Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos de Sexo » O Sobrinho do meu marido e os amigos dele me arrombaram no passeio na cachoeira

O Sobrinho do meu marido e os amigos dele me arrombaram no passeio na cachoeira

Publicado em 05/09/2023 por BIOSAFADORO

E ai pessoal, sou a Joelma, tenho 50 anos, loira, alta e sarada, estou vivendo junto com o meu atual marido a quase 2 anos, no final do ano passado Carlos de 22 anos, sobrinho do meu marido teve que passar uns dias na nossa casa, devido a mãe dele ter iniciado uma reforma na casa deles e o quarto dele iria demorar uns 10 dias para ficar pronto.

Então ele ficou hospedado em nosso quarto de visitas e mal saía do seu quarto, pois estava estudando para uma prova de concurso, sempre no horário do almoço eu ia chamar ele no quarto e avisava que a comida estava na mesa. À noite eu levava seu jantar no quarto pois ele estava bem focado nos estudos, sempre que eu entrava naquele quarto o rapaz estava sem camisa e usando shorts, que mostrava um certo volume por baixo, era impossível não olhar, chamava muita atenção e eu sempre caía em tentação.

Meu marido precisou viajar a trabalho e nos comunicou que passaria 2 dias fora resolvendo uns problemas numa vistoria, no outro dia assim que meu marido saiu de casa para o aeroporto, meu sobrinho foi até a cozinha com seu shorts e estava visivelmente alterado, dava para ver o seu pauzão balançando dentro do shorts. Nessa hora me deu um calor de repente, uma sensação diferente senti que a minha buceta piscava quando eu olhava para aquele pauzão balançando, enquanto ele pegava alguma coisa para comer.

Na hora do almoço, arrumei a mesa e como de costume fui no quarto chamar ele para almoçar, ao entrar no quarto dei de cara com ele só de toalha, ele tinha acabado de tomar banho e estava se secando, fiquei tão excitada com aquela cena que mal conseguia falar, minha voz ficou trêmula enquanto dizia para ele vir comer, almoçamos em total silêncio, como de costume.

Depois do jantar, por volta das 21 horas, tomei banho e vesti uma camisola, estilo camisetão e coloquei um filme para assistir na TV da sala e fiz pipoca doce para acompanhar, o meu sobrinho sentiu o cheirinho da pipoca e veio para a sala, ele estava usando apenas uns shorts de futebol.

Carlos – Posso ficar aqui com você e comer a pipoca também, Tia?

Eu – Claro que pode, fique a vontade!

Como estava deitada no sofá, me endireitei e fiquei sentada, deixando espaço libre para ele sentar, coloquei a vasilha com a pipoca estava encima das minhas coxas e começamos a assistir o filme, em um momento ao colocar a mão para pegar a pipoca, meu sobrinho errou o lugar e sem querer acabou tocando meu peito.

Carlos – Tia, foi sem querer, mil perdões!

Eu – Imagina, sem problemas.

Deu um sorrisinho e continuamos assistindo o filme, quando a pipoca acabou coloquei a vasilha no chão ao lado do sofá e perguntei se ele queria beber alguma mais alguma coisa, ele deu uma risadinha e falou:

Carlos – Uma cerveja, cairia bem Tia!

Eu – Cerveja não tem, mas acho que tem meia garrafa de Gin.

Carlos – Blz, me mostra onde esta que preparo para nós.

Pausamos o filme e fomos na cozinha, mostrei onde estava a garrafa, os copos e os apetrechos de drinques, não demorou muito e Carlos veio com dois copos, ficamos assistindo o filme e bebendo, quando o filme acabou, já havíamos tomado uns 3 copos cada e estávamos visivelmente alterados, eu já não consegui disfarçar as olhados no volume no shorts dele e ele não tirava os olhos das minhas pernas, foi quando ele perguntou:

Carlos – Bem que a gente podia assistir mais um filme ou fazer alguma coisa?
Eu – Podíamos fazer algo diferente, oque você acha?
Carlos – Eu faço tudo que você quiser!

Eu – Então não vamos ficar perdendo tempo!

Meu sobrinho imediatamente abaixou seu shorts, mostrando seu pauzão enorme e duro, tirou a minha camisola, me deitou no sofá e caiu de boca na minha buceta carnuda, Carlos me chupava bem gostoso, me fazendo gozar alucinadamente.

Em seguida abocanhei o pauzão dele e fiz um boquete sensacional, fazendo ele revirar os olhos enquanto gozava, depois o safado me comeu de quatro, ele me penetrou de todas as formas na minha buceta me fazendo gozar mais uma vez.

A transa estava tão gostosa que mandei ele colocar seu pauzão inteiro no meu cuzinho, pedi para não ter dó, pois estava acostumada a dar o cuzinho e sem falar que adorava, então ele socou com força na minha bunda me fazendo gritar e ficamos assim ate gozarmos juntos, em seguida tomamos banho juntos e transamos outra vez, agora em pé no banheiro, acabamos dormindo juntos no meu quarto, no outro dia de manha, acordei e fui preparar o café, Carlos depois de uns trinta minutos entrou na cozinha e me abraçou por trás.

Carlos – Bom dia Tia!

Eu – Bom dia! Nos precisamos conversar, sobre oque aconteceu ontem!

Carlos – Da minha parte, nos apenas comemos pipoca enquanto assistíamos um filme.

Eu – Acho que assim esta bem! Foi culpa do Gin. Rsrsrsrs

Carlos – Sim, tudo culpa do Gin!

O Sobrinho do meu marido e os amigos dele me arrombaram no passeio na cachoeira

O Sobrinho do meu marido e os amigos dele me arrombaram no passeio na cachoeira

Continuamos com a nossa rotina como se nada tivesse acontecido, mas claro que os nossos olhares, agora estavam mais intensos, quando foi depois do almoço, Carlos me chamou falando que um amigo dele havia convidado ele para ir a uma cachoeira perto da nossa cidade e se eu não queria ir junto conhecer, imediatamento aceitei o convite e combinamos de ir no outro dia de manha. Como tínhamos combinado de nos comportarmos, depois do jantar fui direto para o meu quarto dormir.

No outro dia bem cedo, acordei o Carlos e tomamos café, arrumamos uma mochila e perguntei como iriamos, ele respondeu que o amigo tinha mandado a localização e que iria nos encontrar lá, entramos no meu carro e ele não tirava os olhos das minhas pernas, a viagem toda, andamos uns 40 quilômetros e finalmente chegamos a uma trilha de terra dentro de uma área, andamos cerca de uns 5 quilômetros subindo e descendo, foi quando avistamos um lago com cachoeira, um lugar muito bonito.

Quando chegamos meu sobrinho me apresentou para seus amigos, eram 3 rapazes da mesma idade dele e estavam com uma geleira cheia de cerveja, me ofereceram uma, bebemos umas, duas, três, quatro cervejas, ouvindo música curtindo o lugar, aí me deu uma vontade de entrar na água, tirei meu shorts e entrei, que água deliciosa, então um dos rapazes, entrou na água também e já veio na minha direção e colocou as mãos na minha cintura, tirei as mãos dele e fui para outro lado, ele já veio novamente e disse:

Rapaz – Nossa Tia, você é um tesão!

Fingi não ter escutado e fui saindo da água, então ele me puxou e me abraçou por trás me agarrando, na hora pensei em gritar, mas chamei o meu sobrinho para ver se o rapaz saia de cima de mim, Carlos veio bebendo em minha direção e ficou conversando com o amigo dele enquanto me olhava.

Eu – O que tanto que você me olha? Não vai fazer alguma coisa!

Carlos – Tia não me leva a mal, mas você é uma coroa safada e gostosa! Desde nossa ultima transa eu fiquei hipnotizado, pelo seu cheiro e pelo seu corpo!

Nesse momento ele veio e me deu um beijo, então pensei, (Que porra estou fazendo? E meu marido?) Enquanto pensava nisso, o rapaz, já estava enfiando a mão na minha buceta que já estava fervilhando de tesão! Pensei: (foda-se! ninguém vai saber se eu não contar).

Então cai de boca no pau dele que já estava louco de tesão e comecei a chupar loucamente, não demorou muito o outro rapaz, já veio e disse:

Rapaz – Opa, eu também quero comer ela!

E já veio com um pau enorme e grosso e não pensei duas vezes e cai de boca também, nisso, já tirei o biquíni e comecei a trepar ali mesmo, nas pedras sem medo de ser feliz, um deles deu duas bombadas e já me melou toda e seu amigo veio com aquele pauzão e nossa, que pau grande e grosso, meteu com força me pegando com força, me enrabando com tesão.

Logo ele também gozou, me enchendo com sua porra, nisso meu sobrinho já veio doido de tesão e meteu no meu cu sem nem avisar, me fazendo gritar de dor e prazer, ficou me enrabando por quase 10 minutos, nisso veio um terceiro amigo, sentou numa pedra e disse:

Rapaz – Também quero brincar!

Então me entreguei totalmente naquela orgia, comecei a cavalgar no pau de um rapaz, enquanto estava sendo enrabada por outro, fazendo uma deliciosa dupla penetração, eles ficaram se revezando em mim, quando finalmente todos estavam saciados, me lavei na cachoeira, vesti a minha roupa e fui para o meu carro, nisso meu sobrinho se arrumou rápido e veio atrás de mim, falando que iria embora comigo.

Quando chegamos no carro, eu entrei já louca de tesão fui tirando minha roupa e começamos a nos beijar, Carlos ajudou a tirar o meu biquíni e cada vez que ele apertava minha cintura, passando a mão pelo meu corpo eu ficava mais excitada, ele desceu chupando meus seios e me masturbando com os dedos, ajoelhei no carro e comecei a chupar o seu pauzão que estava novamente latejando de tanto tesão, Carlos gemia, puxava meu cabelo, me xingava e quanto mais ele fazia isso, mais eu engolia aquela rola até o fundo da minha garganta, me afogando e babando muito.

Não estava aguentando mais e sentei com a minha buceta toda arrombada em cima daquele pauzão e cavalgava como uma puta, eu só estava pensando em gozar, não demorou muito e pedi para ele comer meu cuzinho mais uma vez, sentei de costas para ele ver a rola dele entrando no meu cuzinho, comecei a rebolar a té sentir aquele pauzão todinho enterrado, depois mudamos de posição e fiquei de quatro no banco de trás, empinei a minha bunda para cima e ele foi enfiando até enterrar o seu pauzão todinho no meu cu, os vidros do carro estavam embaçados, Carlos me pegou com tanta força que gozamos juntos, foi maravilhoso, eu sentia minhas pernas até tremerem.

Depois disso me recompôs e voltamos para casa como se nada tivesse acontecido, chegamos em casa e ele me deu um beijo e foi para seu quarto, eu fui direto para meu quarto e tomei um banho e relaxei na hidro, lembrando como havia sido comida por Carlos e os amigos dele. Quando meu marido chegou de viagem no dia seguinte, já foi me puxando para o quarto, pois estava sedento de tesão, mas tive que falar que teria ginecologista no outro dia e não poderia ter relações sexuais devido um exame, mas na verdade era que eu estava toda arrombada e ele iria perceber. rsrsrs

9083 views

Contos Eróticos Relacionados:

Dando o cuzinho logo na primeira traição

Dando o cuzinho logo na primeira traição, um conto verídico que relata uma parte da primeira vez que trai meu marido e acabei logo dando o cuzinho. Usarei nomes fictícios, me chamo Luíza, tenho...

LER ESTE CONTO

Moreninha

Era inverno, Arthur havia começado a trabalhar em seu novo emprego, uma empresa multinacional de renome onde almejava grande desenvolvimento. Como qualquer pessoa em um novo emprego, Arthur...

LER ESTE CONTO

Fiz sexo gostoso com minha sogra

Me chamo Luana e fiz sexo gostoso com minha sogra peituda bêbada de 45 anos que me fez gozar bem gostoso com uma foda louca. E eu vou lhes contar tudo detalhe por detalhe para que você possa ter um...

LER ESTE CONTO

Minha amiga lésbica lambeu minha pepeca

Vou lhes contar como minha amiga lésbica lambeu minha pepeca e eu acabei gozando gostoso demais. Eu me chamo Veronica e minha amiga Carol, a gente faz faculdade de direito juntas aqui no rio e Carol...

LER ESTE CONTO

1 - Comentário(s)

  • pagé 6622 09/03/2024 06:06

    Putinha safada heim

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 2 + 1 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Argentino - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude