Bem Vindo, visitante! [ Entrar | Cadastro ]
Conto Erótico » Contos Eróticos de Corno » Sexo além do trabalho: Cap 5 – Amiga de trabalho casada pagando o taxi

Sexo além do trabalho: Cap 5 – Amiga de trabalho casada pagando o taxi

Publicado em 20/06/2024 por Rafael

Rena e Thayna saíram do prédio e chamaram um táxi. O táxi era exatamente igual àquele bairro. O carro era velho, sujo e enferrujado e o motorista… bem… Exatamente como o carro. O motorista era um homem de meia-idade, com cabelos oleosos, barba desgrenhada e um cigarro pendurado na boca. Ele olhou para eles pelo espelho retrovisor e piscou, seu hálito cheirando a tabaco velho. Renan olha para o motorista e diz:
“Ei amigo… Para o Lust Hotel, por favor.
O motorista diz: “Claro, cara. Suba, vai ser uma viagem louca.”
Ao se aproximarem do hotel, Thayna não pôde deixar de se sentir inquieta. As ruas estavam escuras e desertas, e os prédios pareciam prestes a desabar a qualquer minuto. O motorista encara Thaina pelo retrovisor. Ele sabe que eles são estrangeiros e pergunta: “Vocês precisam de ajuda? Este bairro pode ser um pouco difícil às vezes.” Sua voz era baixa e rouca, e isso causou um arrepio na espinha de Thayna.
“Não, obrigado”, respondeu Renan, com tom frio e distante. “Nós ficaremos bem.” O taxista está preparando um plano obscuro para eles agora e pergunta a Renan e Thaina como será a forma de pagamento.
Ele se olhou no espelho e disse: “Então, sobre o pagamento… Vocês dois são estrangeiros e eu preciso saber como vai ser?”
Renan vasculha os bolsos e a carteira e encontra apenas um cartão de crédito.
Ele olha para o motorista e diz: “Ah, não temos dinheiro conosco no momento. Mas não se preocupe. Aqui está meu cartão de crédito. Você pode cobrar qualquer valor da tarifa e um pouco mais pela tarifa.” Ele entrega seu cartão ao motorista.
O motorista parece irritado, revelando um dente podre. “Desculpe “amigo” dinheiro só aqui” Renan ainda tenta encontrar algum dinheiro nos bolsos e Don encontra algum. Thayna parece um pouco ansiosa com esse momento só porque ela só tem o cartão de crédito também.
Renan pergunta para Thaina “Você tem algum dinheiro com você, Thayna? Parece que estamos presos aqui.”
Thayna balança a cabeça, seus longos cabelos caindo sobre os ombros. “Sinto muito, Renan. Só tenho esse cartão de crédito e um pouco de dinheiro no cofre do meu quarto de hotel.” O motorista olha para eles com um sorriso predatório. “Bem, bem, bem… Parece que vocês dois estão em apuros. Que tal isso? Eu posso ajudar vocês… por um preço.”
Ele se recosta na cadeira, revelando a protuberância em suas calças. Thayna olha para Renan com o coração acelerado. Ela se sente presa e assustada, mas sabe que precisa ser forte. “O que você quer dizer com ‘nos ajudar’?” ela pergunta, sua voz tremendo ligeiramente.
O motorista ri sombriamente. “Oh, eu ja vi garotas bonitas antes, mas não igual a sua namorada. Talvez ela possa me ajudar a relaxar do meu dia de trabalho.” Ele sorri, revelando seu dente podre novamente.
Thayna olha para Renan, o pânico crescendo dentro dela.
Renan pergunta ao motorista “Quanto você quer?” Renan pergunta, com a voz fria e calculada. Ele pega o telefone, pronto para ligar para o hotel pedindo ajuda, se necessário.
O motorista sorri, claramente apreciando a dinâmica de potência que criou. “Bem, não se trata de dinheiro, meu amigo.” Thayna olha para Renan com os olhos arregalados de medo. Ela se sente como se estivesse sendo arrastada para algo do qual não quer fazer parte.
O motorista continua, com a voz baixa e ameaçadora. “Não, o que eu quero é um pouco mais… pessoal.” Enquanto ele fala, Thayna sente uma onda de náusea tomar conta dela. Ela não consegue acreditar que eles foram pegos nesta situação. Renan mantém os olhos no motorista, tentando avaliar seu próximo movimento. A tensão no carro é palpável.    O motorista desacelerou o táxi e disse olhando para o decote de Thaina pelo espelho “Olha só quero algo para lembrar da sua namorada. Algo para relaxar um pouco… Ela pode fazer um boquete”.
Thaynas apavorada olha para Renan e para o motorista do drizi. A imaginação dela noiva do Renan era ruim, mas fazer boquete naquele taxista era o pior.
Ela diz muito irritada “Seu porco nojento! Prefiro morrer do que me submeter aos seus desejos imundos!” Thayna cerra os punhos, as unhas cravadas nas palmas das mãos. Ela olha para Renan, esperando que ele tenha um plano para tirá-los dessa bagunça, mas Renan tem outros planos em mente. Renan diz para o motorista “Ela nunca vai fazer isso pelo seu pau imundo… Ela só pode fazer uma punheta e só?”
Thaina vê Renan com uma expressão de surpresa e parecendo que seu cérebro não consegue conectar a realidade e o que está acontecendo naquele momento.
Thayna diz: “Renan, pare! Você não pode estar falando sério.” Thayna implora, com o coração acelerado ao perceber o que Renan está sugerindo. Ela se vira para o motorista, com os olhos cheios de desespero.
O motorista sorri, claramente apreciando a dinâmica de potência que criou. Ele olha para Thayna com desejo, seu olhar viajando para cima e para baixo em seu corpo. “Bem, bem, bem… parece que temos um pequeno problema em nossas mãos”, diz ele, com a voz cheia de malícia. Um silêncio tornou-se alto no carro. Thaina entra em ação e diz:
“Quer saber… ÓTIMO… Eu só quero sair dessa o mais rápido que puder…”

Sexo além do trabalho: Cap 5 - Amiga de trabalho casada pagando o taxi

Sexo além do trabalho: Cap 5 – Amiga de trabalho casada pagando o taxi

Thaina saiu do carro e entrou novamente pelo lado do passageiro ao lado do banco do motorista e diz com raiva e xingando “Seu filho da puta! Isso é tudo culpa sua!” –Ela diz para Renan. Thayna xinga, mas ela não está triste… ela estava dominando aquele homem.
Ela estava abrindo as calças do motorista do taxi com raiva e vontade… talvez uma vontade de terminar rápido, mas com vontade. O pau do motorista salta rápido para fora e Thaina seguro o pau do motorista com sua mão macia começando a se mover para cima e para baixo enquanto olha os olhos do motorista com fúria.
O sangue dela estava fervendo. Quando Thayna começa a bater uma punheta no motorista, Renan se recosta no banco, os olhos fixos em Thaina. Ele parece estar calculando algo em sua mente, mas não está claro qual é seu plano. Thayna continua encarando Renan e o motorista enquanto masturba no pau do motorista, seus movimentos se tornando mais rápidos e frenéticos enquanto ela tenta acabar com ele rapidamente.
O carro fica cada vez mais silencioso, exceto pelo som da respiração pesada do motorista e pelos soluços suaves de Thayna enquanto ela bate uma punheta no motorista. Eles já estão na frente do hotel e o motorista ainda não gozou. Thayna tira a mão do pau dele e iria abrir a porta para sair, mas o motorista agarra o pulso de Thaina dizendo:
“Não tão rápido, querida. Você ainda não terminou aqui.” -Ele puxa Thayna de volta para o carro, segurando seu pulso com força. Thaina estava com medo, mas dessa vez foi diferente… Thayna não tenta resistir, ela sabe que não adianta contra a força bruta dele. De alguma forma, Thaina aprendeu como lidar com isso. Como fazer os homens desacelerarem sua raiva sexual.
O motorista leva o carro até o estacionamento do um hotel e lá eles continuam. Thayna volta os olhos para o rosto do motorista, eu sou o olho do motorista cavando sua alma com um olhar sedutor e provocante. Ela se aproximou do rosto do taxista… Os lábios tão próximos dos lábios do motorista e continua a masturbar o pau do homem.
Thayna sabe que precisa deixá-lo mais excitado para terminar com ele. Ela xingou baixinho no ouvido dele, dizendo: “Você é um velho tão safado, não é? Aposto que você não consegue mais fazer isso pela sua esposa. Bem, você tem sorte de eu estar aqui para ajudar. ” – Thayna sussurra sedutoramente, sua respiração quente contra a orelha dele.
As palavras dela na mente do motorista o atingiram como um soco suave. Isso leva o homem à loucura. O homem apenas relaxou as costas no banco e aproveitou o bom trabalho que Thaina estava fazendo. O motorista responde: “Oh, querida, você não tem ideia do quanto estou gostando disso. Você é tão gostosa!!!”
Thayna continua a acariciar seu pênis do motorista, suas mãos macias deslizando para cima e para baixo. Ela se inclina mais perto, seus lábios roçando sua orelha. Ela ficou acariciando aquele pau por ao menos de quinze minutos e seu braço estava cansado… o motorista não gozou.
Algo começou a crescer dentro do corpo de Thayna. Ela não quer sentir isso, mas sabe que é bom… Ela sabe que é errado, mas precisa fazer. Thaina fica acariciando o homem com uma mão e a outra desabotoando a blusa para expor seus lindos peitos sem sutiã enquanto guia a mão do motorista até seus seios para ser apalpada dizendo “Agora sim… Me agarra assim. Você é um velho safado.” Thayna sussurra sedutoramente, sua respiração quente contra a orelha dele.    Ela arqueia ligeiramente as costas, empurrando o peito ainda mais para as mãos do motorista enquanto ele começa a apalpar seus seios com força. O taxista fica louco. Ele começa a ofegar e gemer, mas segura firme para não gozar ainda.
Naquele momento Thaina estava dominando aquele pau… aquele homem.
O motorista diz: “Oh, Deus, sim… assim mesmo. Continue assim, querido. Mostre-me do que você é capaz.”
Thayna dá um sorriso sedutor, pegando uma das mãos do motorista e guiando-a pelo corpo, rosto, pescoço, barriga e descendo até a buceta. Ela sussurra no ouvido dele:
“Você é um filho da puta safado…” -O motorista vê onde ela pegou a mão dele e não consegue tirar os olhos do que Thaina estava fazendo.
O motorista diz:
“Nossa… você é muito gostosa. Sua bucetinha está muito quente e molhada.” -Thayna geme baixinho, seus dedos encontrando seu caminho dentro de sua boceta enquanto ela continua acariciando o pau do motorista. Thaina guia o dedo do motorista movimentando em seu clitóris e começa sentir seu orgasmo chegando.
A visão do motorista de Thaina acariciando seu pau com os seios expostos e sua mão tocando sua buceta foi demais para ele aguentar. Ele respira fundo, geme e gozar jatos de esperma. A porra acerta a mão, braço, e rosto de Thaina. Foi muita porra. Quando o taxista chega ao clímax, ele solta um longo e prolongado gemido de satisfação. Suas mãos apertam o volante enquanto ele tenta conter o prazer avassalador que percorre seu corpo.
Thayna, por outro lado, sente uma sensação de nojo e vergonha tomar conta dela. Thayna sabe que isso foi errado porque ela tem marido, mas estava dividida por seus sentimentos.
Renan no banco de trás assistia a tudo o que acontecia surpreso e excitado com a forma como Thaina dominou aquele desgraçado de maneira sexy.
Thayna olha para o motorista e diz: “Sinto muito. Não sei o que deu em mim. Por favor, não conte a ninguém sobre isso, ok? Foi só um momento de fraqueza.” A voz de Thayna treme levemente enquanto ela fala, tentando manter a compostura. Renan acorda da visão da sexy de Thaina.
Renan assume a liderança e diz “Acho que já está pago. Vamos voltar para o hotel”. Enquanto Renan e Thayna voltam para o hotel, um silêncio incômodo toma conta do ar. Thayna não conseguia se livrar do sentimento de vergonha e culpa que persistiu após seu encontro com o taxista. Renan diz: “Vou acertar algumas coisas. Pegue as chaves na recepção e nos encontraremos no quarto”.
Thayna limpa o corpo da porra do motorista, mas ela não pode fazer isso direito e ainda fica com um pouco de sujeira.

(Próx. capítulo – Marido de Thaina vai escutar pelo telefone Renan fudendo a mulher dele)

2125 views

Contos Eróticos Relacionados:

Irmã casada me dando a bunda

Vou dar um hiato na sequência cronológica da minha historia, para voltar um pouco atrás e narrar uma trepada arriscada e inesquecível com minha irmã. Um ano depois que ela me deu a buceta pela...

LER ESTE CONTO

Transei com o namorado da minha amiga

Durante a faculdade, eu tinha feito amizade com muitas pessoas, incluindo uma casal bem simpático e divertido. Nós três cursávamos Direito, Matheus era um período à minha frente e Camila era sua...

LER ESTE CONTO

A primeira vez dando o cu

Hoje quero contar sobre a minha primeira dando o cu. Eu estava saindo com um, cara a um certo tempo e reparei que nas últimas semanas ele vinha acariciando muito a minha bunda e fazendo carinhos...

LER ESTE CONTO

Titia carente não resistiu ao ver o pau do sobrinho

Titia carente não resistiu ao ver o pau do sobrinho e teve que cair de boca e depois quicou intensamente, e você vai ficar louco de tesão lendo esse conto de incesto que aconteceu no interior de...

LER ESTE CONTO

0 - Comentário(s)

Este Conto ainda não recebeu comentários

Deixe seu comentário

2000 caracteres restantes

Responda: 5 + 5 = ?

ContoErotico.Blog - O Seu Site de Contos Eróticos 

Aqui no Blog Conto Erótico, nós trazemos todos os tipos de contos eróticos para alegrar e animar o seu dia. Nossos contos eróticos são enviados por nossos leitores e colocados aqui para excitar a todos. Sempre postamos contos eróticos com fotos, pois sabemos que isso deixa a história mais real e fácil de ser imaginada. Histórias porno, contos picantes, contos de sexo, fábulas eróticas, não importa qual o nome você dê, nós traremos tudo que você precisa para se divertir.

Todos os nomes dos contos eróticos são alterados por nossa equipe para preservar a identidade de todos, e todos os personagens que participam de nossas histórias eróticas são maiores de 18 anos.

Contos Eróticos Com Fotos

Todos os nossos contos tem pelo menos uma foto, pois sabemos que ler um conto erótico com foto é bem melhor do que só ler uma história solta, sem nenhuma imagem para ilustrar. As fotos dos nossos contos são meramente ilustrativas, são retiradas da própria internet, de sites pornográficos que divulgam essas imagens de forma gratuita.

Caso alguma imagem dos nossos contos eróticos com fotos pertença a você e você quer que seja removida, basta entrar em contato e enviar o link do conto que faremos a substituição. Algumas imagens também são enviadas pelos próprios autores dos contos.

Caso você precise entrar em contato conosco, basta usar a nossa página de contato.

Para enviar contos eróticos para serem publicados em nosso site, vá até a página "Enviar Seu Conto Erótico" e escreva sua história que postaremos aqui.

Buceta - Xvideos - Video de Sexo - Filme Porno - Porno Brasileiro - Zoofilia - Porno - Xvideos PutinhasMulheres Peitudas - Porno Nacional - Porno Argentino - Acompanhantes Campinas - Pornozao - Acompanhantes RJ - Porno Gratis - Contos Eróticos - Sexo Gay - Dog Porn - Sexo Com Animales - Contos Eróticos Incesto - Relatos Calientes - Porno Buceta - Ursos Pelados - Pornolandia - Cnnamador - Xvideo - Xvideos Porno - X videos - Corno Blog - Mega Filmes - Putaria Telegram - Xvideos Onlyfans - Homem Pelado

Contos Eróticos

© 2024 - Conto Erótico - ThePornDude