Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Porno » Como minha mulher ficou viciada em sexo em grupo

Como minha mulher ficou viciada em sexo em grupo

Publicado em 31/10/2023 por BIOSAFADORO

No ano passado teve uma festa a fantasia, aqui na nossa cidade, minha esposa Natalia colocou uma fantasia de anjinha, com um vestidinho bem curto e assas, até aparecia a polpa da bunda dela, os peitos quase saindo para fora, uma verdadeira anjinha safada, eu fui de padre, chegamos na festa as 21 horas, o local era muito grande e todo decorado, estava lotado, muita bebida e comida, som com banda e DJ.

Bebemos muitos drinques temáticos e varias tequilas, quando foi por volta das 02 horas da manha, minha esposa me puxou para um canto no salão que estava meio escuro, me beija, pegando no meu pau e falou no meu ouvido:

Natalia – Amor estou com tanto tesão, quero dar! Vamos arrumar um lugar para transar!

Meu pau endurou na hora, ela foi e se sentou em uma mesa próxima do lugar que estávamos, eu fui pegar mais uma bebida e verificar se achava um lugar para transarmos, foi quando eu vi um casal saindo meio atordoados de um lugar que ficava atrás do deposito onde eles guardavam os equipamentos, entrei no lugar era grande, com várias cadeiras e tablados e vi também num canto um casal e um cara fumando maconha, pensei ali seria o local perfeito, escuro e ninguém iria nos incomodar, voltei para mesa e falei para ela que tinha achado um lugar escuro, mas tinha umas 3 pessoas fumando maconha, Natalia estava doida de tesão e já foi me puxando, perguntando onde era.

Entramos e fomos em direção ao canto oposto do pessoal fumando, mal tinhamos chegado lá, Natalia já agachou, colocou meu pau para fora e começou a chupar, parecia uma puta safada, engasgava e babava no meu pau, depois de uns 5 minutos ele se apoiou num tablado e mandou eu comer ela por trás, estava uma delicia, a cada estocada que eu dava ela gemia e pedia mais, ficamos assim por quase 10 minutos, até que não aguentei mais e gozei alucinadamente, enchendo a buceta dela de porra quente e grossa.

Quando tirei meu pau, a porra estava escorrendo pelas pernas dela, fomos no banheiro nos limpar e voltamos para a festa realizados, continuamos bebendo e dançando até por volta das 4 da manhã, foi quando avisaram que a festa iria acabar devido a autorização, como nos já estávamos muito bêbados, resolvemos pedir um carro de aplicativo, para ir para casa, mas os motoristas ficavam recusando, a Natalia mal conseguia ficar em pé e estava doida para ir embora, foi quando um dos seguranças da festa falou que era melhor a gente ir embora logo, pois ali era meio perigoso depois que todos fossem embora, falei que estávamos de carro, mas não tínhamos condições de dirigir e o aplicativo ficava recusando as corridas.

O segurança vendo nossa situação, se ofereceu em levar a gente embora no nosso carro, mas teríamos que pagar o táxi dele, aceitei e fomos em direção ao nosso carro, perguntei seu nome ele falou que era Ivan, chegando no carro coloquei a Natalia no banco de trás e fui na frente com o Ivan, demoramos quase 1 hora para chegar em casa, nesse meio tempo Natalia ficava falando besteiras e rindo até das musicas que tocava no som, falando que era tudo musica de corno, pois só falavam de sofrência e acabou dormindo.

Quando chegamos em casa, pedi para o Ivan estacionar o carro na garagem e me ajudar a levar a Natalia para dentro, quando entramos em casa ela meio que acordou e mandou largar ela e foi tirando a roupa ficando pelada e indo em direção ao nosso quarto, Ivan levou um susto e ficou meio desconcertado com a situação, pedi para ele aguardar um pouco e fio no quarto ver como ela estava, Natalia estava pelada ajoelhada no vaso colocando tudo para fora, segurei o cabelo dela e esperei ela melhorar um pouco e deixei ela deitada na cama, depois voltai para a sala e agradeci ao Ivan e dei duzentos reais para ele pagar o Táxi.

Antes de sair Ivan pediu se poderia usar o banheiro, respondi que poderia usar o banheiro que ficava no corredor, fui na cozinha beber um copo de água e depois para meu quarto ver como a Natalia estava, quando entrei ela não estava mais na cama, imaginei que estaria no banheiro passando mal, mas ou entrar no banheiro vi que não estava, sai do quarto e ainda no corredor escutei:

Natalia – Vai FDP! mete esse cacetão no meu cuzinho!

Quando abri a porta do banheiro do corredor a Natalia estava de quatro e o Ivan estava colocando a cabeça do cacetão dele no cú da minha esposa, ela deu um grito alto, serrou os dentes, abraçou o vaso e começou a gemer, com o pauzão dele inteiro no cú, Ivan fingia que eu nem estava ali, ficou metendo como um animal no cio, no cuzinho da minha amada esposa, ele com certeza estourou varias pregas dela com aquele pauzão grande e grosso, bem maior que o meu e olha que o meu tem uns 20 cm, ela pedia pra ele parar um pouco, mas ele estava insaciável e não parava, então ela falou:

Natalia – Amor ele esta me arrombando!

Ivan metia tudo de uma vez e começou a bombar forte, ela gozava uma atrás da outra, ficaram lá assim umas 20 minutos, quando ele finalmente gozou, foi tirando o pauzão do cuzinho dela, mostrando o estrago que tinha deixado, ele vestiu as calças, pediu desculpas e foi embora, Natalia se levantou e veio andando toda torta, com a cara toda vermelha, entrou no nosso quarto, deitou de bruço e me mostrou o cú todo arrombado e me falou :

Natalia – Amor quero que você me coma também!

Não sei se foi o efeito do álcool mas, eu estava doido de tesão e chupei o cú dela todo vermelho e arrombado, não tinha mais mesmo as pregas, meti naquele cú arregaçado e gozei dentro dele também, no outro dia ela foi para médico, fazer vários exames e ver qual o tratamento adequado, a safada teve que ficar passando remédio no cuzinho, por quase quatro dias e ficou proibida de fazer sexo anal por 15 dias, nesse meio tempo, ela evitava de falar sobre o ocorrido, ficava falando que foi culpa de bebida, se passaram uns dois meses e nossa vida tinha voltado ao normal, mas as vezes na hora do sexo, ela ficava perguntando se eu deixaria outro homem comer ela novamente.

Como minha mulher ficou viciada em sexo em grupo

Como minha mulher ficou viciada em sexo em grupo

Respondi, que iria depender da situação, que até poderia pensar no assunto, mas que iria também querer comer um outra mulher, chegou o carnaval e resolvemos ir para Salvador, vários casais de amigos tinha feito um pacote de viagem, com abada, hotel e camarote, uma verdadeira folia de carnaval, quando chegamos no hotel nosso quarto ficava de frente para a praia e tinha uma varanda com uma vista maravilhosa, os nossos outros amigos ficaram morrendo de inveja, pois tinham resolvido economizar no apartamento, no primeiro dia foi só alegrias, muita bebida e pulação, mas em nenhum momento falamos de incluir outros no sexo.

No ultimo dia resolvemos ir almoçar no Restaurante Lafayette, com dois casais de amigos, Klaus e Dani e Flá e Barbara, imagina um lugar maravilhoso, boa comida e atendimento espetacular, acabamos ficando bebendo ate quase 15 horas da tarde no lugar, quando finalmente fomos para o hotel nos arrumar, estávamos já bem alterados, mal tínhamos entrado no quarto e toca o telefone, era nossos amigos falando para fazer o esquenta no quarto, pois tinha varanda, perguntei para Natalia que prontamente concordou, nos arrumamos rápido e logo eles foram chegando, primeiro Klaus e Dani e uns 15 minutos depois o Flá chegou, falando que a Barbara tinha capotado e tinha ficado dormindo.

Ficamos bebendo campari e quando foi por volta da 19 horas, as meninas estavam muito bêbadas e bem soltinhas, foi quando a Dani falou que queria transar e foi tirando a roupa e deitando na cama, nessa hora o Klaus olhou para mim e o Flá e falou que podíamos brincar de troca de casais, Natalia me puxou para o banheiro e me perguntou:

Natalia – Amor, nos podíamos aproveitar e eu sempre sonhei em transar com dois de uma só vez!

Eu – Amor, se você quiser tentar, por mim tudo bem.

Voltamos para o quarto e a Dani já estava pelada me esperando, Natalia se sentou na cama e eles ficaram pelados ao lado dela, ela começou a chupar eles dois, enquanto a Dani sentava no meu pau, uma hora chupava um e masturbava o outro, outra hora invertia as posições, eles passaram a masturbar ela, fazendo a safada gemer e se contorcer, Natalia mandou o Klaus se deitar e sentou encima enterrando o pau todo dentro dela, na hora o Flá ficou na frente deixando ela chupar ele, ficaram assim um certo tempo, foi quando ela me falou que iria tentar uma DP, nessa hora eu já estava comendo o cuzinho delicioso da Dani, não demorou muito e o Flá foi encaixando a tora na bundinha dela.

Ele foi metendo bem lentamente, metia e tirava, voltava a meter mais um pouco e tirava, quando ele meteu tudo, ficou alguns segundos parado e aos poucos começou os ritmos, logo Natalia já estava gemendo bem alto e falando que era bom demais, demorou pouco e gritou que estava gozando e mandava o Flá meter com força, ele metia com tanta força que fazia um barulho estranho na bundinha dela, logo que ela gozou pediu um tempo para descansar, nesse intervalo demos mais atenção para a Dani, enquanto a Natalia bebia mais um copo de campari, A Dani gemia alto e gritava de dor e prazer, pois estávamos os três comendo ela, imagina uma mulher insaciável.

Depois de uns 30 minutos, eles voltaram a dar atenção a Natlia, mas inverteram as posições, o Flá se deitou e ela ficou sentada encima dele e o Klaus veio por trás, nessa hora a Dani estava fazendo um boquete delicioso em mim, novamente eles passaram a fazer os movimento com a DP nela e rapidamente Natalia voltou a gritar dizendo que estava gostoso e que iria gozar mais uma vez, quando ela falou isso, os dois aumentaram os ritmos e logo ela gozou, quando ela estava gozando, Klaus tirou de dentro do cuzinho dela e foi para frente da Dani e gozou na cara dela, ela parou de me chupar e foi chupar o marido, limpando o pau dele, quando Natalia me viu, me chamou e mandou que gozasse na boquinha dela também.

Depois ficamos conversando e descansando, logo elas foram ao banheiro se lavar, quando a Dani saiu do banheiro a Natalia me chamou, foi quando eu vi o rombo novamente no cuzinho dela, ela me deu um beijo e voltamos para o quarto, eles estavam conversando, Natalia se deitou ao lado deles e fomos dormir um pouco, quando vimos o dia já estava amanhecendo e tínhamos perdido o ultimo dia do carnaval, Natalia começou a alisar o pau deles, nesse momento eu perguntei se eles podiam topavam continuar a brincadeira, todos aceitaram e a Dani me puxou para o sofá e a Natalia mandou que Klaus se deitasse, então ela sentou no pau dele com as costas virado para o peito dele, em seguida o Flá foi se acomodando na frente e encaixou também dentro, ela nesse momento passou a gritar dizendo que eles estavam arrombando ela, quando os dois paus já estavam dentro, elas gemia e falava que era bom demais dois paus dentro e rapidamente ela gozou mais uma vez, eles ficaram transando ainda nessa posição por uns minutos e logo eles gozaram, eu e a Dani estávamos aproveitando a vista e acabamos gozando juntos varias vezes.

Ficamos nos revezando nelas até quase 10 horas da manhã, quando finalmente paramos, estávamos esgotados, as meninas nem conseguiam andar direito e quando andavam escorria porra pelas pernas delas, Flá nem se lembrava mais da Barbara, quando deu por si, saiu correndo rezando para ela ainda estar dormindo, Klaus e Dani foram para seu quarto e eu e a Natalia ficamos deitados, passou uns 20 minutos e ela me falou que tinha sido muito gostoso e que queria fazer novamente, nessa beijei ela e falei:

Eu – Amor, enquanto estivermos os dois juntos, podemos fazer isso sempre que você quiser!

Natalia – Amor, por isso que eu te amo.

Voltamos para nossa cidade e agora sempre que viajamos, arrumamos um oportunidade de conhecer clube de swing e festa de casais.

6360 views

Contos Eróticos Relacionados:

Transando com outro na casa do meu namorado

Transando com outro na casa do meu namorado - Oi, eu sou de Pelotas, sou Loira, tenho 28 anos, coloquei silicone, tenho uma bunda bonita, eu gosto, 1,68 e uns 60 kg. Estava namorando um Produtor...

LER ESTE CONTO

O Jogo da copa que deu muito certo

Olá, meu nome é nome é Fernando, tenho 22 anos, tenho pele branca, olhos castanhos, cabelo curto preto, um corpo normal com 66 kg aproximadamente, 1.86 de altura, um sorriso simpático, solteiro,...

LER ESTE CONTO

Exibicionismo com o namorado no posto de gasolina

...Ele entrou no posto, parou em frente a bomba e abaixou o vidro, na mesma hora em que o frentista estava vindo ele se virou para o vidro e eu levantei minha saia deixando minha buceta que estava encharcada toda a mostra, mas como eu tinha levantado ela anteriormente, parecia que e minha saia era curta e que eu não estava fazendo aquilo de propósito, Ideal! Era isso que eu queria.

VER

Iniciei a mulher de um amigo

Iniciei a mulher de um amigo - Olá me chamo Erick e tudo o que vou relatar aqui é verídico, ou seja situações que vivi , saio com casais há 12 anos e aqui vou relatar alguns encontros , Sou...

LER ESTE CONTO

2 - Comentário(s)

  • Thiago Martins 06/12/2023 09:52

    Adoro casais liberais que tiver no Rio Grande do Norte é só chamar

  • Jaqueline 05/11/2023 02:46

    Sou casada com uma mulher, e temos a fantasia de um macho me comendo. É o sonho dela.

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Pornô - Xvideos Pornos - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude