartamento supostamente para realizar algumas manutenções elétricas e hidráulicas, comeu o meu cu, tirando as minhas pregas em uma manhã de sábado, quando a minha mãe para preserva a nossa intimidade, viajou para o cidade do Rio deixando eu e aquele macho de mais de 1.90 de altura com uma pica grande, grossa com uma chapeleta circuncisada como um cogumelo que me fez murmura, chorar e gozar: hummm, gostoso!

– Assim meu homem, aaaiiiii você me arrombando todo meu macho!

– Estou gozando meu gostoso huuuuuuu, que pica gostosa!

O que minha mãe não sabia, que sentado na portaria do nosso prédio, havia um homem, que iremos chama-lo de Joaquim, que me desejava a muitos anos, desde que inicie o meu tratamento hormonal na minha infância; ele comia o meu corpinho com os olhos como um lobo faminto, ao me ver sair ou chegar da aula de natação com minha sunguinha enterrada rego da bunda; mas, como ele e sua esposa me firam crescer mesmo que seus olhares, me deixava envaidecido, me fazendo mexer com ele com um sorriso e aquela pergunta: o que foi seu Joaquim?

Ele com um sorriso sempre respondia: Lu, assim você mata esse paraibano!

Até que um dia, quando eu já estava com meus 18 anos, bundinha empinada, peitinhos como dois limões, pernas grossinhas e roliças e cintura fina; como uma mulher com o corpo ele foi mais afoito, ao passar por mim, a caminho do elevador, me abraçou  e puxando o meu corpo para junto ao seu, possando sua mão grande e apertando a minha bundinha sob  a sunguinha de banho cavada, disse: quando eu vou meter na bundinha da minha mulher!

Eu sorrindo, disse: nunca, o senhor e dona Maria me viram crescer e são amigos da minha família, seria uma traição da minha parte!

Ele com cara de safado e hálito, de cachaça, disse: Maria e sua mãe não precisam ficar sabendo, isso será o nosso segredo!

Eu sorrindo, disse: vou pensar no seu caso e assim, quem sabe um dia!

Ele olha só como você me deixa, colocando minha mão sobre o volume de sua, me fazendo apalpar por alguns segundo, sentindo em minha mão pela primeira a grossura e a dureza de uma pica.

Uma  semana após os ocorridos nos contos anteriores, quando eu fui iniciado como passivo pelo Amim e seu socio o africano Bomani, em uma segunda-feira pela manhã, após minha sair para o seu trabalho, por volta das 10 horas, a companhia da porta da cozinha tocou, eu dei uma olhadinha pelo olho magico, era seu Joaquim.

Eu destranquei a porta, deixando só na correntinha de segurança que deixava uma abertura de uns 20 centímetros e olhando para ele perguntei: seu Joaquim, o que foi, aconteceu alguma coisa com dona Maria?

Como eu sabia que na segunda-feira era folga dele, e ele estava usando apenas um moletom largo deixando amostra um circo armado por sua pica dura, calçava um par, de como ele chama, chinela; sem camisa e segurando uma garrafa de conhaque, Domec, disse: nada, aquela santa está lá em casa!

Eu: o que o senhor que bêbedo deste jeito e com essa garrafa de bebida?

Ele: vim cobrar uma promessa!

Eu: sorrindo perguntei mesmo sabendo a resposta, que promessa?

Ele: essa bundinha!

Eu: seu Joaquim, vai para sua casa, o senhor está louco!

Ele: é isso mesmo, estou louco e se você não abrir a posta eu sentar aqui na frente da sua porta completamente nu!

Eu gargalhei e disse: ia ser engraçado, os vizinhos passando e vendo o senhor nu sentado na minha porta!

Ele: você não está acreditando, tirou moletom ficando nu, com uma pica de uns 22 cm grossa, avermelhada com uma linda chapeleta arredondada.

Eu na mesma hora, tirei a corrente da porta, puxei ele por um dos seus braços para dentro da cozinha fazendo ele deixar a garrafa cair no chão do corredor de entrada, e disse: seu Joaquim, o senhor e muito doido!

Dei o meu cuzinho para o porteiro do prédio

Dei o meu cuzinho para o porteiro do prédio

Ele: sim, estou doidinho por essa bundinha meu homem; como eu também estava completamente nu, ele segurou a minha cintura puxando meu corpo para junto ao seu, fazendo sua pica dura colar na minha barriquinha escorrendo pré gozo me deixando todo melado, passou a aperta as minhas nádegas, passando a aperta, abrir e fechar me arregando todo.

Eu já cheio de tesão, com a voz suplicando e de olhos nos seus olhos, implorei: hummm seu Joaquim, nos não podemos fazer isso, sua mulher é amiga de minha mãe, tia e até de minha avó, ela me viu crescer.

Ele sem se importar com meus receios, disse: que nada passando a beijar minha boca e sugando a minha língua, você sabe que eu sou tarado por essa bundinha empinada desde que você era bem jovem, meu sonho era tirar as suas pregas e ser seu primeiro macho.

Mas, como você e sua mãe escolheram aquele homem do Oriente Médio e o africano que foderam você no último sábado, (não sei como você com esse corpinho e essa bundinha conseguiu suporta as picas daqueles homens enormes meu homem.

Eu já entregue ao seu carinhos, disse: eles quase acabaram comigo seu Joaquim!

Ele: eu imagino, aquele africano, quando fodeu a sua mãe, quando você foi passar o carnaval no Rio de Janeiro deste ano; ela chorou e gritou tanto, que os moradores do prédio chegaram a chamar a polícia, foi o maior escândalo; agora meu homem, é a fez deste paraíba comer esse cuzinho.

Eu: não seu Joaquim, isso não pode acontecer entre eu e o senhor é grande tração e sacanagem com dona Maria, sua mulher!

Ele acariciando com movimentos circulares em torno do buraquinho do meu cu, implorava: deixa meu lusinho, deixa eu comer esse buraquinho, passando a força a entrada do seu dedo, me fazendo gemer: hummm, seu Joaquim, aaaiiiii está entrando no meu cu!

Eu passei a empinar a bundinha e murmurando: hummmm, hummmm aaaiiiii, assim, assssim, está tudo dentro!

Eu empunhei, sua pica e passei a conduzi-lo  para a cama de casal do quarto de minha mãe, empurrando seu corpo sobre o colchão e passei a analisar o corpo lindo e de macho daquele paraíba e disse: me promete que só vamos fazer isso essa vez, promete?

Ele sorrindo disse: deixa de mimimi meu viadinho, sobre encima do meu tórax, coloca essa bunda aberta na minha cara que eu quero chupar e chupa a minha pica na posição 69, vem, vem!

Eu fiz o que ele ordenou, e passei a chupar seu saco com dois bagos pesado e graúdo, sua pica dura como ferro da chapeleta até o  saco; recebendo sua língua explorar as minhas entranhas, gemendo: huuuuu que boca gostosa seu Joaquim!

Hummmm chupa, chupa meu cu!

Até que eu fiquei de quatro sobre a cama e pedi: vem seu Joaquim mete no meu cu, mete, mete!

Ele encostou a chapeleta e foi e disse: morde o travesseiro meu homem! E foi empurrando enquanto eu gritava: AAAIIIIII MEU CU SEU JOAQUIM! Fazendo a chapeleta ultrapassar o meu esfíncter do meu cu, ficando imóvel por alguns segundo e disse: calma meu homem, a dor já vai passar!

Eu passei a gemer de dor e prazer: aaaiiii, huuuuuu que dor!

Até que comecei a rebolar em sua pica e fazer movimentos de pra frente e para traz, até voltou a soca sua pica no meu cu e eu voltei a suplicar: hummmm, isso, soca seu Joaquim!

Soca no cu do seu homem, assim, assim, hummm que pica gostosa!

Ele vou aumentando a velocidade e a profundidade das estocadas, me fazendo gritar: ASSIM MEU PARAÍBA SAFADO. SOCA NO MEU CU, SOCA, SOCA!

AAAIIIIII MEU CU, VAI, ME ARROMBA TODO MEU SEU FILHO DA PUTA! AAAIIIIIII ASSIM QUE PICA MARAVILHOSA, AAAIIIII, AAAIIIIII!

Meu cu está pegando fogo, seu Joaquim, goza homem, enche o meu cu de porra, isso assim, assim!

Até que ele gritou: UHHHHHH ESTOU GOZANDO MEU VIADINHO! UHHHH! UHHHHH!

Me fazendo sentir uns três ou quatro jatos de borra nas minhas entranhas, fazendo ele cair com seu corpo encharcado de suou sobre o meu a pica toda enterrada em minha bunda. Me deixando todo ardido e mais uma vez realizado por gozar e fazer mais um macho gozar nas minhas entranhas.

Ele perguntou: gostou meu homem?

Eu sorrindo disse: dona Maria que me perdoe, mais vou querer sentir mais vezes essa pica gostosa no meu cu, passando a limpar sua pica cheia de porra, sangue e aquele azedinho da minha entranhas, fodemos até as 17 horas, na cama, no sofá, do chuveiro do banheiro da suíte da minha mãe.

Até que ela chegou, após tomar banho na sua suíte e vestir sua camisola, disse: Lu meu filho, na  próxima vez que você de essa bundinha na minha cama, vê se troca os lenções e joga um pouco de aromatizante no ar, para tira aquele cheiro de cu e pica que está no meu quarto.

Durante o jantar, ela quebrou o silencio e perguntou: eu conheço?

Eu: não interessa dona mãe!

Ela: fala filho, quem é?

Eu: a senhora não vai gostar de saber, mãe!

Ela: agora você vai ter que falar, vamos fala!

Eu: seu Joaquim!

Ela: o que o porteiro?

Eu: ele mesmo!

Ela que isso filho, ele foi amigo do seu pai quando ele era vivo, como você pode, Lu!

Eu contei tudo que havia ocorrido para ela e ela disse: vem cá, ele é como a Maria costuma afirmar em nossas conversas filho!

Mãe o homem é gostoso pra caralho, ele deve ter gozado umas quatro vezes no meu cu, na minha boca e até na minha cara!

Caímos em uma sonora gargalhada.

3391 views

Contos Eróticos Relacionados:

Me exibindo para o motoboy entregador

Meu nome é Luciana e hoje eu decidi fazer uma grande loucura, e acabei me exibindo para o motoboy entregador. Eu amo usar calcinha, sutiã, vestido e outros tipos de roupas mais confortáveis. No...

LER ESTE CONTO

Tio ensinando uma lição pra sobrinha

Tio ensinando uma lição pra sobrinha - Um conto erótico de sexo entre tio e sobrinha safada. Eu tenho uma sobrinha que mora na casa da minha mãe porque a minha irmã trabalha muito e precisa...

LER ESTE CONTO

Exibicionismo com o namorado no posto de gasolina

...Ele entrou no posto, parou em frente a bomba e abaixou o vidro, na mesma hora em que o frentista estava vindo ele se virou para o vidro e eu levantei minha saia deixando minha buceta que estava encharcada toda a mostra, mas como eu tinha levantado ela anteriormente, parecia que e minha saia era curta e que eu não estava fazendo aquilo de propósito, Ideal! Era isso que eu queria.

VER

Chegou o dia de sair com a esposa de mini saia e fio dental

Chegou o dia de sair com a esposa de mini saia e fio dental. Olá galera, quero relatar o que aconteceu comigo e minha esposa no dia que fomos visitar o porto de Itajaí s.c. Fiquei organizando esse...

LER ESTE CONTO

5 - Comentário(s)

  • Megalopta 21/05/2024 15:04

    Paulo, você me deixou cheio de tezão, vamos marcar amozinho.

  • Megalopta 16/05/2024 16:54

    Paulo, eu adoro um coroa que me fassa gozar socando no meu cu!

  • Paulo 23/04/2024 09:57

    Ki porteiro de sorte esse.Fui porteiro por anos e nunca tive essa oportunidade. Sou um coroao de São Paulo e adoro um cuzinho novinho pra comer. [email protected]

  • Megalopta 02/04/2024 17:28

    Já estou com vários contos postados neste site que irão deixar você com a pica dura e cu piscando.

  • Megalopta 26/03/2024 17:11

    As vezes, esperamos e procuramos tanto por alguém que possa realizar os nossos desejos e elas estão tão próximo de nos, seu Joaquim me surpreendeu, que pica gostosa.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 2 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude