Menu fechado

Virei acompanhante de coroas

Hoje vou contar como virei acompanhante de coroas e fiz minha vida com isso. Aos meus 20 anos, conheci uma coroa por um acaso num shopping, e estava cheia de sacolas, ofereci pra ajudar até seu carro. Era uma coroa muito bonita e cheirosa. Uma bunda gostosa e um par de pernas lindas. Ela então perguntou se eu poderia acompanha-la até sua residência, como eu estava ali de bobeira entrei no carro, e que carro…posso dirigir pra vc e só me dizer o caminho. Chegando lá era um condomínio maravilhoso, só tinha mansão…entramos na garagem e desci as sacolas deixando no sofá da sala. Eu fiquei de boca aberta com aquela sala era maior que minha casa…a senhora poderia me dar uma água por favor, ela mesmo buscou e falou pode continuar me chamando de vc meu querido, vc não quer tomar um banho enquanto faço um lanche pra vc? Me levando até o banheiro de serviço…achei um pouco estranho, mais tudo bem. Não tranquei a porta deixando ela meio aberta, aproveitei e fiz uma faxina legal deixando a área toda limpa, sou moreno com 1,85 e 90kilos boca grande de sorriso fácil, corpo atlético, pois a única coisa que faço é acadêmia…um dote de 20cm bem grosso, minha noiva sabe bem como funciona. Acabei e vesti um roupão que ela deixou em cima da cama, qdo voltei pra cozinha lá estava ela preparando meu lanche, espero que goste… dei folga para meus empregados, e meu marido está viajando.

Virei acompanhante de coroas

Virei acompanhante de coroas

Ela devia ter uns 45 anos…uma bela mulher. Bem cuidada um perfume maravilhoso, sentei ali no balcão e fiz o lanche…ouvi barulho de máquina ligando era ela colocando minha roupa pra lavar. Estranhei um pouco tudo aquilo, mais fui deixando rolar então voltou é perguntou qtos anos vc tem? Repondo 20anos,vc é mto simpático e lindo…fiquei meio encabulado dizendo vc que é linda aposto que tem uns 30 anos. Ela sorriu e chegou mais perto quase mostrando seus seios na minha frente. Tenho 45 bem vividos respondeu… Meu pau já começou a despertar embaixo do roupão, ela percebendo o movimento, pois a mão em cima e pediu pra ver afastando uma parte do roupão pro lado…nossa que delícia e vc parece um Deus grego, e pegou nele passando a mão até meu saco todo lisinho é começou a chupar a cabeça do meu pau e apertando minhas bolas. Abri sua blusa é fiquei contemplando aqueles seios lindos apertei de leve é levei até minha boca…chupando eles é passando a língua nos seus mamilos. Ela já estava gemendo e completamente molhada de tesão. Arranquei sua calcinha com a boca, nossa que calcinha cheirosa…deitei ela em cima do balcão e comecei a chupa-la estava tudo muito gostoso, fizemos por um bom tempo. Fizemos de tudo que vc possa imaginar, ela então vestiu o meu roupão e buscou minhas roupas já secas e cheirosas, pegou meu número e entregou um envelope com um número de celular escrito no verso, chamou um Uber pra mim qdo cheguei em casa que abri o envelope tinha $500 reais e um bilhetinho…Vc realizou meu fetiche é foi maravilhoso, isso é pra vc comprar um presentinho bjs sua gostosa. Liguei pro número do envelope e uma voz meiga atendeu já marcando no shopping, fiquei sem entender muita coisa, mais na hora marcada lá estava eu, prontinho bem vestido é cheiroso, observei uma coroa cheia de sacolas e me aproximei, ofereci pra ajudá-la que de cara me entregou todas as sacolas, então entendi que esse era o sinal combinado…assim tudo se repetiu várias vezes, transas, envelopes cada vez mais recheados e coroas realizadas, minha conta estava ficando recheada, e minha noiva ficou estranha-me perguntando certas coisas. Brigamos por isso e quase terminamos, mais ela sempre sedia, e acabávamos na cama porque ela não resistia meu pau na sua xoxota, ela ia ao delírio qdo eu pegava ela de jeito…sua bucetinha ficava em chamas com minha estocadas, contei pra ela o que realmente estava acontecendo é falei beijando é chupando seus seios que nada daquilo me interessava, a não ser pelo dinheiro é a boa vida que podíamos ter. Então metendo gostoso com ela…ela concordou, gozamos juntos e fomos dormir…em um mês eu já tinha minha moto, e logo comprei meu carro, e tava chovendo coroas na minha horta, passei a cuidar ainda mais do meu cartão visita que era meu corpo, fiz algumas tatuagens, em especial uma na virilha descendo até meu pau. Elas adoravam, e meu Pix agradecia… então cai na real que aquilo virou uma profissão Garoto de programa…só atendo coroas fogosas. A última que atendi confesso que me deixou balançando. Ela tinha 30 anos e um corpo maravilhoso qdo chegamos no seu apartamento já fomos logo prós finalmente, afinal não podíamos perder tempo. Sempre tomava um banho e ficava cheirosinho voltando do banheiro a vontade de vara armada, e botando pra fuder, mais essa coroa deitada ali na cama semi nua vestida com um conjunto de calcinha vermelha com marquinhas de piscina, meu Deus uma deusa ali prontinha pra ser possuída e me possuir claro. Ela já ajoelhou na cama e colocando meu pau na boca chupando gostoso eu já passava a mão em seus seios é aquela barriguinha sarada que deixava uma abertura no cós da calcinha, levei minha mão até sua xoxota totalmente depilada meti logo dois dedos dentro da sua fenda fazendo ela gemer e respirar profundamente. Essa sim era um puta na cama, eu nunca havia ficado com uma coroa assim, depois fiquei sabendo que o marido dela tinha 60 anos e que já não dava conta dela…deixei ela mole na cama e essa virou cliente de toda semana. Fui me apaixonando por ela cada vez mais, mais tinha que dar conta da minha noiva tbm, que ficou desconfiado por ter ficado um tempo sem comer ela. Mais essa coroa estava sugando toda minha energia, mais era a que pagava melhor. E sempre tinha uma novidade pra mim, presentes gorjetas além do combinado. E sempre me dava seu cuzinho e isso me deixava maluco porque seu cuzinho era virgem e eu era o único que entrava ali,ela dizia que o marido dela mal comia sua buceta. E que eu era o oficial. Por isso me pagava tão bem. Ela praticamente me deu um flete no centro só pra encontrar comigo qdo quisesse… o corno do seu marido tinha uma amante e ela sabia porém não fazia questão nenhuma desde quê ele soltasse o dinheiro na conta dela. E ela sabia da minha noiva tbm mais não se incomodava desde que eu ficasse a sua disposição uma vez na semana. Essa é minha vida até hj. Amo fazer essas coroas felizes.

Veja abaixo outros contos de sexo:

Criei coragem e dei o cuzinho

Comi a minha vizinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.