Menu fechado

Minha esposa realizou minha fantasia no sítio

Hoje vou contar como minha esposa realizou minha fantasia no sítio. Antes de começar, vou contar alguns detalhes, minha esposa é uma morena de olhos verdes, com um corpo em forma de violão, muito bonita e desejada por todos que a conhecem. Ela é muito fogosa na cama, adora sexo em várias posições, inclusive adora dar a bundinha. Ela não era assim, quando começamos a namorar ela era bem tímida, e me confessou que tinha atingido o orgasmo muito poucas vezes antes de me conhecer. Logo no início, percebi que o problema era que ela demorava bastante para atingir o primeiro orgasmo, mais de vinte minutos, às vezes mais que isso. No entanto, após o primeiro, ela tinha orgasmos múltiplos, um emendado no outro. Como eu tive muita habilidade e paciência, consegui logo na primeira noite que ela tivesse sete orgasmos em seguida. Isso fez com que ela se apaixonasse por mim, tanto que estamos juntos até hoje. Eu sempre gostei de sexo, e fiz muitas farras quando solteiro. Não tenho ciúmes exagerados, e volta e meia imaginava um ménage ou swing, mas minha mulher achava que isso devia ficar no terreno da fantasia.

Durante o sexo, no entanto, ela gostava quando eu sugeria que ela estava com dois machos, fazendo uma dupla penetração. Uma vez, fomos a um conhecido clube de swing, mas quando sentiu uma mão pegando na bunda dela, amarelou e pediu para ir embora. No entanto, eu continuava sugerindo, e ela também gostava de assistir, durante o sexo, vídeos onde havia dois homens e uma mulher.

Algum tempo atrás, fomos convidados a passar o carnaval em um sítio de um casal de amigos, nós mais dois casais, e dois amigos deles. Na quinta feira antes do feriado, um casal desistiu de ir, porém não mudou nosso interesse de passar um carnaval diferente. Na sexta feira, disse à minha mulher para não levar o seu biquíni, pois iria dar um novo de presente, mas que ela iria só ver lá no sítio, ela concordou e não perguntou mais nada, apenas ficou curiosa para ver seu biquíni novo. À noite, encontramos com meu amigo, sua esposa e mais os dois rapazes, Carlão e Fernando . Fomos para o sítio, nosso carro atrás do deles. Chegando lá, fomos nos preparar para dormir, mas como estava muito excitado pela possibilidade de fazer uma suruba, não perdoei, transamos gostosamente, e ela gemeu alto. Senti que alguém ouvia atrás da porta, mas tudo bem, só me excitou mais.

No dia seguinte, após o café da manhã, todos foram para a piscina, e eu e minha esposa fomos para o quarto, resolvi dar o presente, o biquíni novo. Ao abrir o embrulho, ela olhou espantada para o biquíni, e dizendo que aquilo era tudo menos biquíni, e que não iria usá-lo, pois ela estaria praticamente nua. O biquíni que eu comprara, a calcinha era um fio dental atrás e na frente uma pequena cortininha, os lados eram amarrados com laços que podiam ser desfeitos facilmente, a parte de cima também era bem pequena, e para completar o biquíni era branco e bem fino, mal cobria a xoxotinha e os seios. Ela se recusou a vestir e fez cara de brava. Enquanto isso, todos se divertiam na piscina, bebendo, comendo, jogando e etc. Ela ficou num canto, meio chateada. A nossa amiga ficou dando um apoio a ela, tentando convencê-la de que todos ali eram amigos e que ela não deveria ficar com vergonha em usar o biquíni, e que o dela também era fio dental. Ela abriu a canga que estava usando e realmente o fio dental era minúsculo. Minha mulher falou que iria pensar, mas não colocou o biquíni. À noite, as duas ficaram conversando por muito tempo, depois ficaram no quarto por um bom tempo, e voltaram, minha esposinha estava mais aberta e esboçou alguns sorrisos. Fiquei curioso em saber o que elas haviam discutido, mas o importante é que ela não estava mais emburrada. À noite, ficamos sabendo por meu amigo que eles teriam que voltar para a cidade na noite seguinte para resolver um problema familiar, alguma coisa com a sogra dele. Ele falou ainda que eu e minha esposa deveríamos ficar e aproveitar, pois os rapazes eram gente boa, conheciam bem o sítio , e que poderíamos ficar sem nos preocupar.

Minha esposa realizou minha fantasia no sítio

Minha esposa realizou minha fantasia no sítio

No dia seguinte, após o café da manhã os homens foram para a piscina, e as duas mulheres apareceram mais tarde, foram para o lado oposto onde estávamos, esticaram as toalhas sobre as espreguiçadeiras e começaram a tirar a roupa, para minha surpresa as duas estavam de fio dental, foi uma visão deliciosa, a minha esposa ficou deslumbrante, praticamente nua de costas e na frente um minúsculo pedacinho de pano tapando somente os bicos do seio e a xoxotinha , que estava totalmente depilada. Todos ficaram sem ar quando a viram. Na hora o meu pau subiu, fazendo um volume, porém não era só eu, todos ficaram de pau duro. O meu amigo não gostou muito de ver a sua esposa sendo apreciada por todos, porém ficou consolado, pois a minha estava bem mais exposta do que a dele.

Quando minha mulher entrou na piscina, a turma endoidou, o seu biquíni ficou quase transparente porque o tecido era branco e fino, ela estava praticamente nua. Ao sair da piscina a visão era atordoante, ela parecia realmente nua. Ela esticou a toalha no chão e deitou-se com as pernas entreabertas, o paninho da calcinha, estava, ainda, por cima, enfiado na sua xoxotinha. Nisso todos perceberam e caíram na piscina para poder apreciar mais de perto. Eu fui até perto dela, e, ela simplesmente disse: “Não era isso que você queria? Pois então aguente, porque o resto do feriado será assim. E reze para que eu não acabe tirando esse paninho, e faça a felicidade da turma”. Fiquei chocado com o que ela disse, mas ao mesmo tempo muito excitado, para ninguém perceber, cai na piscina. A manhã inteira foi todos na piscina, principalmente na hora que ela entrava, aí a turma queria ficar admirando minha esposinha. Após o almoço, mais no final da tarde, ela foi tomar uma sauna, e os dois rapazes foram com ela, ficando à beira da piscina somente eu e nossos amigos. Depois de algum tempo, resolvi dar uma passada na sauna para ver, chegando lá dei com eles conversando sacanagem e todos estavam rindo muito, e o interessante é que todo mundo estava excitado, o volume dentro dos calções era visível e o ar era de sacanagem.

Um deles, o Carlão, disse para mim: ” Sua mulher é uma máquina, deve ser deliciosa numa cama”, nisso ela interrompeu dizendo: “tenho certeza que sou, ninguém até hoje reclamou”. Nisso ficou uma interrogação na cabeça de todo mundo, inclusive na minha . Fernando perguntou se ela sempre raspava a xoxotinha, ela respondeu que era a primeira vez, mas que gostou e de agora em diante ia sempre depilar; o rapaz falou que ficou muito bom, mas que havia um pedacinho de pano atrapalhando. Nisso ela levantou e já na porta da sauna, afastou para o lado a calcinha dizendo: “Só para tirar a curiosidade de vocês”. E saiu, todos olharam para mim, e nesse momento senti que eles estavam muito a fim dela, e suspeitei que eles iriam comer a minha esposa antes de terminar o feriado.

Minha esposa estava preparada para realizar minha fantasia

À noite no quarto, antes de descer para o jantar, conversei com ela, e ela falou que estava gostando da situação, e que descobriu que era exibicionista, pois estava excitada o tempo todo enquanto se mostrava quase sem roupa. Nisto, colocou um vestidinho curtinho e sem calcinha, falando : “vamos descer, quero me divertir” . Perguntei : “o que você quer dizer com isso?” Ela disse que estava muito excitada e queria trepar diferente, e como sabia que eu sempre quis que ela trepasse com outro, arrematou dizendo, “quem sabe será nesse fim de semana”. Fiquei calado e extremamente excitado. Ao chegar na sala, nossos amigos estavam saindo, dizendo que iam voltar na segunda. Ficamos eu, Minha mulher, o Carlão e o Fernando. Ao verem minha esposinha com aquele vestidinho, ficaram todos muito agitados. Ela sentou meio de ladinho, com a bunda virada para o lado deles, logo perceberam que ela estava sem calcinha. O clima estava armado, todos muito excitados, nisso Fernando me chamou para jogar damas. A música que tocava no aparelho de som era lenta. O Carlão ( um rapaz alto e grandão, daí o nome), aproveitando , convidou ela para dançar, começaram dançando bem coladinhos, eu não sabia se olhava os dois ou se jogava. O rapaz passava a mão nas costas da Rosemary, e dava leves beijinhos na orelha dela. Resolvi ir ao banheiro, demorei um pouco e ao voltar flagrei o cara passando a mão debaixo da saia da minha esposa, pegando na bunda, fingi que não vi, estava muito excitado e queria ver até onde tudo aquilo iria.

Nisso ele chamou a minha esposa para ver as estrelas, pois o céu estava muito bonito e a noite estava quente. Ficaram algum tempo lá fora, quando voltaram minha esposa me chamou para irmos dormir, pois o dia seguinte prometia muitas emoções. Ao chegar no quarto, perguntei o que ela estava fazendo lá fora com o rapaz, ela respondeu tirando o vestido, deitando na cama com as pernas abertas e me chamando, Ela disse “ele me agarrou, beijou na boca, levantou meu vestido, beijou meus seios, apertou minha bunda e queria trepar, mas eu deixei só que ele se esfregasse em mim, quero aproveitar bem antes de dar minha bucetinha para outro”. Fiquei louco, super excitado e transamos a noite toda, ela estava simplesmente maravilhosa, nunca tinha visto ela daquele jeito, parecia uma putinha das mais sacanas. Eu mal podia esperar a manhã para ver o que o dia reservava para nós. Na manhã seguinte, ela saiu do quarto já com o biquíni, tomamos café da manhã e o Fernando disse que para nós a noite deveria ter sido ótima, pois eles ouviram os gemidos. Minha esposinha não se perturbou com o comentário, levantou e foi para a piscina, fiquei lavando a louça e limpei a cozinha, deixando que ela ficasse com eles na piscina. Quando cheguei lá, estavam brincando na piscina, e ela estava sem a parte de cima do biquíni, ao chegar perto ela jogou a peça para mim dizendo para que eu guardasse porque ela estava querendo voltar sem nenhuma marquinha. Fiquei tomando uma cerveja e apreciando a cena, ela com os dois na piscina brincando de bola, e todos passavam a mão nela sem a menor cerimônia. Certa altura, alguém puxou ao cordinha do lado, desatando o lacinho, e a calcinha soltou-se, nisso ela pegou e jogou para mim, dizendo que agora estava totalmente pelada, e iria ficar assim o dia todo.

Ao sair da piscina, ela estava um espetáculo, foi em direção de um deles , pediu para que a ajudasse a se enxugar, e passou o tubo de protetor solar, pedindo que o mesmo passasse nela. Deitou-se na toalha de bruços e o rapaz começou a passar lentamente o protetor, ele estava com o pau super duro, nisso o Carlão saiu da piscina, ela olhou para ele sem acreditar no que estava vendo, o pau do cara era enorme e desproporcional em relação a seu corpo. Ela disse que nunca havia visto um pau tão grande. Ele disse que estava às ordens. Fernando falou em tom de sacanagem que ela não iria aguentar um cacete daquele tamanho e grossura. Ela perguntou quanto tinha de tamanho e largura. Ele disse que não sabia. Ela se levantou e pediu a ele uma fita métrica, ele foi na casa e voltou com uma fita, ela pegou e foi em direção do cara, dizendo que iria medir. Eu assistia a tudo com o pau latejando de tanto tesão, não imaginava que era tão excitante ver a mulher da gente numa situação daquela, como se fosse uma putinha. Nisso ela se ajoelhou em frente ao rapaz, pegando delicadamente aquele monstro, esticando a fita e constatando que aquele pau media 23,5 cm de comprimento e 8 cm de diâmetro.

Minha esposa olhou para mim com um ar de sacanagem, ainda segurando o pau dele, como se estivesse pedindo permissão para fazer alguma coisa, dei um sorriso para ela e na mesma hora ela começou a lamber a cabeça daquela tora. Ficamos paralisados com a cena e começamos a bater punheta, enquanto o cacetudo, de olhos fechados, se deliciava com a boca de minha esposa. Fernando não aguentando, começou a acariciar os peitos dela, aí ela pediu ao Carlão para deitar, o que ele prontamente fez, então ela ficou de quatro e voltou a lamber aquele cacete, tentando enfiar a cabeçorra dentro da sua boca. O outro começou a lamber a sua xoxotinha, enquanto o cacetudo entrou por baixo dela e passou a chupar seus peitos. Fernando se ajoelhou atrás dela e começou a penetrá-la, num vai vem cada vez mais rápido, aí ela se levantou cortando a metida dele, e falou que queria tentar meter com o Carlão. Ela deitou no chão e o Carlão foi por cima, começou a penetrá-la com muita dificuldade, apesar dela estar toda molhada de excitação. Quando o pau do Carlão entrou, ela deu um grito, achei que ele havia machucado a minha esposa, me levantei para cortar o embalo deles, aí ela percebeu e disse que estava tudo bem, que eu ficasse na minha, pois ela queria continuar porque estava muito gostoso.

Carlão continuou metendo cada vez mais rápido, nisso eles mudaram de posição, ele deitou-se e ela foi por cima, ai o Fernando colocou o pau na boca de minha esposa. Aquela visão de minha esposa estar trepando com dois ao mesmo tempo foi demais para mim, comecei a gozar deliciosamente, foi um gozo tão forte que fiquei zonzo. De repente o Carlão começou a gozar, aí ela se levantou e ficou de quatro, lambendo o cacete do Carlão, o Fernando passou a trepar com ela até gozar.

Nisso ela se levantou, vindo em minha direção, ela andava rebolando, era uma visão deliciosa, ela chegou perto e falou no meu ouvido: “Gostou, vai ser assim durante todo o feriado. Voltou e disse para eles que queria realizar uma fantasia, a de ser penetrada por dois ao mesmo tempo. Claro que se prontificaram, ela disse que o Carlão iria pela frente, que ela estava com medo de dar a bunda para ele, aí ele se deitou e ela novamente foi por cima e empinou aquele rabo delicioso, o Fernando mais do que depressa foi tentar enfiar o seu pau no cuzinho dela, estava difícil , mas eu tinha um tubo de lubrificante e passei para ele, ele lubrificou e foi enfiando bem devagar, quando ele colocou a cabecinha ela deu um gemido e começou a morder o ombro do Carlão, e o Fernando foi só enfiando, os três começaram a se mexer. Fui para perto para poder apreciar aquela cena, era incrível dois cacetes dentro de minha esposa. Peguei a filmadora e comecei a filmar a cena. Fiquei vendo ela gemer como uma louca, começou a gozar sucessivamente, eram vários orgasmos múltiplos, o Carlão falava sem parar que ela era uma putinha deliciosa, e começou a gozar também. Minha esposa gozava sem parar, alucinada, gemendo e sussurrando palavras desconexas.

Depois dos orgasmos, todos fomos para a piscina. E a suruba continuou foi pelo resto do dia e noite, enquanto minha esposa era comida, eu ficava apreciando, até que ela pediu para eu entrar na festa e comer sua bundinha, enquanto ela chupava o Carão e levava o Fernando na xoxotinha. Fomos dormir de madrugada, ela estava esgotada mais muito feliz. Antes de dormir, me disse que tinha sido o dia mais feliz da vida dela, e eu arrematei que também tinha sido o meu. No outro dia, ela levantou com toda disposição, foi a primeira a se levantar. Nisso chegaram a nossos amigos, eles se assustaram ao deparar com a Rosemary totalmente pelada, aí ela disse que entre usar aquele fio dental e ficar nua não havia diferença mesmo, meu amigo disse “Concordo plenamente, aliás você fica espetacular peladinha” e disse que já que é assim iria também se liberar, sua esposa respondeu que também concordava, e eles começaram a tirar a roupa, nisso a turma começou a acordar e aparecer na sala. Estava aquele clima de sacanagem no ar. O dia ainda prometia muito, mas o que posso dizer é que foi assim que minha esposa realizou minha fantasia no sítio.

Veja outros contos eróticos de corno:

No quarto de hotel com minha esposa e nosso amigo

Corno dormindo e eu fodendo pra valer

9 Comentários

    • Ananias

      Meu Amigo um Conto Nota 10 e 10 Estrelas, Muito Excitante Meu Libido Foi as Nuvens, Manda o Vídeo da Trepada Pra Meu E-mail!

  1. Tayla Siam .... casadinha carente ...

    Sua história é muito excitante e deliciosa , todos os casais que prática o poli amor sãos pessoas super especiais , é muito gratificantes para ambos , o prazer da esposa transar com dois amigos não tem preço com o marido junto , a esposa é diferenciada das demais da a bundinha é delicioso …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.