Menu fechado

Me exibindo na piscina do condomínio

Meu nome é Júlia, eu tenho 22 anos e decidi fazer uma loucura, acabei me exibindo na piscina do condomínio onde moro.

Aqui tem uma piscina coletiva que está sempre movimentada no período da tarde. No entanto, quando chega perto das 18h uns meninos mais ou menos da minha idade aparecem pra se reunir, beber e fumar. É claro que eu não poderia deixar essa oportunidade de lado pra mostrar a eles do que eu sou capaz.

Desci para a piscina só de biquíni, um bem cavadinho, enfiado na bunda. A parte de cima só cobria um pouco dos meus peitos. A água estava super gelada, mas eu havia levado também um livro e um roupão. Chegando lá, escolhi a melhor espreguiçadeira para que eles prestassem bastante atenção em mim.

Quando notei que os meninos tinham reparado na minha presença, já fui me deitando de bruços na espreguiçadeira. Abri o livro e fingi que estava lendo, deixando a minha bunda meio empinada para que eles pudessem ver só uma parte da bucetinha naquela posição.

Me exibindo na piscina do condomínio

Me exibindo na piscina do condomínio

Adoro quando os meninos fazem aquela cara de tesão e tentam ver mais do que dá. Eu fico completamente molhada só de ouvir os comentários daqueles garotos ali perto da piscina, me desejando, mas sem poder fazer absolutamente nada. Me sinto completamente poderosa e cheia de controle.

Teve um momento em que eles pularam na água só pra ficar de frente pra minha buceta. Eu achei aquilo o máximo. Fiz questão de separar um pouco as pernas e balançar os pés enquanto lia, fingindo que nem sabia o que estava acontecendo, quando na verdade estava cheia de tesão por me mostrar pra eles.

Então, quando os meninos já estavam comentando sobre o quanto eu era gostosa, virei de barriga para cima e desamarrei as laterais da parte de baixo do biquíni, deixando minha buceta à mostra. Abri um pouco as pernas e continuei lendo o livro, como quem não quer nada.

Depois de dar aquela diversão para eles, arrumei o biquíni e me levantei, vestindo o roupão. Quando passei perto da piscina, acenei pra eles e fui direto pro elevador. Ainda quero repetir essa ousadia mais vezes, pois fiquei extremamente molhada, com minha buceta escorrendo mesmo. Ao chegar no meu apartamento, toquei a siririca mais gostosa da minha vida e gemi alto enquanto gozava pensando naqueles garotos batendo punheta pensando na minha bucetinha.

Veja alguns outros contos de exibicionismo:

Me exibindo para o motoboy

Mulher casada exibindo a buceta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.