Menu fechado

Dei minha buceta no banheiro do trabalho

Hoje vou contar pra vocês do dia que dei minha buceta no banheiro do trabalho. Por muito tempo, trabalhei em uma empresa de telemarketing. Nós tínhamos um intervalo de, mais ou menos, 35 minutos pra almoçar enquanto outras pessoas trabalhavam nesse turno. Tudo era revezado e eu estava com muita vontade de pedir demissão, porque não aguentava mais. Foi por isso que eu decidi me arriscar a transar no banheiro.

Tinha tomado um chá que minha amiga dizia ser afrodisíaco e achei que era brincadeira dela, mas quando o negócio começou a fazer efeito, percebi que era sério. Fiquei com muito calor e com uma vontade absurda de dar. Precisava fazer alguma coisa. Quando chegou no horário do almoço, já estava subindo pelas paredes.

Para vocês terem uma ideia, eu nem senti fome na hora.  Tomei coragem pra chamar o cara gostoso que trabalhava no mesmo setor que eu e tomamos todo o cuidado pra não sermos pego pelas câmeras, porque tinha um ponto cego pelo banheiro. Trancamos a porta e começamos a nos pegar.

Dei minha buceta no banheiro do trabalho

Dei minha buceta no banheiro do trabalho

A mão dele era muito firme e apertava minha bunda com vontade. Eu já estava cheia de tesão, então aquilo só me ajudou a ficar com ainda mais fogo. Felizmente, ele também estava interessado em mim há algum tempo, então não precisei me preocupar com recusas.

Tirei a calça dele e a camisa social de uma vez só. Arranhei aquele peito malhado e comecei a descer a mão pro pau que já estava armado pra comer minha bucetinha. Sentei na pia torcendo pra ela não quebrar e abri as pernas. Como eu estava de saia, ele levantou o tecido e afastou minha calcinha pro lado.

Ele encostou a cabeça no meu pescoço e meteu o pau em mim. Segurou com força nas minhas coxas e não parava de mexer os quadris. Aquela foi a experiência mais louca e mais gostosa da minha vida, principalmente porque eu tinha me entupido de afrodisíaco.

Eu só sei que gozei tanto que deixei o pau dele todo babado. Saí da empresa algumas semanas depois, mas até hoje marco alguns encontros com aquele cara delicioso que me fez ir aos céus em uma foda simplesmente maravilhosa.

Veja abaixo outros contos de sexo perfeitos:

Comendo a ruiva no banheiro da balada

A minha primeira vez dando o cuzinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *