Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos de Fetiche » Minha prima safadinha me comeu muito, fez inversão comigo!

Minha prima safadinha me comeu muito, fez inversão comigo!

Publicado em 01/08/2023 por Renata Cdzinha

O que vou relatar aqui aconteceu exatamente como vou contar, até os nomes, me chamo Claudio, me chamavam de Claudinho, quem sabe se um dia minha prima ler vai se lembrar e ficar louca de tesão. Tudo aconteceu quando eu era novinho mais não posso falar qual idade aqui. Eu tenho 3 irmãs e era o único homem da casa, além do meu pai e claro, e era o caçula, todas as minhas irmãs tinham mais idade, e como elas viviam falando do meu corpo, que eu tinha a cintura muito fina, mais fina que as delas, quadril largo e bumbum grande carnudo, além das coxas grossas elas viviam brincando comigo dizendo que era para eu ter sido a outra filha da mamãe e riam muito dando tapinhas e apertando a minha bunda direto, eu ficava todo envergonhado era muito tímido, me escondia no meu quarto.

Um dia a do meio me encontrou depois do banho na minha cama de bumbum pra cima e tascou uma mordida na minha bunda eu gritei e xinguei ela, mordeu e não largava, aproveitou que estava só eu e ela em casa, nossa fiquei muito bravo, mandei ela embora e fechei a porta, ela dizia deixa eu fazer carinho que passa maninho, desculpa eu não resisti seu bumbum pra cima, perdoa não conta para a mamãe não viu!

Olhei no espelho grande que eu tinha no quarto e nossa tinha ficado os dentes dela  na minha bunda bem nítidos e fundos, bem marcados e vermelho, foi forte a mordida da danada, eu falei está vendo ficou marca viu está doendo, ela pediu para ver, eu não queria deixar ela falou que sabia como passar, eu deixei ela entrar eu já tinha vestido a toalha e falou deita na cama que vou ver e falou nossa desculpa maninho, ficou mesmo e bem marcado, também um bumbum deste deixa a gente louca, ela buscou creme hidratante e foi passando e beijando meu bumbum, eu falava o que você está fazendo, ela dizia calma nos já fizemos muito isto quando você era bebe, e foi passando a dor. Queria dormir ai ela saiu depois de dar umas apertadinhas na minha bunda dos lados dizendo aiiiiiiiii que coisa linda esta bunda maninho!!!

Todas viviam me atiçando com estes comentários, até que um belo dia quando estava sozinho em casa, fui tomar banho e encontrei uma calcinha branca linda da minha irmã mais nova, olhei ela que estava ali em cima da tampa do cesto de roupas, ela tinha tirado a pouco tempo, ne tinha dado tempo de lavar, tinha até marca do caldinho da buceta dela na calcinha, não resisti e resolvi vestir para ver como ficava já que elas viviam dizendo que eu tinha corpo e bunda de mulher. Nossa que loucura quando olhei no espelho meu bumbum era bem maior que os delas, a calcinha enterrou todinha pra dentro, senti um tesão enorme meu pipiu ficou em riste na hora super duro, olhava no espelho e sentia um tesão enorme, fiquei assim desfilando pela casa só de calcinha enfiadinha no rabinho, fui até lá de fora no quintal ainda bem que ninguém me viu, voltei para dentro e percebi um caldinho branquinho saindo do meu pipiu e uma coisa muito gostosa eu fui sentindo até embaçando as vistas, eu gozei sem me tocar de tanto tesão!

Depois disto, ai virou uma festa, era só elas saírem e eu ficar sozinho em casa que vestia e desfila com todas as roupinhas delas, calcinha, sutiãs usava meias macias para fazer os peitinhos, aprendi a fazer até os biquinhos dos peitos que eu já tinha visto como e olhando minhas irmãs tomando banho pelo buraco da fechadura, elas nunca me viram fazer isto, então lembrava como fazer os biquinhos que eu via empinados delas, fazia direitinho igual, e aprendi a esconder meu pipiu que era pequeno e quase nem tinha pelos naquela época, escondia e parecia uma bucetinha no lugar igual as delas, nossa eu me esbaldava usando as coisas delas, usava tudo calcinhas, sutiãs, meias, vestidos, saias, blusinhas, salto alto, maquiagem, pulseiras, colares, brincos de pressão que a do meio tinha porque tinha alergia a furar a orelha, eu usava os dela era só prender ficava toda toda dentro da casa desfilando, nesta época tinha uma prima que sempre ia lá em casa de vez em quando, minha mãe até deixava chaves com ela, porque quando íamos para o sitio ela olhava para meus pais a casa, Fabiana, ela tinha uns 19 anos, linda e com um corpão de fazer inveja nas mulheres, cintura fina, coxas grossas, peitão e bundao, eu mesmo ja tinha me masturbado pensando nesta minha prima gostosa, e ai aconteceu, um belo dia que euzinha estava toda toda de menina para la e pra ca, ela chegou de surpresa e me pegou no maior flagra!

Fiquei todo sem jeito e corri e me tranquei no quarto, ela viu tudo, eu estava de calcinha, sutia com peitinhos usando um mini vestido curtinho de babadinhos da irma mais nova, de brincos, pulseiras, colar maquiagem e ate um enfeite com uma renda escura no cabelo para parecer cabelo longo de mulher, estava uma menina mesmo de batom afff e ela tinha visto tudo!

No iniciou deu bronca falando encostada na minha porta fechada, o que e isto hein priminho, voce e gay, porque estava todo de menina assim, voce e viadinho é gosta de vestir de mulher para dar o bumbum é, eu dizia que não sou não só tinha desejo de vestir as roupas delas, do tanto que elas falavam que eu parecia menina por causa das minhas curvas e da minha bunda, minha prima falava – olha elas estao certas eu tambem sempre achei sto, voce tem um corpo lindo e um bumbum que da inveja na gente. Eu pedia, implorava para ela não contar nada para ninguem que eu iria parar com aquilo, ela falou para a minha surpresa, não vou contar nada não, fica tranquilo e voce pode continuar se voce gosta de vestir as roupas delas, só toma cuidado viu, para que o seu pai ou sua mae te verem voce vai tomar uma surra daquelas voce sabe ne, eu disse que sabia sim, e que se fizesse tomaria muito cuidado de novo.

Antes de ir embora ela disse – nao vou falar mais voce tera que fazer algo por mim, esta bem, eu disse sim, naquela hora faria qualquer coisa para ela nao contar, indo embora disse perto da porta fechada mais dava para ouvir muito bem – aguarde que te falo e continua sim porque voce ficou linda de menina, nossa nem parecia menino, uma menina mesmo beijos xau priminha linda bjssss! E foi embora, fiquei apavorada, esperei um pouco para ver se ela tinha ido mesmo, quando abri a porta do quarto a danadinha tinha se escondido na cozinha e me deu o maior susto, rindo falou, priminha voce esta linda de menina eu tinha que ver de perto, me levou para a sala eu morrendo de vergonha, me tranquilizou me olhando sem parar com uma carinha sem vergonha, ficou sentada em uma cadeira e me fez dar umas voltinhas para ela ver como fiquei, ela dizia – hummmm que delicia esta sua boquinha carnuda de batom, mais bonita que a minha sua danada e este bumbunzão priminha hein!

Concordo com suas irmas voce devia ter vindo menina, você tem corpo de mulher voce fica muito gostosa assim, levantou da cadeira e me abraçou por trás rocando a perereca no meu bumbum, afastou e foi levantando o mini vestido de malha de babadinhos pretinho, quando viu a calcinha toda enfiadinha no meu bumbum, ficou louca, aiiiiii priminha que delicia que ficou em voce, nossa eu vou até embora logo senão vou te agarrar aqui agora mesmo, ficou apertando meu bumbum e passando a mao na minha bunda e por cima da calcinha enterrada, me lembro que aquilo me deixou excitado, meu pipiu que era pequeno ficou durinho dentro da calcinha, mais se aproveitou colou de novo em mim como se quisesse me comer ali com a xaninha dela esfregando na minha bunda, me forcava contra ela, ai falou aiiiiii que loucura vou embora para voce se trocar to subindo pelas paredes, naquela epoca eu nem sabia o que era aquilo rsrsrs.

Deu uma mordidinha de leve e uns tapinhas no meu bumbum abaixou o meu mini vestido e foi embora mesmo, dizendo – priminha continua vestindo tudo mesmo viu, voce fica linda e muito gostosa de menina, não deixaria meu namorado te ver de jeito nenhum assim, nao entendi porque, so depois mais tarde fui entender o que ela falou, mandou beijos e se foi dizendo que me falava depois o que ela queria que eu fizesse para ela. Eu fui la e fechei tudo na porta da cozinha e da sala e fui tirar a roupa de mulher, tirei tudo e fui tomar banho, e vi que tinha que vestir roupas e camiseta porque estava todo cheio de marquinhas na pele da calcinha e do sutia, fiquei muitas horas montadinha da nisto mesmo. Corri e me troquei colocando as roupas de menino, arrumei a casa, tirei batom e a maquiagem, tive que tomar banho

porque tinha batom da boca da minha prima no meu corpo, rosto, e ate na bunda tinha batom dela, terminei e fiquei deitadinho nos sofa vendo tv como se nada tivesse acontecido, so esqueci de colocar a calcinha no lugar, minha irma chegou e ficou perguntando depois para as outras e minha mae que nao achava a calcinha dela para lavar que tinha deixado em cima do cesto, me lembrei que puz no tanque fingindo ir pegar umas meias minhas falei – tem umas roupas ali no tanque maninha, ela foi la e achou dizendo – quem pos minha calcinha ai foi você? Eu disse eu não porque iria pegar calcinha sua eu uso cueca, ela rindo falou mais queria ate ver mae ele com este bundão de calcinha deve ficar lindo rindo corri atras dela ela caiu no sofa rindo, minha falou para pararmos que era hora de jantar, depois fiquei lembrando não é que ela adivinhou que eu usava mesmo rsrsrs e de todas elas, mais usava tudo mesmo, gostava muito de usar da irma mais velha que namorava a muito tempo tinha umas lindas fio dental, cavadinhas eu adorava e usava todas!

Minha prima safadinha me comeu muito, fez inversão comigo!

Minha prima safadinha me comeu muito, fez inversão comigo!

Passados alguns dias minha prima Fabiana, vinha nos visitar e me olhava sempre com aquela carinha safada, dizia para a minha mae e irmas na cozinha conversando – sabe o que podemos fazer com o nosso priminho no carnaval, vestir ela de menina, deve ficar linda com estas curvas que ele tem este bundão e riam fiquei com medo dela contar tudo, mais só estava brincando, eu com vergonha fui para a sala, minha mae falou – veja o que elas estao tramando para voce meu filho, querem fazer voce virar menina, ele é macho suas bobas, bate nelas eu deixo elas riam muito e minha irmas que ja viviam pegando no meu pe, aticaram mais ainda – nossa ja pensou ele de calcinha , sutia e de vestidinho com uma peruca de batom e maquiagem, ninguem iria desconfiar ne mae, falamos pra todos que é nossa priminha que veio nos visitar, ele tem coxas grossas todo lisinho igual a gente, cintura fina e bumbum enorme redondinho, maior ate que o da gente, os meninos iriam ficar loucos, e falei – parem com isto, falei mae fala para elas pararem (Na verdade estava amando elas falarem). Depois mais tarde, minha prima veio falar comigo a sos e disse quero que na outra semana voce vai la em casa, eu disse para que? Ela disse surpresa e voce me deve isto hein ja viu né, sim falei eu vou sim pode deixar.

Na semana combinada, falei pra minha mae, que como minha prima estava sozinha em casa, a familia dela tinha viajado todos para uma fazenda de parentes em outro estado e demorariam uns 10 dias para voltar e ela tinha me chamado para passar uns dias com ela, e o namorado dela que era representante comercial iria demorar pois estava em viagens para o nordeste, para nao ficar sozinha la, eles tinham tv grande e video dvd para ver filmes eu adorava, sem desconfiar de nada me mae deixou e falou nao dorme muito tarde que voce tem escola, arruma suas coisas e pode ir, não e bom para ela ficar sozinha não. Minhas irmas não perdiam a oportunidade e rindo falavam – ixxxaaa mãe a Fabiana é meio doidinha, ela vai agarrar ele la, morder nesta bunda grande dele eu corria atras delas para dar uma tapas, mais era elas que se aproveitavam e davam tapas na minha bunda. Fica mostrando esta bundona lá que vai voltar toda mordida e riam e corriam de mim, minha mae dava bronca, parem deixem de implicar com o Claudinho meninas!

Fui para a casa da Fabiana, uma casa muito grande eles eram bem de situação, tinham dinheiro, cheguei la depois do almoco, ela me olhou, ela estava linda com um mini vestido branco coladinho que deixava suas curvas bem pronunciadas, e uma calcinha fio aparecendo por baixo e sem sutia com os biquinhos querendo furar a roupa, eu ate desviava o olhar de timidez, e ela com uma cara de sem vergonha dizendo – bem vindo priminha, fiquei sem jeito ela rindo falou estamos sozinhos eu posso falar ne priminha é o nosso segredinho, so depois anos mais tarde eu fui lembrar do jeito e das expressoes dela de como ela estava taradinha por mim, me levou ate o meu quarto, arrumou minhas coisas lá, fez comida para nos uma delicia ela cozinhava muito bem, depois do jantar fomos ver tv ai ela me falou do pedido dela, eu falei entao o que voce quer que eu faça pra voce por não ter contado nada? Ela me olhando falou – voce vai adorar e eu também! Fiquei sem entender o que poderia ser?

Ela pegou na minha mão e me levou até o quarto dela, nossa era enorme com cama de casal e ate closed, eu quero que voce se vista todinha para mim e desfile de menina, tem tudo ai para voce se arrumar, te deixo sozinho para voce fazer do jeito que quiser, eu tentei recusar, ela foi direta – voce não quer que o nosso segredinho ficou guardado então faça como estou te falando ta bom, obedeci para não piorar a minha situação, concordei ela me explicou onde estava tudo e como eu tinha estatura mediana quase da mesma altura dela, dariam certo as roupas dela em mim, porque ela tinha mais corpo e mais bunda que a minha irma mais velha, e todas as roupas da minha irma mais velha ficavam otimas em mim, ela completou – tem uma surpresa que consegui emprestada para voce usar esta dentro do guarda-roupa voce vai adorar! Fiquei curioso o que seria, ela falou que ficaria esperando na sala, quando eu estive prontinha de menina me falasse, ela iria tomar um banho e pediu que eu tambem tomasse para ficar perfumada para ela ver, o quarto dela era uma suite tinha ate banheira, se quisesse passar creme hidratante tinha no banheiro, eu ja usava muito os das minhas irmas, euzinha acabava com eles depois elas ficavam brigando uma com a outra e eu fingia que não sabia de nada.

Fechei a porta trancando mesmo para ficar mais a vontade, entrei no chuveiro tomei um banho gostoso e sai toda limpinha e cheirosa do tanto de shampoos e cremes que tinham ali no banheiro, passei creme hidratante no meu corpo inteiro, nossssaaaa que delicia tinha tudo ali, sapatos aos montes davam certinho em mim experimentei varios, ela falava da sala – to so ouvindo os tocs tocs sua danadinha, eu achava bom, achei uma mini saia floral linda e um conjunto de calcinha e sutia branquinhos, estava toda macia do creme, querendo virar menina logo fui vestindo tudo, fiz peitinhos com umas meias macias, igualzinho ate os biquinhos rsrsrs, vesti calcinha e sutia (mesmo novinha aprendi a esconder meu pipiu, fica parecendo uma perereca ali rsrs) e por cima uma blusinha curtinha que achei dela branca, ela ansiosa me chamava – vem logo quero ver minha priminha gostosa desfilando para mim, eu dizia espera eu ja vou calma, eu estava excitadinha com aquela situação de desfilar para a minha prima gostosa boazuda mesma, achei pulseiras, brincos, e que lindo a surpresa que ela falou era uma peruca de cabelos longos cacheados, ameiiii me aprontei toda maquiada, batom brilho salto alto, coloquei a peruca com jeitinho e affff nossa nem parecia que era eu, fiquei uma menina mesmo perfeita virava pro espelho e aquele bundao meu pronunciado na mini saia, pensei sera que ela vai gostar?

Como ela já tinha me flagrado mesmo eu estava até tranquila e excitadinha em me mostrar todinha para ela daquele jeito ali toda femea. Ela chamando vem priminha vem logo amor, hummmm as falas dela foi me soltando todinha, abri a porta e pedi para ela fechar os olhos que eu estava indo,cheguei toda rebolando eu adorava usar salto alto, fui chegando toda femea perto dela sentada nas pernas no sofa da sala segurando umas almofadas, a calcinha dela estava mostra olhei e vi que ela deixou de proposito para eu ver, falei pode abrir agora, ela ao me ver ficou sem fala, so olhava com uma cara sapeka eu perguntei nao gostou, ela falou – nossa estou perplexa voce é uma mulher mesmo priminha, eu poderia sair junto com voce para passear como menina sem problemas voce esta linda, desfila para mim quero ver vira o bumbum, virei ela suspirou aiiiiii que delicia priminha, por isto suas irmas pegam no seu pé, voce é muito gostosa menina, os meninos da sua escola se te vissem assim ficariam loucos por voce, eu com medo disse – isto não eles não podem saber de nada não viu, ela me tranquilizou, – estou brincando priminha, é o nosso segredinho lembra, desfilei para ela indo e vindo na direção dela, ela levou a mão no meio da pernas dela, eu nem sabia o que ela estava fazendo com a mão ali na xana dela, ficou esfregando passando a mão lá enquanto pedia para eu desfilar na sala pertinho dela, fui chegando e virei o bumbum quase na cara dela, ela pediu – sobe a mini saia para mim sobe quero ver a calcinha enfiada neste seu bumbum redondinho priminha, fiz fui subindo a mini saia quando ela viu a calcinha toda atoladinha pra dentro nossssa suspirou – hummmmmm que delicia que tesão, e passava a mao no meu bumbum dava apertadinhas e gemia muito até que deu gemido alto forte apertando meu bumbum, olhei e ela ficou molinha molinha, toda suadinha transpirando toda, aiiiii priminha que delicia gozeiiiiiii muitoooo que delicia, eu na hora ali não entendia como não sabia ainda de gozo feminino estas coisas.

Me puxou para ela de quatro para ela e foi beijando minha bunda passando a lingua, dando mordidinhas, eu fiquei todinha arrepiada, ela adorouuuuu hummmm safadinha voce gosta ne, puxou a calcinha pro ladinho e fez algo que nem imaginava que era tão maravilhoso, hummmmm que delicia na hora que ela tocou com a lingua meu cuzinho virgem, aiiiiiii via estrelas que coisa gostosa, ela ficou ali me chupando beijando com a cara enfiada no meio da minha bunda um tempão ate que gemendo forte de novo com uma das maozinhas dela la no meio das pernas dela quase deu um grito de senti o corpo dela todo tremulo, suando muito todinha pingando de suor, senti que tinha saido caldinho do meu pipiu mesmo sem toca-lo, ela deu uma escorada no sofa para trás me soltando um pouquinho, tinha deixado minha bunda toda meladinha dos beijos e da lingua dela, lá então no meu cuzinho todo molhadinho do tanto que ela chupou ele, a calcinha já tinha voltado para dentro dele de novo toda meladinha da boca dela.

Depois de se recuperar de novo, disse priminha quero fazer um negocio com voce me espera aqui deitada no sofa de bumbum para cima do jeito que voce esta, me beijou na boca bem gostoso, me ensinou a beijar ate de lingua, adoreiiiiii, chegou com uma cenoura media na mão, devia ter uns 15 cm por uns 4 cm de grossura, falou esta lavadinha, eu falei – é para mim comer adoro cenouras, ela rindo disse é para voce comer, mais não com esta boca de cima, não entendi nada, ela deixou a cenoura no braço do sofá e deitou em cima de mim depois de tirar toda a sua roupa dizendo que estava morrendo de calor, toda suadinha, senti ela toda molhadinha deitando em cima de mim, tinha um triangulo de pelos na bucetinha, igual das minhas irmãs que eu ja tinha visto pelo buraco da fechadura do banheiro, ela deitou com a xana bem em cima da minha bunda e começou a esfregar a roçar aqueles pelinhos no meu bumbum, puxou a calcinha pro ladinho de novo e pedia abre a bundinha para mim priminha abre vai, eu abria ela forçava a buceta contra meu cuzinho, sentia os pelos da buceta dela roçando meu anelzinho molhado da boca dela, hummmm que sensação boa era demais, ficou ali um tempão como se estivesse querendo enfiar a buceta dela no meu cuzinho, e forçava muito fazendo vai e vem gemendo até que gemeu alto de novo e dando um urrooo e ficou molinha de novo, mordeu minha nuca eu gritei aiiiiiiiii doeu viu, deu beijinhos pedindo desculpa, e não parava de forçar a xana dela na minha bunda ai ela pegou a cenoura pos na minha boca e disse – chupa esta cenoura, eu não sabia como, ela mostrando colocando na boca dela dizia – como se estivesse chupando um sorvete assim olha engolia toda e passava a lingua e chupava, eu disse – ta bem deixa eu tentar, pus na boca nossa era grossa minha boquinha era pequena, engolia e chupava do jeito que ela falou, ela olhava com tesão mordendo a boca, depois de eu chupar bastante deixando toda molhada a cenoura ela pegou ela da minha boca, eu perguntei – o que voce vai fazer com ela?

Ela com jeitinho dizia espera que voce ja vai ver priminha vou te comer todinha com ela, levantou um pouco o corpo dela de cima de mim, com jeitinho pedia abre o bumbum para mim abre, eu abri ela foi tentando enfiar aquela cenoura no meu cuzinho, gritei aiiii ta doendo prima, não quero nao brincar disto mais não, ela falou espera aqui do jeito que voce esta, foi lá no quarto e voltou com creme hidratante e passou na cenoura e tascou com o dedo cheio de creminho no meu cuzinho tambem, hummmm que delicia, ela enfiava um dedo, tirava e enfiava hummm estava bom demais aquilo, depois colocou 2 dedinhos e entrava lá dentro doendo so um pouquinho, ja estava mais gostoso, então ela veio com a cenoura e foi colocando devagar e pedia para ela por devagar para não doer, entrou um pouquinho mais não doeu tanto mais, ela pedia relaxa priminha que voce vai gostar, e quando eu vi estava quase toda dentro do meu cuzinho a cenoura, ela super excitada gemia de tesão sobre mim, encaixou a outra ponta da cenoura na bucetinha dela e ia forçando para entrar mais e ficou assim indo e vindo gemendo e aumentando as forçadas na minha bunda eu sentia a cenoura entrando e saindo, quando meu cuzinho queria expulsar ela, ela enfiava a buceta com tudo na cenoura enfiando ela toda no meu cuzinho, até que gemendo feito louca me arranhando todinha com as unhas nas minhas costas, gemeu muito forte e alto e ficou sem folego soltando o corpo em cima de mim, eu qe delicia tinha soltado leitinho tambem minha calcinha estava toda meladinha.

Ficou por uma meia hora ali em cima de mim deitada, ate que resolveu se levantar me beijando todinha e disse – vem priminha linda que me deu muito prazer, vem comigo tomar banho vem, no banho me chupou todinha, e ate fez comigo o que fiz com a cenoura chupando meu pipiu durinho ate que soltei caldinho dentro da boca dela, hummmm que delicia eu tambem tinha gozado gostoso demais com ela, fui explorada de tudo que é jeito nos dias que fiquei ali na casa dela, me ensinou a chupar a rachinha dela os peitos dela e me vesti de todo jeito para ela ali, ela me comeu de todas as formas possiveis e imaginaveis, aprendi muito com ela, tirou meu cabacinho rsrsrs, das outras vezes que fui para a casa dela ela arrumou peruca de cabelos longos morena e me montava todinha para ela comer a taradinha, até hoje quando nos encontramos que temos nossas familias ela me olha com carinha safada rindo e fala – e o nosso segredinho priminha falando no meu ouvido e rindo, me alivio de vez em quando pensando naqueles dias lá na minha casa com você viu ate hoj, e você continua a se montar porque deveria você teve um bumbum de deixar a gente louca! Eu finjo que não entendo mais ainda tenho vontade, mais não podemos mais.

Posto fotos parecidas com as daquela epoca e outras novas também, espero que gostem do conto que na verdade é um relato puro e verdadeiro do que aconteceu entre eu minhas irmas e esta prima safadinha, que me iniciou e deu força para eu continuar a me transformar em menina mesmo que escondida!

5858 views

Contos Eróticos Relacionados:

Virei churrasqueiro para assistir minha esposa com outro

Virei churrasqueiro para assistir minha esposa com outro - Depois que minha esposa me confidenciou que tinha transado com outro, minha vida se resume em felicidades, e desde esse dia minha vida mudou...

LER ESTE CONTO

Com tanta provocação acabei cedendo

No caminho de casa para o trabalho que faço a pé, ida e volta, passo por uma vila aqui em Salvador, casinhas iguais pinturas diferentes e berrantes. No portão de uma delas um homem de meia idade...

LER ESTE CONTO

O tatuador comeu minha esposa na minha frente

...Wagner era negro corpo normal e não muito alto deveria ter 1,75. Ele ofereceu seus serviços de tatuador mas na hora não quisemos. Chegando em casa após a praia estávamos conversando e comentei que gostaria que ela fizesse uma tatuagem tribal bem acima do bumbum. Que queria transar com ela assim e que eu estava com muito tesão só de imaginar.

VER

Zilda dando aula a sua prima Bete de como tornar o marido corno

Olá como já contei anteriormente minha esposa chama-se Zilda e com suas manhãs me incentivou a fazer inversão com ela e depois dá primeira vez foi cada vez mais me fazendo atender seus desejos e...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 4 + 2 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude