Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » Mostrando a minha cobiçada e desejada boceta no bar dançante

Mostrando a minha cobiçada e desejada boceta no bar dançante

Publicado em 12/07/2023 por Mariane Marin

Não é todo final de semana ou feriados prolongados, que posso estar com meu marido, que por ele ser arrai, piloto de barco, nesses períodos, ele tem tem que pilotar o barco do patrão dele e dessa forma, ele foca de três a quatro dias fora. Eu aproveito para curtir as noites aqui de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, e nesse final de semana, na sexta feira a noite, acabei saindo com a minha amiga Ruiva Malévola. A chamos de Ruiva Malévola, porque ela é uma ruiva linda, mas que gosta de fazer maldades com os homens, tipo fazer torniquetes, nos paus deles.

Ela tem 41 anos idade, separada, muito linda, cabelos ruivos e longos, 1.65 de altura, 68 kg como eu, um bundão e uma boceta bem peludona, seios enormes, além de ter os olhos azuis, muito linda ela. Combinamos que sairíamos naquela noite de sexta feira, deste fim de semana. Como fazia um pouco de frio e chovia, ela decidiu calçar um par de botas não longas até os joelhos na cor preta, micro vestido branco que deixa aparecer a bundona, calcinha fio dental branca, por cima um casaco preto com comprimento até os joelhos, estava linda.

Por minha vez, coloquei uma meia arrastão até as dobras da minha bundona, calcei um par de skarpin preto com salto sete e meio, não vesti calcinha, coloquei sob o meu corpo um casaco com botões do tio de lã grossa, antes, hidratei muito o meu corpo com um delicioso creme das pontas dos dedos dos pés até a minha testa. Me desodorizei, aspergi o meu inseparável perfume Carolina Herrera, passei meu batom vermelho, combinando co a cor do esmalte das unhas das mãos e dos pés. Dei uma batida nos meus cabelos encaracolados castanhos, peguei minha bolsa, meu celular, a chave do meu carro e apanhá-la.

Ao chegar em frente ao seu prédio, a vi me esperando e pude ver como era curto o seu vestidinho por baixo do seu casaco. Após darmos nossos beijinhos, falei para ela que estava sem calcinha. Na hora, ela colocou a sua mão esquerda, no meio das minhas pernas, me fez uma carícia gostosa na minha boceta e decidiu tirar a sua calcinha fio dental branca. Sem calcinhas, nos dirigimos para o bar e restaurante dançante que é muito frequentado por turistas e fica localizado na orla marítima aqui de Ubatuba. Quando chegamos, descemos do meu carro, foi um escândalo, os homens e mulheres que também chegavam, ficaram boquiabertos ao nos verem quase nuas. Entramos na casa e um garçom nos levou a uma mesa localizada em um piso mais elevado e quem estivesse em outras mesas ou na pista de dança, poderia nos ver com facilidade.

Eu pedi duas garrafas de cerveja Baden Baden com teor alcoolico bem forte e uma porção de camarão. Passamos a dançar ao som de deliciosos e devassos funks, com os homens nas mesas e na pista com acompanhantes, namoradas, noivas e esposas, nos olhando disfarçadamente. Log a cerveja começou a fazer efeito e nós duas, eu e a minha amiga Ruiva Malévola, nos abraçávamos, dançávamos enfiando uma pernas nas pernas da outro, nos beijávamos e os caras, babavam de tesão por nós duas. Eles nos viam nuas, com as nossas bocetas abrindo e fechando, conforme dançávamos e nos abaixávamos. O clima era de tesão total, muita devassidão e a casa lotada nos propiciava tudo isso.

Mostrando a minha cobiçada e desejada boceta no bar dançante

Mostrando a minha cobiçada e desejada boceta no bar dançante

Eu sentia a minha boceta babar de desejos como a amiga Ruiva Malévola, também! Por volta da meia noite um coroa a chamou para a mesa ao lado e ela foi, logo a vi de cócoras chupando o pau do coroa para depois, ela se sentar na poltrona de pernas abertas, escanadas para ele a chupar na boceta. Não demorou, um coroa me fez sinal, srriu, era um moreno claro, dos seus sessenta anos, alto, de corpo bem cuidado, elegante, eu fui pra mesa dele. De cara ele me beijou na boca com gosto de uísque e sentando na poltrona da sua mesa, ele ergueu meu casacão, me beijou na minha enorme bunda bem malhada e dura, passou a lingua no meu rego, tocou a entrada do meu cu e lambeu gostoso. Nós não podíamos sermos vistos vistos porque estávamos em um piso acima.

Em seguida, ele me virou de frente, eu coloquei o pé direito sob a poltrona, encostei a minha boceta já melada na boca dele e ele passou a me chupar muito gostoso. Ele chupava o meu grelo com força, amo ser sugada no grelo com força. Ele me chupava a boceta, abraçado a minha bunda, me enfiando dois dedos no meu cu até o talo, eu morri de tesão com ele me fazendo ter orgasmos múltiplos, eu gozei treês vezes na boca do cora, ele me chupou muito, enquanto eu dançava ao som dos funks bem pervertidos. Quando olhei pra trás, vi a minha amiga Ruiva Malévola sentada e cavalgando o pau do codela e isso, me levou a fazer o mesmo com o coroa.

SaI Co a boceta da sua boca, fiquei de cócoras entre as suas pernas, com ele sentado na poltrona, desafivelei o seu cinto, abri a sua calça, desci o zíper, tirei o seu belo pau pra fora e passei a chupá-lo. O chupei muito, enquanto minha amiga fodia com o coroa e as pessoas se aglomeravam na pista dançando. Quando senti que ele poderia gozar com as minha chupadas, massageei as suas bolas para acalma-lo e sentei com as pernas abertas no seu pau, que delicia. Ali, dentro da casa noturna eu sentava na bela rola do coroa que devia ter uns 18 centímetros de comprimento e era bem grossa. Eu o cavalguei com ele chupando meus seios deliciosamente, mesmo com ele tendo tomado cialis com uísque, ela estava pra gozar e me puxando ele gritou no meu ouvido ”Quero meter no seu cu!”

Nesse momento, saí com a minha arregaçada boceta do seu, fiquei em pé, de costas e segurando o seu pau, fui sentando e encostando a cabeça do cacete na entrada do meu cu, que delicia, adoro dar o cu pra coroa. Fui sentando até entrar toda aquela rola no meu cu e no meu reto, abrindo os meus esfincters. Eu estava quicando com o meu cu engolindo o seu cacete por inteiro quando a minha linda amiga Ruiva Malévola, se aproximou ma falando que o cora dela, tinha gozado e quase caindo morto. Em seguida ela ficou de cócoras ens pernas do coroa que estava sentado na poltrona e enquanto eu subia e descia com o meu cu no pau dele, ela passou a me chupar a boceta com tesão e muita vontade, eu e ela somos bi.

Ela me chupava cm força a boceta e ainda me dava fortes tapas na cara me xingando de pua, enquando o coroa me espetava o cu com o seu pau. Teve um momento que a Ruiva veio por cima, encaixou a sua boceta junto da minha e tirou o pau do coroa do meu cu e enfiou na sa boceta, já tínhamos feito isso com outros caras e por fim, quando o coroa gritou que ia gozar, eu ela, nos agachamos uma do lado da outra e recebemos toada porra nas nossas bocas. Com as bocas cheias e meladas de porra, nos beijamos e em seguida, tomamos cerveja, o coroa pagou nossas contas e como já era quatro da manhã fomos embora, ela foi dormir comigo.

E na minha cama, em casa, fizemos um gostoso 69, abocando as nossas bocetas muito meladas e gozamos muito. A mamãe tinha passado a noite fodendo com um garoto de 18 anos, ela tem 56 anos, e minha filha de 22 anos, tinha dormido na casa do namorado. OB: antes de sair nessa noite, eu gravei um video caseiro produzida para sair com a minha amiga. Se você quiser recebe-lo, comente aqui de forma sacana, me manda mensagem dizendo o nome do título deste conto para o meu Skype: mariane marin e eu te mandarei o vídeo. Beijos nas cabeças dos paus.

2375 views

Contos Eróticos Relacionados:

Iniciando um virgem

Iniciando um virgem (evangélico) – Trabalho numa empresa de pescado (Q) e lá conheci um amigo vamos chamá-lo de Eliseu, ele trabalhava no setor de suprimentos/compras, Eliseu era evangélico e...

LER ESTE CONTO

Me conhecendo com meus amigos de escola – Parte 2 (boquete prometido)

Depois do ocorrido no conto 1, ( dá uma lida para entender ) minha mãe desceu, nos arrumamos e sentamos no sofá. Tom – Japa, eu não ia falar, mas você fez gostoso pra caramba, queria ter...

LER ESTE CONTO

Com as mãos machucadas acabei comendo a enfermeira

- Lava devagar tia, meu saco ta doendo muito! -Vamos fazer o seguinte, eu vou dar uma ajudinha pra você, não precisa ficar com vergonha, vai ficar entre a gente tá! Eu sei que você ta com vergonha, mas na sua idade é normal, e você precisa soltar o que tem aí dentro pra não fazer mal pra sua saúde tá bom!

VER

Quero transar agora (masturbação feminina)

Quero transar agora O que eu faço? Estou doida, desesperada pra transar, é tarde, 15h, um super sol! Sou branca, tenho 1,80 de altura, gostosa pra caramba - pernão, bundão, cinturinha,...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude