Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » O Jogo da copa que deu muito certo

O Jogo da copa que deu muito certo

Publicado em 25/09/2023 por Jovem_pegador

Olá, meu nome é nome é Fernando, tenho 22 anos, tenho pele branca, olhos castanhos, cabelo curto preto, um corpo normal com 66 kg aproximadamente, 1.86 de altura, um sorriso simpático, solteiro, trabalho como vendedor em uma loja de calçados.

Eu moro sozinho atualmente, mais ou menos uns quatro meses em um pequeno apartamento no último andar de um prédio de total de oito andares, um dia estava de folga em casa, quando ouvi muitas pessoas conversando do lado de fora de meu apê, abri a porta e vi que era uma mudança, um vizinho(a) novo ao apartamento ao meu lado, estava curioso a saber quem era, mas fechei a porta e deixaria para conhecer depois que a mudança acabasse, passou o dia todo assim nessa agitação, a noite fiquei de boa em casa.

No dia seguinte quando eu estava saindo de meu apê, estou fechando a porta e passando a chave, a porta do lado se abre e eu fico sem reação ao ver duas mulheres lindas demais, muito gatas, fiquei sem palavras e paralisado.

Uma delas então diz: olá vizinho tudo bem, prazer em te conhecer, eu me chamo Alice tenho 23 anos e essa é minha amiga Laura com 21 anos, e qual seu nome gatinho, eu com a voz engasgada disse a elas que me chamava Fernando e tinha 22 anos, as duas sorriem e dizem que foi bom me conhecer e entram no elevador e descem, eu estava bobo com a beleza delas, peguei o elevador em seguida e fui trabalhar.

Alice uma japonesa muito linda, com sua pele branquinha, os olhos cor de mel, com um cabelo um pouco abaixo dos ombros na cor preto com mechas rosa, um sorriso maravilhoso, tinha 1,68 de altura aproximadamente, um espetáculo de corpo, seios médios, uma bunda empinada, vestia uma camiseta de manga branca, uma calça de legging preta bem justa e tênis.

Laura com uma pele branca, os olhos pretos, um cabelo curto acima dos ombros castanho, um sorriso espetacular, tinha 1,65 de altura aproximadamente, era um pouco mais baixinha só que a amiga, um corpo violão, seios grandes, bunda bem empinada, vestia uma camiseta regata preta, uma calça legging preta e tênis.

Eu estava trabalhando e com os pensamentos nas minhas novas vizinhas, pensando em duas gatas tão gostosas, eu as pegaria de boa em, seria maravilhoso, ficava pensando se elas já eram comprometidas ou não, voltei a trabalhar e o dia foi passando, até a hora de ir embora, chegando em casa não cruzei com elas, nos dias seguintes eu seguia meu dia a dia, mas não as encontrava, mas na tarde da noite, sempre ouvia as duas conversarem.

No dia seguinte era dia do jogo da copa feminina, teria jogo do Brasil vs Japão, o jogo seria de manhã e para a minha felicidade eu estava de folga, ainda bem, estava de boa no sofá esperando o jogo começar, meu interfone toca, era Alice.

– Alice: Oi Fernando tudo bem, é Alice sua vizinha de porta, não quer vir assistir ao jogo aqui em casa comigo e a Laura;

– Fernando: se não for incômodo e tirar a liberdade de vocês, eu adoraria sim assistir ao jogo acompanhado;

– Alice: não vai incomodar não, relaxa, nós vamos adorar ter sua presença aqui, a porta vai estar aberta só entrar;

– Fernando: está bem, vou me trocar e já vou aí.

Encerramos a ligação, corri tomar um banho rápido, vesti uma cueca box branca, um short verde escuro de elástico na cintura, uma camiseta branca de manga e tênis, escovei os dentes e fui lá, fechei a porta do meu apê e abri a porta do apê delas, entro e fecho, assim que me deparo com as duas sentadas no sofá lindas.

Alice usava uma camiseta do time do Japão e um shortinho de academia curto e soltinho na cor branco e Laura uma camiseta do Brasil e um short igual da amiga na cor verde, como estavam gatas, involuntariamente meu pau deu uma reação rápida comigo ali parado a porta as admirando, Laura então se levanta vindo em minha direção, me dá um beijo no rosto e me puxa para o sofá, me senta no meio em uma sofá de três lugares se sentando ao meu lado, e Alice do outro lado sentada me dá um beijo no rosto também.

– Laura: que bom que você veio Fernando, vamos gostar de assistir ao jogo com você aqui, um gatinho desses ao lado fica tudo bem melhor né;

– Alice: verdade, um gato esse nosso vizinho, vai ser muito bom assistir esse jogo com ele;

– Fernando: eu agradeço pelo convite e a chance de conhecer melhor minhas nova vizinhas.

Em nossa frente tinha em uma mesa de madeira baixa com pipoca pronta em potes e latinhas de refrigerante, o jogo começa e aguenta emoção, era um time atacando e outro defendendo e vice versa, mas o primeiro tempo terminou em 0 x 0.

As duas se levantam e vão para algum lugar do apartamento e eu fico ali na sala sentado no sofá, mas minha mente pensando em safadeza com as duas gatas, mas vai que é coisa da minha mente só, passou um tempo as duas voltam e se sentam no sofá comigo ainda mais sorridentes que já estavam.

– Alice: amiga agora é sério em, se Japão se fizer gol você tira seu short, se o Brasil marcar um gol eu tiro o meu, e assim vai, quanto mais gols sair, mais peças nós tiramos tá bom;

– Laura: super certo amiga, tomara que façam muitos gols nesse jogo, porque esse 0 x 0 não vai dar não, vamos torcer mais aqui, você não liga né Fernando, é uma disputa nossa sabe;

– Fernando: eu não ligo não, fiquem à vontade, que vença o melhor time sim, vou ficar aqui na torcida por ambos.

Olhos para as duas que se olhavam e sorriam com ar de safadas, então o jogo começa com tudo, o Brasil acertou uma bola na trave, eu estava pirando com a ideia de ver minhas vizinhas nuas, bem ali na minha frente, seria essa a melhor coisa que me aconteceria desde que moro ali, quanto assistíamos ao jogo, o Japão indo para o ataque e fazendo um gol, Alice pulava de alegria comemorando o gol.

– Alice: olha aí Laura o primeiro gol já em.

Laura então elevou um pouco sua cintura e puxou seu short para fora e jogando de lado, ficando com uma calcinha amarela de renda, eu estava enlouquecendo já em vê-la agora de calcinha, então o Brasil poucos minutos depois sofre um pênalti, eu olhava para a TV e para Laura, o gol sai e ela fica pulando no meio da sala.

– Laura: é amiga, olha aí o gol do Brasil, vai tirar esse short agora, oba.

Alice então fica em pé, desamarra o nó feito no short e vai puxando para baixo e jogando de lado, ficando com uma calcinha preta fio dental, eu estava excitado já, se eu não pudesse foder elas naquela sala, ficaria muito frustrado, então o jogo vai rolando e o Brasil tem uma falta, a cobrança muito bem executada outro gol, Laura pulava de alegria comemorando.

– Laura: é amiga, 2 x 1 já em, vai, vai, tira essa camiseta logo.

Alice fica em pé, foi tirando devagar sua camiseta do time, estava com um sutiã branco de renda, eu a olhava e ficava babando, que delícia de japonesa, que corpo sensual, eu não conseguia não me excitar desse jeito, o Brasil no ataque de novo, parecia que seria o terceiro gol, o Japão em um contra-ataque faz o gol de empate.

Alice toda feliz me deu um beijo demorado no rosto e gritava de alegria, o gol que foi bem comemorado.

– Alice: é amiga, 2 x 2 em, tira essa camisa vai, está ficando muito bom esse jogo, não acha Fernando;

– Fernando: só posso dizer que sim, esse jogo está de grandes emoções e surpresas.

Laura então fica em pé, vai puxando a camiseta do time e joga de lado, ficando com um sutiã amarelo, eu estava em êxtase ali, aquele corpo escultural dela era tão lindo quando da amiga, duas gatas perfeitas e quentes naquele apê, que jogo.

O jogo já estava nos trinta minutos do segundo tempo quando o Japão faz o terceiro gol, Alice pulava naquele sofá de alegria pura, Laura já foi se levantando novamente e foi tirando o sutiã, eu estava tendo cada minuto mais as visões privilegiadas daquelas mulheres, Laura se senta sorridente sem cobrir seus seios, eu olhava de vez em quando era tentador, três minutos depois o Japão faz mais um gol.

– Alice: eita que a coisa ficou boa agora, só te resta a calcinha amiga, esse meu time é muito bom 4 x 2 já.

Laura de pé, sorrindo bem safada, vai puxando aquela calcinha bem devagar e me olhando, mordia seus lábios e foi tirando, logo caiu e abriu um pouco suas pernas por alguns segundos, eu via sua boceta com poucos pelinhos, meu pau já estava pulando dentro daquela cueca.

Já são quarenta minutos do segundo tempo, o Brasil faz um golaço de fora da área, Laura super feliz me dá um beijo na boca, um selinho apertado e olhava para amiga.

– Laura: é Alice, olha aí o Brasil, tá quase empatando já, vai tirar o sutiã vai, estamos ficando sem peças já.

Alice soltou então aquele seu sutiã, o deixando cair no chão e deu uma rápida passada de mão nos seus seios me provocando, já se sentou ao meu lado, eu não prestava mais atenção alguma no jogo, com essas safadas quase totalmente nuas, só faltava a calcinha da Alice sair, eu só tinha olhos e pensamentos para elas, o jogo já estava nos acréscimos, o Brasil sofre uma falta, em um cruzamento, faz um gol de cabeça, Laura gritava ainda mais, pulava de um lado para o outro.

O Jogo da copa que deu muito certo

O Jogo da copa que deu muito certo

– Laura: olha lá 4 x 4 já, viu Alice, sabia que esse jogo ainda nos daria tempo de ver você tirando essa sua calcinha.

Alice então ia se levantando, quando a juíza apita o final do jogo, vamos para a prorrogação, ela ainda de pé, foi puxando sua calcinha bem sensual para baixo, mostrando sua boceta muito molhada e sem pelinhos, bem depilada, abriu as pernas para eu apreciar e se sentou no sofá, agora estava fervendo em definitivo aquele jogo, que se tornou sensual para nós três, as duas se exibindo muito em minha presença.

– Alice: é amiga, o jogo terminou empatado, já estamos sem roupa, vamos ter que tirar as do Fernando também, acho justo sim;

– Laura: mais que justo amiga, ele está doidinho nos vendo assim nuas, esse pau deve estar bem duro, desejando foder as suas vizinhas safadas demais;

– Alice: mas amiga, vamos ter que esperar acabar o jogo sim, sei que o Fernando vai adorar o que espera por ele no pós jogo.

Eu fico ali um pouco à vontade, tiro já meu tênis ficando suave, então começa a prorrogação, nos primeiros minutos de jogo o Brasil marca um gol, as duas comemoravam demais e me olhavam atentamente.

– Laura: olha aí o gol, vai Fernando tira a camiseta, fica à vontade pra nós.

Então eu me levanto, de frente as duas vou tirando a minha camiseta bem devagar e jogando de lado, quando ainda estou de costas para a TV, o Japão faz outro gol, as duas pulavam de alegria comemorando mais um empate.

– Alice: esse jogo em, está cada vez melhor, ainda bem que o Fernando já está de pé, tira logo esse short;

– Laura: verdade, vai se livra logo desse seu short.

Eu peguei no elástico dele, eu via as duas me devorando com seus olhos, estavam com suas pernas abertas me deixando apreciar as suas bocetas, puxo então o short para baixo e jogo de lado, meu pau estava explodindo já de vontade de fazer sexo, o jogo termina o primeiro tempo da prorrogação e começa o segundo, nada de sair gol, no último minuto o Brasil marca o gol da vitória e acaba o jogo.

– Laura: o Brasil ganhou o jogo lá, e nós vamos começar a nosso jogo aqui, esse pós jogo promete;

– Alice: verdade amiga, o pós jogo vai ser uma maravilha nesse apê, bora para a nossa diversão;

-Laura: mas olha ainda resta essa cueca no corpo do nosso vizinho gato, vamos ajudá-lo a tirar e resolver essa questão imediata.

As duas vão se ajoelhando no chão a minha frente, cada uma pega de um lado da cueca e vão puxando devagar, elas me olhavam e se olhavam lambendo os lábios, meu pauzão aparece fora daquela cueca, que elas tiram em definitivo de meu corpo, meu tesão era bem notado, queriam me enlouquecer naquela sala.

Então as duas me surpreendem mais uma vez, elas se beijam na boca com muito tesão, uma fica tocando na boceta da outra acariciando, eu estava louco vendo-as ali se divertindo, queria comer as duas logo, até que elas saem de um longo e fogoso beijo, ficam me olhando.

– Alice: olha como está esse pau, todo excitado e gostoso, está curtindo ver essas putas se pegar né, você vai ganhar o que merece também, não é amiga;

– Laura: opa se vai, já fizemos ele esperar muito tempo, vamos saciar as novas vontades.

Alice então sem eu menos esperar, enfia meu pau de uma vez na boca, que gulosa, eu estava louco, dou um alto gemido e ela continua a me fazer um sexo oral, a boca daquela japonesa era muito doce, meu corpo estava muito quente, meu cacete pulsava dentro de sua boca, vejo Laura então com uma camisinha já na mão, era hora de eu foder umas delas já.

Laura então se senta ao meu lado novamente e nós nos pegamos em um beijo intenso e cheio de fogo, aquela língua que tocava a minha, estava uma delícia, até nos largar por um tempinho.

– Laura: amiga deixa de ser gulosa nesse pau grosso do Fernando, eu também estou morrendo de saudades de ter um pauzão enfiado na minha boceta, quero ser fodida, depois você brinca mais.

Alice estava ainda se deliciando em meu cacete, chupava lentamente em alguns momentos, passeava com sua língua por todo ele, eu estava maluco com aquela sacanagem, peguei no rosto de Laura novamente e outro beijo quente acontece, nossas línguas se tocando lentamente, um espetáculo de mulher, logo já parei de sentir o sexo oral, alguns segundos depois, Laura no meio do beijo me morde os lábios com muito desejo e geme manhosa, eu abro os olhos, me deparando com a amiga agora fazendo um sexo oral provocante nela.

Laura vai suspirando e gemendo naquela safadeza, uma de suas mãos alisando meu pau, eu me aproveito e abocanho seus seios maravilhosos, que delícia era chupar aquela gata assanhada, vou lambendo e mordiscando os bicos, ela gemia muito mais alto, ela pegava firme no meu pau e me masturbando com certa força, estávamos pirando com aquela putaria toda, Alice parava de se deliciar na xoxota da amiga e se senta ao meu lado.

– Alice: esse jogo de sexo está cada minuto mais insinuante, um espetáculo jovem de putarias, vai Laura, como o seu time venceu, vai para o ataque, entra nessa vara grossa do nosso vizinho gato.

Laura me tira dos seus seios que mamava bem guloso, me colocou no meu lugar no sofá, ofegante que ela estava com o tesão que a consumia, foi colocando a camisinha em mim, e já foi se sentando, entrou liso, nos dois gemendo juntos, ela me olhava e olhava para a amiga, alisava meu peitoral e cavalgava.

– Laura: amiga que fogo esse homem tem, que delícia sentar em um pau gostoso como esse, minha boceta está incendiando de prazer, me fode Fernando, aí como mete.

– Alice: olha como está um arraso essa transa, isso mete nessa vadia, faz tempo que não trepamos com um homem quente como você;

– Fernando: estou com um desejo avassalador de sexo com vocês duas, vou comer bem suas bocetas meladas.

Alice vai mordendo minha orelha, beijava e mordia meu pescoço, até que a gente se pega em um beijo quente, sua mão arranhando meu peito junto com a amiga, o beijo com ela era muito provocativo, lento e rápido, sua língua dominava a minha, enquanto isso a boceta da Laura engolia meu pau todo, a todo embalo que se podia tê-lo dentro de si, as vezes até apertando dentro de dela, o que me dava mais tesão e suspirava fundo.

Não sei quanto tempo havia se passado, Laura já tinha cavalgado muito bem por sinal, ela sai de cima, fica de quatro no sofá e a Alice também, tiram a minha camisinha e juntas o chupavam e lambiam todo, suas bocas deliciosas o dividiam com muita sede, eu pegava na bunda das duas e dava tapas, o que gerava gemidos manhosos delas, eu já estava extremamente excitado com aquele oral duplo.

– Alice: olha já está bem duro de novo amiga, como fazemos um oral provocante em, assim que desejamos um homem, fervendo para nos comer muito bem.

Laura já foi enfiando outra camisinha no meu pau, Alice já foi se arrumando e sentando, que boceta apertadinha, foi penetrando aos poucos, aquela japonesa gemia como uma puta para mim, até que enfiei tudo, ela sorrindo de pura satisfação, segurou em meus ombros e foi cavalgando muito rápido, nos gemíamos bem safados, as duas sabiam fazer uma bela safadeza, Laura ao nosso lado nos olhava e se tocava no seios e na sua boceta molhada, mais uns minutos eu e Alice chegamos ao clímax e gozamos juntos.

– Alice: uau em Fernando, mas que sexo foi esse em, só uma posição, mas tão intenso e fogoso demais, gozamos bem safadas e safados, isso que é um ménage, a Laura também se deu muito bem, valeu a pena esse jogo em;

– Fernando: nossa verdade, que delícia de sexo trisal foi esse, vocês duas muito gatas e provocantes, amei cada putaria nossa, adoraria repetir;

– Alice: pode ter certeza que vamos repetir e muitas vezes nessa casa ou na sua, não é mesmo amiga;

– Laura: sim, sim, eu amei essa safadeza de hoje, sempre que puder vamos repetir as brincadeiras, vai ser incrível;

Eu ainda não totalmente satisfeito com o prazer que sentimos naquele sofá, abocanho os seios daquela japonesa safadinha, eu estava me esbanjando com ela, aqueles bicos enrijecidos me davam mais vontade de chupa-la, seus gemidos eram escandalosos e provocantes, fiquei ali diversos minutos até que.

– Laura: amiga temos que tomar banho e nos arrumar para ir trabalhar, bem leves e satisfeitas, obrigada gato por essa manhã especial e cheia de malícias, nos divertirmos muito bem hoje, que venham mais jogos assim emocionantes.

Eu agradeço então pela grande aventura que rolou ali, vesti minhas roupas, dei um beijo na boca de cada uma, um tapa bem dado em suas bundas sensuais, voltei para meu apartamento todo feliz e com a certeza que qualquer dia meteria gostoso de novo nas minhas novas vizinhas muito das safadas.

4352 views

Contos Eróticos Relacionados:

A festinha (parte final)

Ainda era madrugada, quando augusto me acorda com sua rola enorme ! Acorda, querida!! Colocando sua pica na minha boca, enquanto eu dormia. E, quando desperto do sono, sua glade tava deslisando...

LER ESTE CONTO

Titio comeu minha bucetinha enquanto me ensinava

Todos sabem que iniciei minha vida dupla, desde cedo, muitas vezes eu achava que ninguém sabia, mas os meninos sempre explanavam, moral da história, até meus tios ficavam sabendo. Meu pai sempre...

LER ESTE CONTO

Filho do patrão comendo a empregada coroa

... Silvia, eu posso até não contar para minha mãe que peguei seu filho roubando, mas eu preciso ser compensando por isso. Ela ainda sem entender a malícia. \\\" Eu entendo Cleiton, o que você precisar eu posso te ajudar, só por favor não conte para sua mãe\\\" \\\" Talvez eu preciso da sua ajuda em algo\\\"

VER

Uma primeira vez perfeita com meu namorado

Vou contar pra vocês sobre uma primeira vez perfeita com meu namorado, meu nome é Leandra, hoje tenho 20 anos, mas na época tinha 18. Eu ficava com um menino chamado Miguel, ele tinha 20 na época....

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 3 + 3 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Bucetas - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Español - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - XXX - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude