Menu fechado

Titia tirando a virgindade do sobrinho

Titia tirando a virgindade do sobrinho – Um conto erótico de incesto que retrata uma tia safada e experiente que tira a virgindade do seu sobrinho sortudo e bem dotado.

Quando eu tinha 18 anos, fui passar um tempo na casa da minha tia, porque minha mãe estava resolvendo alguns problemas médicos. Eu achei que não ia ter problema, até porque ela era irmã da minha mãe e sempre nos acolheu muito bem, igual naquela vez. Ela me deixou com um quarto bem confortável na casa.

Quando foi à tarde, minha mãe precisou sair para ir fazer um exame e eu fiquei em casa, esperando por ela. Estava no quarto, mexendo numas roupas pra organizar e quando ela voltasse não brigar comigo. Minha tia apareceu na porta, perguntando como eu estava, essas coisas normais.

Depois de um tempo de conversa, ela começou a me perguntar se eu tinha namorada e eu falei que não. A conversa foi ficando mais estranha, até que ela me perguntou se eu já tinha transado. Disse que também não e fiquei meio confuso. Foi aí que ela se aproximou de mim.

Titia tirando a virgindade do sobrinho

Titia tirando a virgindade do sobrinho

Disse pra eu sentar na cama, porque ela queria me ensinar umas coisas e eu sentei. Minha tia começou a tirar a roupa e eu sabia que aquilo não era normal, mas não quis sair dali. Fiquei olhando aquele corpo perfeito, sentindo meu pau duro debaixo da bermuda.

Ela sentou no meu colo, rebolando, me fazendo deitar enquanto deixava as mãos em cima do meu peito. Quando me deparei com a situação, ela já tinha colocado meu pau pra fora e estava batendo uma com ele. Minha tia estava de camisola, mas foi só quando ela sentou que eu notei que estava sem calcinha.

Ela sentou de uma vez só e já estava molhada, o que significava que já tinha aquele plano há um tempo. Ela falou que eu cresci muito e que tinha um pau gostoso. Fui me aproveitando da situação, colocando o rosto entre os peitos dela, mexendo o quadril pra cima.

Aquela foi a minha primeira gozada dentro de uma buceta e foi a sensação mais maravilhosa do mundo. De vez em quando, eu ainda vou na casa da minha tia e ela me lança aquele olhar safado, como se quisesse me dizer que lembrava muito bem do que tínhamos feito.

Veja abaixo outros contos eróticos de incesto:

Sobrinha batendo punheta pro titio

O dia que comi a buceta da minha enteada novinha

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *