Menu fechado

Mesmo casada transei com um desconhecido

Antes de começar meu relato, quero dizer que vou contar como que mesmo casada transei com um desconhecido e trai meu marido de uma forma que nunca pensei que fosse acontecer, vou me apresentar e dizer um pouco sobre mim e como isso veio a acontecer, espero que gostem.

Meu nome é Marina, tenho 34 anos, sou branquinha, baixinha e magrinha, sou casada há 4 anos, amo meu marido, ele é um homem muito bom, porem na cama me deixa a desejar, ele goza muito rápido e sempre me deixa na mão, confesso que fico frustrada, sempre gostei de sexo, amo transar, chupar, ser chupada, amo quando um macho me fode de 4 me da umas palmadas e me xinga de puta, safada…
Bem, nunca tinha traído meu marido.
Trabalho c vendas de lingeries, semi joias.
Em outubro do ano passado fui em uma cidade vizinha (vitória da conquista) fazer compras e sabia que dormiria lá e só voltaria no outro dia.
A noite depois de um longo dia de correria pra fazer compras estava um pouco cansada, depois de tomar um delicioso banho vestir um vestidinho curto e fui na lanchonete fazer um lanche, quando eu estava esperando o lanche chegou um rapaz fez um pedido no balcão, me cumprimentou e perguntou se poderia sentar a mesa comigo, eu permitir é claro, e ficamos por um tempo conversando sobre assuntos banais, depois sobre família…
E na conversa soube q ele era de BH e estava na cidade pra vender u imóvel q ele tinha lá, pois já havia morado lá.
Depois q lanchamos eu disse q estava cansada e q teria q subir pro meu quarto pra descansar um pouco.
Rodrigo, este é seu nome, ele me convida pra tomar um vinho c ele, eu disse q não, mais ele insistiu um pouco e acabei aceitando.
Ele pegou a garrafa de vinho 2 taças e perguntou se poderia ser no quarto dele, falei q poderia ser ali mesmo na lanchonete ele argumentou q no quarto seria melhor pq ficaríamos mais a vontade, e poderíamos assistir um filme, logo percebi q ele estava c má intenção mais aceitei.
Quando entramos no quarto dele, fiquei pensando eu uma mulher casada, fiel num quarto de hotel c outro homem, mais me deu um tremendo tesão.
Ele muito educado, gentil me serviu a taça de vinho colocou uma musica bem suave no not dele e me perguntou se eu importaria q ele tirasse a camisa, pois estava c muito calor, eu pensei calor? C o ar ligado?
Mais disse q não tinha problema, pois estava mesmo calor, e ele me convida pra dançar aceitei e começamos a dançar, desde q ele tirou a camisa tinha percebido q ele estava de pau duro e durante a dança ele começou a dizer q eu era linda, charmosa, cheirosa, papo de homem safado quando quer comer uma mulher, quando ele disse q eu era linda, charmosa, cheirosa, e falou e muito…
E eu indaguei
-muito o q?
Ele disse
-desculpa, ira falar uma coisa mais não seria legal
E eu retruquei
-fiquei curiosa em querer saber o q será este muito…
Falei olhando pra ele e sorrindo
E ele disse
-sabe, eu ia dizer q vc é muito gostosa…
-sorri pra ele e falei como q sabe q sou gostosa?
Ele sorriu e disse
-ahhh, mulher é como comida, agente conhece pelo cheiro

Mesmo casada transei com um desconhecido

Mesmo casada transei com um desconhecido

E ele acariciando meus cabelos, cada vez mais apertando seu corpo contra o meu, e de repente ele me da um tremendo beijo.
Claro q retribuir o beijo, esta delicioso, e eu dando uma de santa disse q não deveria ter me beijado, ele pediu desculpas e disse q não conseguiu controlar e abrindo o zíper do meu vestido, pedi pra parar, e ele disse q só queria beijar minha barriguinha, e acabei ficando submissa a ele e deixando ele tirar meu vestido, depois ele me deitou na cama e disse q eu tinha um corpinho lindo, seios lindos, e passou a beijar minha barriga depois desabotoar meu sutiã e passou a chupar meus seios e foi descendo c sua boquinha gostosa beijando minha barriga e tirou minha calcinha e disse q eu tinha uma bucetinha linda e passou a lamber minha buceta, ele chupava muito gostoso quando ele ia parando de chupar, acho q pra me penetrar, segurei forte em sua cabeça friccionando contra meu corpo e falei pra ele
-não para q quero gozar
Depois de alguns segundos gozei gostoso na boca dele, ai ele subiu me beijando e trocamos um delicioso beijo enquanto ele me penetrava, depois ele parou de me beijar e tirou seu pau de dentro de mim e puxando meinha cabeça tipo mandando eu chupar ele, não perdi tempo e passei a chupar aquele pauzão gostoso melado de porra c o meu néctar, depois ele deitou e mandou q eu cavalgasse nele depois de algum tempo nesta posição ele me colocou de 4, (q delicia) e passou a me foder de 4, me dando palmadas, me xingando e puxando meus cabelos depois de alguns instantes ele disse q iria encher minha buceta de porra, logo gozei e em seguida sentir o jato forte de porra daquele safado.
Depois de alguns instantes percebi q já era quase 11 horas, vestir minhas roupas e fui pro meu quarto, chegando lá tinha 4 ligações de meu marido no celular, retornei a ligação pro meu marido e disse q eu tinha colocado o celular no silencioso e deitada, pois estava c dor de cabeça, depois de falar c eu marido tomei um banho e deitei, e fiquei imaginando, como pude ter transado c um estranho, e ainda deixei ele gozar dentro de mim.
Sei q foi uma transa deliciosa, talvez a mais gostosa de minha vida, na manha seguinte fui embora e nunca mais vi aquele homem gostoso.

Veja abaixo outros contos pornos:

Dei para o garoto tímido da minha sala

Comi minha colega do trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *